segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Pílula do câncer será pesquisada em São Caetano

A Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) será polo de estudos sobre a fosfoetanolamina, conhecida como pílula do câncer. O prefeito Paulo Pinheiro recebeu na última quinta-feira (25/2), no Palácio da Cerâmica, o biólogo e pesquisador voluntário da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Bauru, Marcos Vinicius de Almeida, para acertar detalhes da parceria que permitirá pesquisa e testes sobre os efeitos da substância no organismo de pacientes da região portadores da doença. 

Estudos servirão como contraprova da terceira fase de testes da pílula | Foto: Alexandre Yort/PMSCS
Na ocasião, o chefe do Executivo considerou que a iniciativa é benéfica para a humanidade. “Mais uma vez, São Caetano é referência na evolução da saúde pública. Nossa tarefa é ajudar a população e essa parceria beneficiará ainda a universidade, que ganha com a presença dos pesquisadores”, avalia.

Almeida explicou que as pesquisas realizadas na USCS servirão como contraprova da terceira fase de testes com o composto químico orgânico, prevista para ter início dentro de duas semanas em laboratório particular em Cravinhos, no Interior de São Paulo, a partir da liberação de R$ 2 milhões por parte do governo estadual. “Quanto mais centros de estudos clínicos, mais pessoas terão acesso à fosfoetanolamina de forma controlada. Porque é preciso ter acompanhamento médico do que está sendo feito”, afirma.




85% dos alunos de graduação a distância vêm de escola pública

A combinação de preço acessível com flexibilidade impulsiona o crescimento dos cursos de graduação online pelo país, modalidade que já responde por 17,1% dos alunos matriculados no nível superior – o equivalente a 1,3 milhão de estudantes. É o que mostra análise inédita do portal EAD.com.br (www.ead.com.br) em parceria com a Educa Insights baseada em dados da própria consultoria e do INEP. 


Segundo o levantamento, 85% dos alunos vêm de escola pública. A mensalidade custa, em média, R$ 260. “É um valor até 60% menor que o investimento feito na graduação presencial, fator decisivo nesse momento de crise econômica e de cortes de programas sociais por parte do Governo”, afirma Fernanda Lapidus Hecht, gerente do site EAD.com.br.

A maioria dos alunos EAD é financeiramente independente, conforme indicam dados da Educa Insights: 87% trabalham e 83% pagam a própria mensalidade. “A flexibilidade de horários do EAD facilita a vida dos estudantes que já têm um emprego”, diz Fernanda. Além disso, 55% desses alunos têm 31 anos ou mais e são, na sua maioria, do sexo feminino - 67% são mulheres. 

O estudo também elencou o perfil dos cursos e instituições mais procurados. A cada dez matrículas no ensino a distância, nove são efetivadas em universidades privadas. Também a cada dez, quatro são destinadas à licenciatura (vide infográfico). “Esperamos que a procura por graduação online cresça ainda mais em 2016, à medida que a modalidade se torna mais conhecida e o acesso à internet cresce no Brasil”, comenta Luiz Trivelato, diretor da Educa Insights.

O EAD.com.br disponibiliza uma ferramenta de busca que apresenta ao estudante as melhores opções de faculdades a distância de acordo com sua localização e o curso de preferência. Lançado em 2012, é atualmente o maior portal independente sobre ensino a distância do país.

PTB apoia Paulinho Serra em Santo André

Vereador Luiz Zacarias será o vice-prefeito na chapa

Na última sexta-feira (26), o pré-candidato a prefeito do PSDB em Santo André, Paulinho Serra, recebeu o apoio do PTB nas eleições municipais deste ano. O aval foi dado pelo líder estadual do partido e deputado, Campos Machado, juntamente com a presidente municipal do PTB, Dinah Zekcer, e os vereadores petebistas Luiz Zacarias, Edson Sardano e Roberto Rautenberg.

Paulinho Serra (terno preto) ao lado dos petebistas | Foto: Divulgação

De acordo com Machado, “ficou decidido, pela maioria absoluta do PTB andreense, apoiarmos a candidatura do Paulinho Serra a prefeito em Santo André, com a indicação do vereador Zacarias como vice-prefeito na chapa”, afirma. 

Já o pré-candidato comemorou o apoio. “Ficamos muito contentes com a chegada do PTB. E o que mais nos motiva é a razão pela qual o partido optou em caminhar conosco: o projeto de governo que estamos construindo”, enfatiza Serra. 

Para o vereador Zacarias, a decisão foi tomada levando em consideração a ideia de renovação. “Abrimos mão de uma candidatura própria e majoritária para unir forças e mostrarmos para a cidade algo novo. O PTB fará a sua parte para sair vencedor e governar Santo André junto com o Paulinho Serra”.

O primeiro turno das eleições municipais de 2016 – que elegerão prefeitos e vereadores - será realizado em 2 de outubro em todo o País.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Conta de luz ficará mais barata a partir de abril

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, anunciou duas boas notícias na noite desta quinta-feira (25). Em março, serão desligadas 22 usinas termelétricas, 15 a mais que as sete usinas anunciadas no início do mês; e a partir de abril, será implantada a bandeira verde, com o desligamento de mais usinas termelétricas, o que permitirá que as contas de luz relativas ao consumo de abril sejam entregues sem a cobrança da taxa extra.

Volta da bandeira verde será a responsável pela queda no valor da conta | Foto: reprodução
"Estamos garantindo que teremos bandeira verde em abril. Portanto, não teremos mais ônus de bandeira para o consumidor", afirma o ministro. Ele informou que a decisão tornou-se possível devido ao ingresso de novas usinas, de diversas fontes, à melhoria da situação dos reservatórios hidrelétricos, e do comportamento estável do consumo em todo o país. “A economia adicional para o setor elétrico deve chegar a R$ 8 bilhões no ano”, ressalta o ministro, referindo-se apenas às 15 usinas anunciadas hoje, que somam 3 mil MW. No total, as 22 usinas que serão desligadas na próxima semana somarão 5 mil MW e trarão economia de R$ 10 bilhões ao ano (incluídas as 7 usinas já anunciadas, com capacidade de 2 mil MW e economia de R$ 2 bilhões ao ano ao sistema elétrico).

Março será a segunda vez em que haverá desligamento de térmicas mais caras, com reflexo de redução nos valores da conta de luz. A primeira redução ocorreu em agosto de 2015, quando foram retiradas do despacho de base as térmicas com o custo unitário acima de R$ 600/ MWh, o que permitiu redução da bandeira tarifária vermelha de R$ 5,50 para R$ 4,50 a cada 100 kilowatts-hora (kWh). Em janeiro, a Aneel reestruturou as bandeiras tarifárias e fixou para fevereiro uma bandeira vermelha de R$ 3,00 a cada 100 kWh. O custo de geração foi reduzido em R$ 1,1 bilhão ao mês com a medida, na ocasião.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Imposto de renda 2016 tem mudanças

A Receita Federal fez várias modificações no preenchimento da declaração do Imposto de Renda este ano. Entre as principais mudanças, está a alteração do valor de rendimento tributário para pessoa física que passou de R$ 26.816,55 para R$ 28.123,91. O prazo para envio da declaração começa em 1º de março e vai até 29 de abril.

Especialista recomenda atenção redobrada no preenchimento da declaração este ano | Foto: Reprodução

Segundo o professor de Ciências Contábeis da Faculdade Mackenzie Rio, Edmilson Machado, é preciso ter cuidado redobrado por causa da várias alterações nas regras impostas pela receita: o contribuinte pode deduzir, para cada dependente, R$ 2.275,08, antes era R$ 2.156,52; para gastos com educação, o abatimento passou de R$ 3.375,83 para R$ 3.561,50 por Cadastro de Pessoa Física (CPF) - do titular e dos dependentes. Já médicos e advogados terão de informar o CPF do cliente

“O objetivo da Receita é cruzar os dados informados na declaração com as informações passadas pelos médicos e advogados. Dessa forma, evitar fraudes. Além disso, para facilitar, o contribuinte pode resgatar a declaração do ano passado e ter em mãos alguns comprovantes, como o de rendimentos, despesas médicas e dentárias, compra de carro, pensão alimentícia e contas bancárias”, explica Machado. Para mais informações acesse o portal da Receita Federal.

Parque Estadual Serra do Mar registra presença de onça-pintada

O Núcleo Curucutu do Parque Estadual Serra do Mar está em festa. Depois de registrar, em agosto de 2015, a presença do gato mourisco (Puma yagouaroundi), também ameaçado de extinção, a recente confirmação da presença da onça-pintada (Panthera onca) na Unidade de Conservação deixou a equipe técnica pra lá de animada e orgulhosa.

A onça-pintada que aparece nas imagens aparenta ser um indivíduo adulto. Dois registros foram feitos, um em dezembro de 2015 e outro em janeiro de 2016, por armadilhas fotográficas que estão sendo utilizadas no projeto “Ecologia da onça-parda em remanescentes de Mata Atlântica e Cerrado nas Regiões Metropolitanas de São Paulo e da Baixada Santista”. Não há registro da onça-pintada há muitos anos no PESM.

Onça pintada, ameaçada de extinção, apareceu em dois registros fotográficos | Foto: divulgação

Pesquisa científica 

O projeto é coordenado pela analista ambiental do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros/ Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (CENAP/ICMBio), Lilian Bonjorne de Almeida, para seu estudo de doutorado na State University of New York/ College of Environmental Sciences and Forestry (SUNY/ESF).

De acordo com Lilian, há alguns anos, o CENAP/ICMBio teve outro projeto realizado no PESM, coordenado por um dos maiores especialistas em onça-pintada do mundo, o biólogo Peter Crawshaw, tendo como um dos focos registrar a onça-pintada em outros núcleos do parque.

“Na época, apesar de todo esforço de campo, não foi realizado um registro fotográfico da onça-pintada, considerando-se, então, baixa a densidade da espécie na Serra do Mar. Estamos animados com as surpresas que encontramos ao longo de nossos estudos”, comenta a pesquisadora.

"Estamos animados com as surpresas que encontramos", afirma a pesquisadora | Foto: divulgação
Segundo o biólogo e analista ambiental do CENAP/ICMBio, Henrique Gonçalves, responsável pela instalação da armadilha fotográfica que registrou a onça-pintada, a parceria entre ICMBio e Fundação Florestal é essencial e deve continuar trazendo benefícios para a conservação dos grandes felinos da Serra do Mar.

Refúgios da vida silvestre

Para o diretor executivo da Fundação Florestal, Luis Fernando Rocha, registros como este atestam a importância do trabalho desenvolvido pela Fundação Florestal, por meio de suas Unidades de Conservação.

“O Parque Estadual Serra do Mar é a maior porção contínua de Mata Atlântica no Estado de São Paulo. A proteção deste corredor ecológico favorece a sobrevivência de espécies que necessitam de grandes territórios para transitar, como é o caso dos felinos. Os registros de espécies no PESM, como o gato mourisco, jaguatiricas e onças, além de outros tipos de mamíferos -como antas, queixadas e cotias- tem sido motivo de orgulho para toda a equipe da Fundação Florestal e sinal de que estamos no caminho certo”, comemora o diretor.

Guia de empregos apresenta vagas nas periferias

Para milhões de pessoas que moram em bairros da periferia de São Paulo e na Região Metropolitana, o deslocamento de casa para o trabalho se torna, muitas vezes, algo cansativo. Assim, para trazer mais informações aos paulistanos sobre as vagas de emprego nessas regiões, a  Agência Mural, primeira agência de jornalismo das regiões periféricas, lançou nesta última quarta-feira (24) o Guia de Empregos das Periferias (GEP). 

GEP reúne oportunidades de emprego na Região Metropolitana de São Paulo | Foto: Reprodução
A iniciativa idealizada pelo publicitário Anderson Meneses e pelo jornalista Vagner de Alencar, ambos cofundadores da Agência Mural, conta com o apoio do Vai-Tec, programa de incentivo a ideias de inovação tecnológica da Prefeitura de São Paulo.

Para Meneses, “um dos principais focos do GEP é fazer com que os cidadãos da Grande SP consigam trabalhar mais perto de sua residência e, com isso, gastem menos tempo no transporte e mais tempo com a família ou vida pessoal. E também ajudar a descobrir as oportunidades que estão perto de nós, mas cuja informação está escondida", afirma. 

Segundo Alencar, a iniciativa também foi pensada com base no Plano Diretor da cidade de São Paulo. "Assim como consta no Plano Diretor, buscamos com o GEP contribuir para a descentralização da oferta de oportunidades de trabalho, dando mais visibilidade aos empreendedores e empresários instalados nos bairros periféricos, ajudando-os no recrutamento", afirma. Para conferir acesse gratuitamente http://guiadeempregodasperiferias.com.br.

Fundação Santo André para o trânsito em manifestação no Centro andreense

Alunos e funcionários reivindicam a volta da subvenção anual da Prefeitura à instituição

Por Eduardo Kaze

Na manhã desta quarta-feira (24), alunos, professores e funcionários da Fundação Santo André (FSA) se reuniram no Paço andreense para reivindicar o pagamento da dívida de aproximadamente R$ 23 milhões existente entre a Prefeitura e a instituição, e outras pautas. Restringidos de entrar na "praça dos três poderes" com o carro de som, os manifestantes ocuparam as pistas da Avenida Portugal e imediações, no Centro, paralisando o trânsito. Prefeito Carlos Grana não se manifestou.

Manifestantes ocuparam as imediações do Paço Municipal  | Foto: Eduardo Kaze

Os fatos são: Existe uma lei (Decreto Municipal N° 16.094 - Art. 18, Inciso II) que indica a obrigatoriedade da Prefeitura em repassar, anualmente, subvenção financeira a FSA. Isso não é feito desde 2003. A resposta da municipalidade: não há dinheiro nos cofres públicos. A construção de um dos prédios da Faculdade de Engenharia do centro universitário, inicialmente de responsabilidade da Prefeitura, foi pago com a arrecadação da própria instituição. Questionados sobre quando ressarcirão a FSA deste gasto, os governantes andreenses mantêm o silêncio.

A falta de diálogo chegou ao ápice na manifestação desta quarta-feira (24), quando, à mando da presidência da Câmara dos Vereadores do município, o carro de som levado pela comissão da FSA foi impedido pela Guarda Civil Municipal (GCM) de adentrar a praça dos três Poderes. Indignados com a atitude ditatorial dos governantes andreenses, os manifestantes obstruíram as pistas da Avenida Portugal e imediações, no Centro da cidade.

"São os professores dos filhos de vocês que estão sendo impedidos de manifestar o direito de livre expressão", bradava uma aluna à GCM. A guarda se manteve irredutível, alguns levando armas de grosso calibre fora do coldre - contrariando o manual da corporação.

Sem recursos

Dependendo apenas da mensalidade dos estudantes para manter toda a estrutura da instituição, a FSA se vê encurralada, sem condições de cumprir seus compromissos financeiros. Isso faz dela inadimplente e a inadimplência a inclui na célebre lista cuja certidão de débitos é negativa. Na prática, isso resultou na dispensa de 112 bolsistas da FSA que atuavam no Sabina Parque do Conhecimento, recebendo cerca de R$ 750 cada - algo que faz a diferença na hora de pagar a mensalidade.

Levar a dívida para o âmbito legal está entre as possibilidades, contudo, a FSA busca o diálogo para evitar o caminho jurídico. Na próxima quinta-feira (3), uma audiência pública na Câmara dos Vereadores está agendada para ocorrer às 19h. A sessão é resultado de documento protocolado e assinado por professores e funcionários da FSA em 25 de novembro último. A pauta inclui três temas: o pagamento da dívida da Prefeitura com a FSA e inserção da mesma no orçamento municipal; assunção da natureza pública da instituição; pagamento dos salários atrasados.

Antes disso, neste sábado (27), às 13h, uma nova "aula na rua" será realizada no Calçadão da Oliveira Lima. O  ponto de partida será a Concha Acústica, em frente à Casa da Palavra, na Praça do Carmo. O evento está também no Facebook

ICMS sobre genéricos cai de 18% para 12%

A partir de amanhã (26), em todo estado de São Paulo, o ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) tributado sobre medicamentos genéricos terá redução de 18% para 12%. A Lei 16005/2016 foi publicada no  Diário Oficial do Estado (DOE) hoje (25). 

Medida auxiliará os portadores de doenças crônicas e aposentados  | Foto: Reprodução

Na prática, segundo a presidente executiva da Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos, Telma Salles, os consumidores deverão sentir redução nos preços dos medicamentos genéricos de, no mínimo, 6%, redução que deve auxiliar nos orçamentos das famílias. “Sobretudo para aposentados e cidadãos da terceira idade, em que os gastos com medicamentos correspondem a percentuais significativos da renda”, avalia.

Para a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos, a PróGenéricos, a redução do ICMS para os medicamentos genéricos é justa, pois beneficia todos os consumidores do estado, sobretudo os portadores de doenças crônicas.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

STF poderá retomar julgamento sobre os planos econômicos

O julgamento que definirá a constitucionalidade dos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990 poderá finalmente ser retomado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), acreditam os advogados Carolina De Rosso e Daniel Neves, sócios do escritório Neves, De Rosso e Fonseca Advogados Associados. O SFT havia paralisado o julgamento porque estava sem quorum suficiente, como exige o regimento interno, uma vez que quatro dos onze ministros tinham se declarado impedidos de julgar a matéria. Mas um pedido recente, protocolado na semana passada em tribunais de segunda instância pelo pai da ministra Cármen Lúcia, deverá mudar esse cenário.  

"A ministra Cármen Lúcia havia se declarado impedida porque o seu pai, Florival Rocha, movia ações por perdas em decorrência dos planos econômicos. Na semana passada, entretanto, ele desistiu dos pleitos, o que deverá liberar a ministra para participar desse que tem sido um dos mais esperados julgamentos dos últimos anos, pois envolve milhares de investidores em cadernetas de poupança", explica Carolina De Rosso. A advogada acredita que, se o pai da ministra renunciou, o STF deve apreciar o caso ainda este ano.

O pai da ministra Cármen Lúcia desistiu das ações que movia por perdas com os planos, o que deverá torná-la desimpedida para o julgamento | Foto: reprodução
Especialistas em direito bancário e advogados de alguns dos principais bancos do País, eles apontam números: “Mais de 970 mil ações aguardam decisão do STF. Juntas, envolvem cifras bilionárias que podem ultrapassar R$ 300 bilhões. Existe muita especulação em relação a esses valores. Um estudo feito pelo governo em 2013 previa que o impacto sobre as instituições financeiras seria de R$ 150 bilhões. Mas existem empresas de consultoria econômica que afirmam que pode chegar a mais de R$ 340 bilhões. É muito dinheiro, mas há muita divergência nessas estimativas", afirma Daniel Neves.

Todo esse contingente aguarda que o STF tenha número suficiente de ministros aptos a dar continuidade ao julgamento, parado há quase dois anos. O regimento do Supremo exige um mínimo de oito ministros em votações de qualquer matéria constitucional, caso dessa pauta, pois ela trata da constitucionalidade dos planos econômicos. E o SFT vive o impasse de como dar andamento ao trâmite desde setembro de 2015, quando o ministro Luiz Edson Fachin se anunciou impedido de votar, sendo o quarto juiz a seguir esse caminho e reduzindo o quorum para sete. Antes dele, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso e Cármen Lúcia já haviam se declarado impedidos ou suspeitos de participar dessa votação.

Se Cármen Lúcia continuar impedida, o que não deverá acontecer já que a ministra havia sinalizado no ano passado que poderia rever essa decisão caso o seu pai desistisse da ação, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, tem três alternativas para solucionar o problema, como explica Neves, que é doutor em Direito Processual pela Faculdade de Direito da USP. "Esperar que a composição do Supremo se modifique a ponto de formar quorum, a partir da aposentadoria de um dos impedidos, o que pode demorar 13 anos, no mínimo; convocar ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para formar o quorum, sem alterar o regimento interno; ou mudar o regimento para permitir a participação de ministros do STJ. A solução pragmática mais razoável é o STF modificar o regimento, passando a admitir a convocação de ministros do STJ em situações como esta".

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Usuários da Zona Azul contam com nova versão do aplicativo Vaga Inteligente

A Estapar, concessionária que administra a Zona Azul Digital em Santo André, ampliou a plataforma de serviços online para os usuários do estacionamento rotativo. O novo serviço está disponível para sistemas iOS e Android. Quem já possuía a versão anterior, que foi descontinuada, deverá baixar o novo aplicativo diretamente na área de configurações do celular ou tablet. As informações pessoais e o saldo foram mantidos. 

Conforme explica o diretor On- Street da Estapar, Adélcio Antonini, “trata-se de uma iniciativa que leva modernidade e interatividade para quem vai ao centro da cidade todos os dias”. 

Nova versão do aplicativo leva maior interatividade aos usuários | Foto: reprodução
É possível ainda regularizar o uso do estacionamento para estender a permanência do veículo em determinada vaga, por exemplo, e marcar a posição do veículo para encontrá-lo facilmente na volta. Com a nova versão do Vaga Inteligente, é possível emitir tíquetes acessando diretamente o aplicativo ou pelo portal da empresa - http://www.estapar.com.br/zona-azul-digital

Caso o usuário encontre problemas para acessar a nova versão do aplicativo, é necessário entrar em contato com a Central de Atendimento ao Usuário – Rua Gertrudes de Lima, 32, Centro, Tel. 4992.7003 ou diretamente pelo formulário do site.

Especialista apresenta cinco itens para quem deseja controlar a ansiedade

Acúmulo de tarefas, uma entrevista de emprego, o nascimento de um filho, uma mudança de residência. Diariamente precisamos lidar com diversos acontecimentos que geram expectativa, insegurança, inquietação e até mesmo medo. Todas essas sensações podem causar ansiedade. 

“Passar por momentos que nos deixam ansiosos é normal. Porém, quando a ansiedade atrapalha, com frequência, nossas atividades diárias , é o momento de ficar atento”, alerta a gerente médica da unidade MIP (Medicamento Isento de Prescrição) do Aché Laboratórios Farmacêuticos, Dra. Talita Poli Biason.

Quando a ansiedade é persistente, o mais adequado é procurar por um especialista. “O transtorno, em algumas situações, pode até causar sintomas físicos como taquicardia e alteração da pressão arterial. Por isso, é importante uma avaliação médica que identificará o melhor tratamento”, descreve a Dra. Talita. 

Especialista apresenta sugestões para auxiliar na redução da ansiedade | Foto: reprodução

De acordo com a gerente médica da unidade MIP do Aché Laboratórios Farmacêuticos, algumas mudanças no cotidiano auxiliam na redução da ansiedade. Confira as dicas da Dra. Talita Poli Biason:

Controlando a ansiedade

Pratique exercícios físicos: Realizar atividades físicas regularmente libera substâncias chamadas endorfinas, podendo auxiliar na redução dos sintomas da ansiedade e trazer ainda sensação de bem-estar. Além disso, beneficia a saúde cardiovascular;

Cuide do cardápio: Investir em uma alimentação saudável e variada auxilia na promoção de sensação de bem-estar geral do organismo;

Mantenha uma boa noite de sono: Evite deixar aparelhos eletrônicos ligados, pois podem dificultar a indução ao sono. O ideal é deixar o ambiente silencioso e agradável. Dormir cerca de 8 horas por dia favorece a saúde e melhora o desempenho no cotidiano.

Evite a ingestão de bebidas alcoólicas: O álcool tem efeito estimulante sobre o sistema nervoso central e pode, em algumas pessoas, gerar mais nervosismo e ansiedade. Se for consumir bebidas alcoólicas, faça com moderação. 

Tenha momentos de lazer: Atividades com a família ou amigos ajudam a reduzir os sintomas da ansiedade e contribuem para o equilíbrio do corpo e da mente.

Tratamento

O tratamento dos transtornos de ansiedade já instalados irá variar conforme a gravidade dos sintomas. “A orientação é que o indivíduo procure um médico para que o mesmo avalie o grau dos sintomas. Diante disso, será possível determinar o tratamento que o paciente necessita”, explica a Dra. Talita.

Medicamentos fitoterápicos, como os que contêm Passiflora incarnata L., são recomendados para amenizar casos mais leves de ansiedade, promovendo efeitos calmantes e ansiolíticos; psicoterapia e outros tipos de medicação também podem ser indicados. “O tratamento da ansiedade é individualizado. Em geral, pode ser recomendada a psicoterapia isolada ou associada a medicamentos”, conclui a médica.


Programa Escreve Cartas do Poupatempo ajuda desempregados a escrever currículos

Desde o início do ano, os voluntários do programa ‘Escreve Cartas’, do Poupatempo, estão atendendo principalmente desempregados que precisam de ajuda para elaborar currículos profissionais. Os escrevedores, que ficam à disposição para quem precisa redigir cartas ou preencher formulários, elaboram os currículos e fazem cópias para que os desempregados possam distribuir nas empresas. 

O programa Escreve Cartas está completando 15 anos de existência e tradicionalmente atende a pessoas analfabetas ou com dificuldades de escrever nos postos Poupatempo Itaquera, Santo Amaro e São Bernardo do Campo. Em geral são mães que pedem para escrever cartas para filhos presos ou migrantes que endereçam cartas para parentes distantes.

O programa de voluntariado nasceu inspirado no filme ‘Central do Brasil’, dirigido por Walter Salles e estrelado por Fernanda Montenegro. No filme, a atriz trabalha em uma estação ferroviária escrevendo cartas para pessoas analfabetas. 
“Desde janeiro, a maior procura é por pessoas que pedem para a gente elaborar o currículo profissional para que elas possam tentar voltar ao mercado de trabalho”, relata a voluntária Elza Gonçalves. Até o ano passado, os pedidos para elaboração de currículo eram em média de cinco ou seis por dia na unidade de Santo Amaro. Agora, segundo ela, chegam a passar de 30 por dia. “Em janeiro, só na primeira semana foram 68 atendimentos e 40 eram pedidos de currículo”, diz a voluntária.

Ajuda dos voluntários é importante para Ingrid (direita) voltar ao mercado | Foto: divulgação
Cleide Maria Tintore Costa, voluntária há dez anos no Escreve Cartas, conta que o perfil do programa mudou ao longo do tempo. “Com a internet e os celulares cada vez mais populares, diminuiu o número de pedidos de cartas para parentes distantes e cresceu a procura pelo preenchimento de formulários do Detran e do Procon, por exemplo”, conta ela. 

Outro pedido muito comum é o de auxílio para escrever cartas para apresentadores famosos da TV, especialmente os de programas que prometem algum tipo de assistencialismo. Também são comuns os pedidos de cartas para políticos, reclamando promessas não cumpridas, falando de dificuldades ou pedindo ajuda. “Alguns voltam dias depois reclamando que não receberam resposta dos apresentadores ou dos políticos”, comenta a voluntária.

A mudança no perfil dos atendidos pelo Escreve Cartas obrigou o programa a se adequar. “Antes, o fundamental era saber escrever à mão para cartas manuscritas, mas agora o voluntário também precisa saber usar o computador para preencher currículos e imprimir, por exemplo”, conta Cleide Tintore Costa.

Na última sexta-feira (19), o Escreve Cartas do Poupatempo Santo Amaro foi procurado pela estudante Hallayne Mikelly, de 17 anos, moradora do bairro Valo Velho, interessada em elaborar um currículo para tentar uma vaga de recepcionista ou vendedora na região do Morumbi. Ela concluiu o ensino médio e está em busca do primeiro emprego para ajudar a família, enquanto tenta uma vaga em um curso de psicologia. “Vou tirar cópias e distribuir o currículo nas lojas para tentar a sorte”, disse a estudante.

A estudante Hallayne procurou ajuda dos voluntários para elaborar o currículo | Foto: divulgação
A operadora de caixa Ingrid Lucas, de 24 anos, que perdeu o emprego temporário de fim de ano há duas semanas, também esteve no Poupatempo Santo Amaro para pedir ajuda dos voluntários do Escreve Cartas para fazer o seu currículo. “Vou buscar outra vaga no comércio, pois preciso trabalhar e ajudar a família”, disse ela. 

Segundo os escrevedores, outro serviço que cresceu é o de pessoas que pedem ajuda para preencher formulários de cancelamento da inscrição como Microempreendedor Individual na Junta Comercial de São Paulo, que também funciona dentro do Poupatempo Santo Amaro. 

 O programa Escreve Cartas atende 

Inicialmente, os postos Poupatempo de Santo Amaro e Itaquera foram escolhidos para receber o programa devido à grande concentração de migrantes e pessoas de baixa renda. Em 2008, o serviço começou a operar também no Poupatempo São Bernardo do Campo. Em 15 anos de existência, cerca de 330 mil atendimentos foram realizados pelos voluntários, escrevedores de cartas. 

Restaurantes do Shopping ABC oferecem descontos em pratos variados

Foto: Getty Images

O Shopping ABC (Avenida Pereira Barreto, 42), em Santo André, promove mais uma edição de Cuponagem para os clientes, ou seja, quem passar pelo centro de compras até domingo (28) receberá cupons com ofertas exclusivas - de pratos e sobremesas - dos restaurantes da praça de alimentação do shopping. As lojas participantes desta edição são: Subway, Giraffas, Chocolate Brasil Cacau, Mania de Churrasco, KFC e Jalapeño.  Para mais informações ligue 3471-8000. 

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Chuva alaga Avenida das Nações e surpreende moradores

Semasa afirma que o impacto na região poderia ser maior, se não houvesse a obra 

Vivian Silva 

A chuva forte que atingiu Santo André na última segunda-feira (15) causou alagamento em diversos pontos da cidade, entre eles, a Avenida das Nações – próxima a Coop (Cooperativa de Consumo). Poderia ser apenas mais um alagamento no município, mas o fato causou surpresa aos moradores que nunca viram aquele trecho da avenida alagado. No local fica o córrego Guaixaya que, segundo o Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa), recebeu a maior obra contra enchentes da cidade, concluída em dezembro de 2015.

Avenida das Nações na última segunda-feira (15) | Foto: Reprodução/vídeo

Uma moradora do local foi alertada pela vizinha do alagamento. “Minha vizinha (Cibeli Hipolito) me enviou um vídeo (veja abaixo) da enchente pelo WhatsApp. Ficamos surpresas, pois naquele pedaço nunca houve enchente”, afirma a supervisora de atendimento, Fernanda Andrade, que precisou postergar o retorno à residência, local onde mora há 35 anos.

Esclarecimentos
Por meio de nota, o Semasa esclarece que a tempestade ocorrida neste dia registrou “índices pluviométricos elevados, num curto espaço de tempo. Mesmo assim, o córrego não transbordou”. Além disso, o texto afirma que “se as obras de canalização não tivessem acontecido, o impacto na região seria muito maior. O que houve foi um acúmulo de água que não conseguiu ser escoada pelo sistema de drenagem superficial (galerias e bocas de lobo)”. 

A autarquia ressalta ainda que nenhuma “obra de macrodrenagem vá evitar a formação de alagamentos e enxurradas em uma rua ou avenida”, pois é preciso levar em conta vários fatores como mudanças climáticas e impermeabilização do solo, por exemplo. Mas reitera que “a canalização do Córrego Guaixaya diminuiria a ocorrência de enchentes no bairro, beneficiando os moradores”.

video

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Handebol de Santo André tem seletivas para categorias de base

A Secretaria de Esporte e Lazer de Santo André realiza neste sábado (20) e no próximo (27), entre 9h e 12h, seletivas de handebol para categorias de base feminina e masculina. As avaliações ocorrerão no Ginásio Noêmia Assumpção, no bairro Camilópolis. A faixa etária é de 11 a 16 anos – nascidos entre 2000 e 2005.  Os treinos iniciarão na primeira semana de março.

Seletivas serão no Ginásio Noêmia, em Camilópolis | Foto: Beto Garavello/PSA
As inscrições serão feitas no próprio dia – basta levar um documento de identidade. Os testes têm como objetivo selecionar atletas para as categorias mirim (11 e 12 anos), infantil (13 e 14 anos) e cadete (15 e 16 anos). Na mesma manhã, cada candidato sairá com o resultado de seu desempenho. “Habilidade individual e fundamentos básicos da modalidade são alguns dos requisitos”, apontou Archibald Scott Neto, supervisor do handebol de Santo André, que aguarda bom número de participantes nas duas seletivas. A avaliação será feita por três técnicos, entre eles, Rubéns Piazza, que comanda a equipe adulta feminina. 

Os selecionados treinarão no mesmo espaço público esportivo duas vezes na semana, todas as quartas e sextas-feiras à noite, em horários divididos por categorias – em torno de 1h20. A ponta Cristiane dos Santos, a Baby, integrante da equipe adulta, saiu exatamente das categorias de base – na última segunda-feira (15), inclusive, a atleta retornou aos treinos para a temporada 2016, que tem entre os desafios, o Campeonato Paulista, Jogos Regionais e Jogos Abertos do Interior.

Em 2015, cerca de 60 alunos, entre crianças e adolescentes, integraram as categorias de base. O infantil masculino e feminino participou da Liga Paulista de Handebol – os atletas da mesma categoria também o Campeonato Paulista. “Queremos neste ano incluir o cadete para disputar a Liga”, afirmou Archibald.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Cidades do ABC integram ação nacional contra o Aedes aegypti no sábado (13)

Os municípios do ABC realizarão, amanhã (13), ações de conscientização como parte do mutirão nacional de combate ao Aedes aegypti. Cada cidade promoverá iniciativas educativas próprias, integrando o esforço nacional para eliminação dos criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya. Os preparativos foram discutidos na quinta-feira (11), durante reunião da Sala de Situação Regional que tem à frente o Grupo de Trabalho Saúde do Consórcio Intermunicipal Grande ABC.

“Estão previstas atividades educativas nos bairros mais centrais e visitas casa a casa em regiões prioritárias, incluindo a participação de parceiros como Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, líderes comunitários e religiosos”, informa Homero Nepomuceno Duarte, coordenador do GT e secretário de Saúde de Santo André. As ações serão iniciadas às 8h e devem se estender pelo menos até às 13h, dependendo da cidade.
 
Campanhas visam conscientizar a população | Foto: Foto: Eric Romero/PMSCS

Já estão definidos os locais que receberão atividades em três das sete cidades. Em Santo André, serão realizadas ações educativas de mobilização social na Rua Cel. Oliveira Lima, na região central, com tendas de exposição do ciclo evolutivo do mosquito, demonstração de recipientes que podem se transformar em criadouros, orientações de agentes da Vigilância Ambiental em Saúde à população e apresentação de dança temática com agentes fantasiados de mosquitos.

Tendas e ações de conscientização ocorrerão também na Praça da Vila Luzita, próximo ao terminal, no final da Rua São Bernardo. Também na região do Jardim Irene I será realizado mutirão casa a casa com participação de agentes de Vigilância Ambiental e Comunitários de Saúde, além da Defesa Civil (NUPDEC), Corpo de Bombeiros e Departamento de Varrição do Semasa. Um carro de som fará divulgação de mensagem da campanha de combate ao mosquito.

Em Mauá estão programadas ações de rua em vários pontos da cidade, bem como um mutirão e “arrastão” concentrado no Jardim Zaíra, com visita a residências e comércios. Além disso, as equipes de Saúde e parceiros participarão de um evento esportivo no Centro de Artes e Esportes Unificados, o CEU das Artes, no Parque das Américas, entre 9h e 15h, com atividades de conscientização da população.

em Ribeirão Pires as ações acontecerão durante todo o final de semana. No sábado (13), o mutirão contará com a participação de agentes de combate a endemias, agentes comunitários de saúde e equipes da Defesa Civil, que percorrerão áreas próximas ao Hospital Ribeirão Pires distribuindo folhetos,  verificando a presença de criadouros e orientando os moradores para a sua eliminação. Agentes comunitários de Saúde do Jardim Guanabara percorrerão as residências do Jardim Serrano e os demais agentes se concentrarão na Praça da Bíblia, seguindo para o Centro.


No domingo (14), as equipes estarão no Terminal Rodoviário, com atividade de mobilização social, distribuição de panfletos e exposição de amostras do ciclo da vida do mosquito. 

Fiscalização coíbe trilhas clandestinas em Paranapiacaba

A Vila de Paranapiacaba é um destino muito procurado por turistas nos fins de semana e feriados. Durante o Carnaval, por exemplo, cerca de 12 mil pessoas visitaram o local para acompanhar os blocos, visitar os museus ou percorrer trilhas em meio  à Mata Atlântica. Algumas dessas pessoas, no entanto, buscam trilhas clandestinas e irregulares, como é o caso das que levam à Cachoeira da Fumaça e Cachoeira de Cristal. Para coibir esse tipo de atividade, a Secretaria de Gestão de Recursos Naturais de Paranapiacaba e Parque Andreense, através do Departamento de Meio Ambiente, com o apoio do Departamento da Guarda Municipal, do Parque Estadual da Serra do Mar (Núcleo Itutinga-Pilões) e a Polícia Militar Ambiental, realizou, durante o Carnaval, a Operação Integrada de Fiscalização Ambiental nas trilhas clandestinas da região.

Infratores foram autuados e barracas de camping foram apreendidos | Foto: Divulgação/PSA
Segundo o secretário de Paranapiacaba, Ricardo Di Giorgio, durante os quatro dias do feriado, cinco equipes percorreram trilhas e vistoriaram acessos. No total, foram emitidos 32 autos de infração ambiental e realizadas apreensões de 27 barracas e acessórios de camping. “A operação coibiu o acesso clandestino de mais de 2.500 pessoas nas trilhas do Parque Natural Nascentes de Paranapiacaba, Parque Estadual da Serra do Mar e zona de amortecimento nos arredores da Rodovia Adib Chamas”, afirma. Ainda segundo o Di Giorgio, no município de Santo André o acampamento selvagem é proibido e constitui infração ambiental.

O secretário destacou que as trilhas, como a Cachoeira da Fumaça, Cachoeira dos Ventos, Cachoeira de Cristal e Cachoeira do Ralo, são trilhas clandestinas e irregulares. “Essas trilhas encontram-se, quase em sua totalidade, em terrenos particulares. Também são áreas de amortecimento do Parque Estadual da Serra do Mar e o seu uso deve ser previamente autorizado pelo PESM e pelo Município de Santo André, levando em conta as legislações ambientais e urbanísticas vigentes. Além do problema da invasão de propriedade, existe o problema do dano ambiental”, conclui. O visitante, além do dano ambiental, também coloca em risco sua vida e integridade física, já que são áreas de mata fechada, com risco de quedas e afogamentos, sem segurança. Há diversos casos de perdidos na mata.

Irregulares - Numa tentativa de coibir a prática, o Departamento de Meio Ambiente alerta que há empresas de turismo e pessoas físicas vendendo, clandestinamente e criminalmente, passeios nessa região, e é preciso ficar atento e buscar informação junto à Prefeitura de Santo André. Os proprietários da região também estão sendo notificados a sinalizarem suas propriedades. As empresas e pessoas que vendem essas trilhas serão autuadas, nos termos das legislações vigentes.

O Departamento esclarece ainda que o uso para a atividade turística na região é permitido. No entanto, ele deve estar regular e possuir autorização de todos os órgãos competentes. É preciso ter um controle da quantidade de pessoas, mapeamento do local de visitação, segurança, manutenção das trilhas, entre outras ações para garantir a integridade física do visitante e a integridade ambiental da região.

As trilhas abertas para visitação encontram-se no entorno da Vila de Paranapiacaba, no Parque Natural Nascentes de Paranapiacaba e algumas trilhas do PESM (Parque Estadual da Serra do Mar), que são acessadas pelo Parque Nascentes. Essas trilhas são monitoradas e a quantidade de pessoas que podem acessá-las por dia é controlada, a fim de evitar danos ambientais à Unidade de Conservação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4439-5025, ou pelo endereço eletrônico fiscalambiental@santoandre.sp.gov.br.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Em Santo André, escolas de samba fazem a festa na Avenida Firestone nos dias 6 e 7

Neste ano, quem pretende cair na folia pode se preparar, pois o Carnaval da cidade está repleto de atrações. Os tradicionais desfiles das escolas de samba na Avenida Firestone serão nos dias 6, com as escolas do Grupo B, a partir das 20h, e 7, com as escolas do Grupo A e o bloco Gaviões da Fiel, convidado da Uesa (União das Escolas de Samba de Santo André), a partir das 18h40. Os desfiles na avenida serão no sentido bairro-centro. Na Vila de Paranapiacaba, a folia acontecerá de sábado (6) a terça-feira (9). Atividades gratuitas.

Para os dois dias de festa na Firestone, a Prefeitura garantirá estrutura e segurança, com a instalação de arquibancada para oito mil pessoas por noite, 70 banheiros químicos, sistema de som, iluminação, caminhão-pipa com água potável, praça de alimentação, duas ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), efetivos da Guarda Municipal e Polícia Militar, 50 seguranças particulares, além de outros 60 voluntários que estarão de prontidão. 

Escolas de samba da cidade prometem agitar os foliões | Foto: Anderson Pedro/PSA
A Administração investe R$ 795 mil em subsídios para as escolas de samba e na montagem da estrutura na avenida Firestone. A apuração dos desfiles das escolas de samba de Santo André será realizada na quarta-feira de cinzas (10), às 15h, no ginásio Pedro Dell´Antonia.

“A exemplo dos outros anos, Santo André irá oferecer o melhor Carnaval da região, fruto da parceria entre Prefeitura e UESA. Além de desfile de qualidade na nossa passarela do samba, moradores e visitantes poderão aproveitar quatro dias de folia em estilo nostálgico, com marchinhas e blocos pelas ruas históricas da Vila de Paranapiacaba”, afirma o secretário de Cultura e Turismo Tiago Nogueira.

Trânsito – Para a realização do Carnaval na Av. Firestone, o Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) fará interdições no trânsito na Avenida Firestone e entorno. Desde o dia 27 de janeiro, a via tem interdição parcial para montagem das arquibancadas. Na sexta-feira, 5, o fechamento será definitivo para o desfile das escolas do grupo de acesso e especial. Ainda no dia 5, a Avenida Queirós dos Santos terá o tráfego interrompido entre a Avenida Dom Pedro I e Avenida Firestone e no trecho entre a Rua Luis Pinto Flaquer e Avenida Firestone. O mesmo ocorre nas ruas Panamá, Ayala, Lourdes, Margarida e Alcides Queiros, entre a Rua 24 de Fevereiro e Avenida Queiros dos Santos, que serão bloqueadas para os carros após às 18h da próxima sexta-feira (5).

Paranapiacaba – Neste ano, a Vila de Paranapiacaba terá quatro dias de festa com os tradicionais blocos de rua e marchinhas de Carnaval. A escola de samba Grêmio Recreativo Escola de Samba Renascente de São Bernardo abre a programação no sábado (6), com apresentação, na Praça do Antigo Mercado, a partir das 14h. O Bloco Paranafolia promete agitar os foliões com as tradicionais marchinhas no domingo e na terça-feira. Nos dois dias a concentração será no Largo dos Padeiros a partir das 14h. E na segunda-feira, é a vez do tradicional Bloco das Bruacas, no qual os homens vestem-se de mulheres, percorrer as ruas da vila. A saída acontece do Bar do Campo (av. Fforde, 528), com concentração a partir das 13h.

O Carnaval 2016 na Avenida Firestone é organizado pela União das Escolas de Samba de Santo André com o apoio da Prefeitura de Santo André, que apoia também a festa na Vila de Paranapiacaba. Mais informações sobre a programação de Paranapiacaba podem ser obtidas pelo telefone 11 4439-1318.  Para as atrações no Centro da cidade as informações podem ser obtidas pelo telefone 4388-8996, junto a UESA (União das Escolas de Samba) de Santo André ou ainda pelo 9-4753-1581.

Mostra comemorativa do personagem Cubinho chega à Universidade Metodista

Depois de passar pelo Espaço Cultural – Casa de Vidro, a exposição Cubinho: 40 anos da tirinha de Mario Mastrotti, promovida pela Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, agora itinera pelo Núcleo Cultural da Universidade Metodista de São Paulo (Rua Alfeu Tavares, n° 149, Bairro Rudge Ramos, São Bernardo do Campo), a partir do dia 12 de fevereiro.

O personagem apresentava criticas bem humoradas sobre vários temas | Foto: Acervo/Mario Mastrotti 
A mostra apresenta uma retrospectiva da produção da tirinha no decorrer de suas quatro décadas de publicação em diversos periódicos brasileiros. A comemoração teve início em julho do ano passado e se estenderá até o mesmo mês deste ano. Abordando temas como filosofia, política, meio ambiente, direitos humanos e sociais, Cubinho já tratou de assuntos polêmicos como a ditadura militar e a redemocratização do país na década de 1980, mas sempre com toques de leveza e bom humor.

. Nesta tirinha Cubinho critica as limitações dadas à anistia política no processo de redemocratização brasileira | Foto: Acervo/Mario Mastrotti
A visitação da mostra é gratuita e segue até o dia 14 de março, de segunda a sábado, das 10h às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4223-4780.

O artista – Os cartuns, tiras e charges de Mario Mastrotti já foram publicados em jornais e revistas como Diário do Grande ABC, Folha de S.Paulo, Jornal de Brasília, O Pasquim 21, Jornal Enfim e A Gazeta, por exemplo. Participou de diversos Salões de Humor em países como Polônia, França, Portugal, Irã, Itália, entre outros, tendo sido premiado na Turquia (1° lugar) e no Irã (menção honrosa). Organizou e publicou mais de 20 livros de humor gráfico pela Editora Virgo. Leciona nos cursos de comunicação na Universidade Metodista de São Paulo e atua em eventos corporativos e sociais com caricaturas ao vivo e visual meeting.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Sinfônica de Santo André seleciona participantes de oficina de regência

A Orquestra Sinfônica de Santo André (Ossa) definiu os 13 músicos que irão participar, a partir de 15 de fevereiro, da 2ª Oficina Internacional de Regência Orquestral. Ao todo, 57 se inscreveram para participar das aulas, sete a mais do que na edição do ano passado. O grupo reúne três músicos de Santo André (SP), dois de São Paulo (SP), dois do Rio de Janeiro (RJ), um de Belém (PA), um de Porto Alegre (RS), um de Embu das Artes (SP), um de Brasília (DF), e dois argentinos, de Buenos Aires e La Plata. A faixa etária dos selecionados vai dos 21 aos 48 anos.

Abel Rocha, maestro da Ossa, ministrará as aulas | Foto: Miguel Denser/PSA
O cronograma das aulas prevê seis exposições em sala, coordenadas pelo maestro titular da Ossa, Abel Rocha, e pela pianista Cecília Moita, e seis ensaios frente à orquestra. Toda a preparação do repertório com a Ossa ficará a cargo dos 13 participantes. Ao final das aulas e após o rendimento de cada um, os músicos da orquestra e o maestro Abel Rocha escolherão seis oficineiros para reger os concertos finais. Esses concertos serão registrados e serão disponibilizados aos participantes a fim de integrar os respectivos portfólios. 

Para Abel Rocha, maestro titular da Ossa, a realização de oficinas como esta é importante, pois possibilita ao jovem músico o contato e vivenciar o dia a dia junto às orquestras profissionais. “Muitos dos inscritos apresentam alguma experiência com atuação em orquestras jovem, comunitárias ou de estudantes, e a oportunidade de passar duas semanas trabalhando com uma orquestra profissional será, para eles, uma experiência marcante”, comenta o maestro.

Preço da cesta se mantém estável na primeira semana de fevereiro

Pesquisa elaborada pela Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André (Craisa) verificou que o preço do conjunto de 34 itens que compreendem a cesta básica se manteve praticamente estável nessa primeira semana de fevereiro. Isso porque, enquanto no levantamento anterior era preciso despender, em média, R$ 529,67, agora sai por R$ 530,13, ou seja, uma leve alta de 0,09%, o que representa um custo adicional de apenas R$ 0,46 para os consumidores. Apesar desta estabilidade, alguns itens importantes, como a carne bovina de 2ª e o feijão, tiveram as principais quedas, 4,79% e 4,58%, respectivamente.

O preço da carne de 2ª recuou 4,79% | Foto: Miguel Denser/PSA
“No caso do grão, há no momento uma variação muito alta entre os mais caros e os mais baratos encontrados nos mercados pesquisados, isso sem falar na qualidade, o que acaba refletindo diretamente no custo do quilo que apresentou preço, em média de R$ 2,92”, explicou o engenheiro agrônomo da Craisa e responsável pelo levantamento, Fábio Vezzá de Benedetto. 

Já em relação aos produtos que registraram as principais altas nesta semana os destaques negativos foram os pacotes com 500 gramas de farinha de mandioca torrada e de fubá, que subiram, 5,52% e 4,19%, respectivamente; o quilo da laranja em outros 4,74%; além da bolacha salgada cream cracker em mais 3,61%.

'Xô Dengue' embala o Carnaval da Saúde em Santo André

O calçadão comercial da Rua Coronel Oliveira Lima, no Centro de Santo André, foi invadido por vários mosquitos Aedes aegypti nesta manhã de quinta-feira (4), durante a descontraída passagem do tradicional bloco carnavalesco da Saúde. No entanto, ao contrário do original que mata e provoca ainda outras doenças, como o zica vírus e a febre chikungunya, as réplicas ‘do bem’ alertaram a população sobre a necessidade de prevenção e combate. Tudo regado ao som do maracatu e puxado por marchinhas, confete, serpentina e spray de espuma. ‘Xô Dengue’ embalou a folia do pessoal de branco.

Neste ano, o Carnaval da prevenção e promoção à saúde de Santo André focou no tema dengue, inclusive com direito a samba-enredo na passarela improvisada, que atraiu olhares dos consumidores e curiosos, além de várias selfies ainda no ponto de concentração – no Largo da Estátua.

Coletivo de maracatu Agô Anama deu o ritmo à festa no centro | Foto: David Rego Jr./PSA
Não faltou animação entre os trabalhadores da saúde e os foliões de rua. Como foi o caso da paraibana Severina Joaquina da Conceição, 94 anos, nascida na cidadezinha de Pombal, no sertão nordestino, que recentemente mudou de mala e cuia para Santo André. Exemplo de vida, a nordestina pulou e cantou em cima da cadeira de rodas, conduzida pela dona de casa Sebastiana Jacome Alexandre, 59 anos, uma das quatro filhas mulheres. 

Por acaso, Severina se deparou com o bloco da Saúde. “Venho no calçadão todos os dias com minha mãe e hoje encontramos o pessoal da dengue por aqui. Ela animou e não quer mais ir embora”, contou, aos risos, enquanto a mãe, em cada parada das alas, se levantava em frente à cadeira para seguir coreografia, com direito a adereço colorido na cabeça. A filha avaliou como fundamental unir uma festa popular com a importância do combate ao mosquito. 

MENTAL – A ala da Saúde Mental foi um registro à parte. Cada componente vestia camisetas pretas, com as listras brancas do mosquito na frente e a frase ‘Xô dengue’ atrás, que foram estampadas pelos usuários do NUPE (Núcleo de Projetos Especiais), responsável por 12 oficinas terapêuticas, além de inclusão social e geração de renda, vinculadas à rede de atenção psicossocial da Secretaria de Saúde. Também foram confeccionados estandartes, abadás e fantasia coletiva desenvolvida pela equipe do Consultório na Rua, serviço público que atua com veículo itinerante para chegar até os usuários de drogas e dependência química. 

No Carnaval da Saúde, o cuidado com as DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis), entre elas, a Aids, causada pelo vírus HIV, também foi tema de fundo na folia. A equipe do Núcleo de Prevenção DST/Aids distribuiu 300 kits, cada qual composto por material informativo  e de prevenção da sífilis e HIV, três saches de gel, 11 preservativos, sendo nove masculinos e dois femininos. 

Dilma: crise não pode ser desperdiçada e 2016 terá retomada do crescimento

A presidente Dilma Rousseff disse hoje (4) que 2015 foi um ano “bastante desafiador” para a economia brasileira e que o governo busca transformar 2016 no ano da retomada do crescimento. Segundo ela, o governo tem estratégias para superar as dificuldades “momentâneas”.

“Numa crise você pode usar todos os seus esforços para superar desafios, encontrar novos caminhos. Não podemos desperdiçar a nossa crise, por isso temos uma série de propostas no campo tributário, de regulação, da Previdência e de melhoria do ambiente de negócios no Brasil”, afirma, durante a inauguração de uma fábrica da cervejaria da Ambev em Uberlândia, Minas Gerais.

Dilma tenta superar a crise neste ano | Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma destacou que o governo está buscando aumentar os investimentos privados e manter os investimentos públicos. “Faremos um esforço ao longo do ano na área de leilões para a concessão de ferrovias, portos, aeroportos e rodovias, mas também dentro de um quadro de busca de ampliação de investimentos privados”.


Ela lembrou do apelo “encarecido” que fez no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de união entre os diversos setores para superar a crise. Na semana passada, o chamado Conselhão reuniu representantes da sociedade civil e empresários para debater medidas econômicas. Foi o primeiro encontro de 2016, depois de um ano e meio sem reuniões do conselho.

Apresentação do Teatro Mágico marca o retorno às aulas em São Bernardo do Campo

Para marcar o retorno às aulas na rede pública de ensino de São Bernardo, em 10 de fevereiro, a Secretaria de Educação promove evento de recepção para os profissionais na quarta e quinta-feira (3 e 4) no Centro de Formação dos Profissionais da Educação (Cenforpe), no Bairro Planalto. Entre outras atrações, durante os dois dias os participantes assistem à apresentação do Teatro Mágico, grupo de mistura música, poesia e encenações teatrais. Serão apresentados seis shows nos dois dias, pela manhã, tarde e noite. Participam cerca de 1,9 mil profissionais de educação.

O Teatro Mágico mistura música, poesia e teatro nas apresentações | Foto: reprodução
“Esse evento nada mais é do que o reconhecimento por parte da Administração, com muita poesia e reflexão, do valor dos profissionais desse setor, que é tão importante para o futuro de nossas crianças”, disse o secretário de Educação, Paulo Dias. A rede pública da cidade tem cerca de 11 mil profissionais.Durante a abertura do evento, Dias agradeceu o trabalho de toda a equipe da rede pública de ensino. “Sem o empenho de cada um não é possível ter uma educação cada vez melhor”, disse.

 A programação teve início com a animação do Bloco ‘Cai pra Dentro’, embalado por marchinhas de Carnaval. A professora Clebia Silva do Nascimento, da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Antônio de Lima, no Jardim Silvina, aprovou o evento. “Gosto da ideia de reunir todos, a gente aproveita para reencontrar os amigos. Além disso, a programação está animada, bem de acordo com clima da época, e incentiva ainda mais o retorno às aulas”, comentou.

Evento reúne os profissionais de educação da cidade | Foto: Nilson sandre 
Vanessa Azanha, professora da Emeb José Luiz Jucá, Santa Terezinha, também considerou o evento divertido. “É uma forma diferente de retornar, de rever os amigos, recarregar ainda mais a bateria para voltarmos às atividades”, disse. Também participaram do evento secretários de áreas da Prefeitura que atuam em parceria com a Secretaria de Educação.

Idosos e suas famílias

Por Kie Kume, gerente geral da IRH Press do Brasil, editora dedicada à publicação em português dos livros do mestre Ryuho Okawa 

Crescer e viver cultivando hábitos saudáveis, praticando exercícios físicos, num perfeito equilíbrio entre nossa mente e nosso corpo, é um dos segredos da longevidade. Também é a melhor receita para um sereno envelhecimento, facilitando a convivência entre os idosos, suas famílias e cuidadores. Os latinos já pregavam que uma mente sã em um corpo são (mens sana in corpore sano) é fonte de bem-estar e felicidade ao longo de todas as fases de nossas vidas.

Em nossa correria diária, divididos entre o trabalho, os estudos e uma lista sem fim de compromissos, em busca do sucesso profissional e do bem-estar de nossos filhos, muitas vezes nos esquecemos de nós mesmos e do quanto é importante cuidar do nosso eu interior e do nosso corpo, através de exercícios, alimentação controlada e da prática da concentração e meditação. Na corrida desenfreada por bens materiais, não podemos colocar em segundo plano nossa saúde física e mental. Se
felizes com o que temos

Temos que ter a consciência de que, quanto mais nos esforçarmos hoje para sermos amanhã idosos sadios, menos trabalho daremos para nossos familiares e cuidadores, além de podermos transformar nossa velhice em um tempo de profundas alegrias, na convivência com os netos e amigos. Em seu livro Convite à Felicidade, que acaba de chegar às livrarias, o mestre japonês Ryuho Okawa diz que “sentir-nos felizes com o que temos é o segredo da felicidade máxima. Estarmos satisfeitos é amar nossa vida, abraçá-la por aquilo que é e aceitar que todos temos vidas únicas, só nossas. Fomos abençoados com muitas coisas que merecem nossa gratidão, o que inclui cada dia de nossa vida”, mesmo quando formos acometidos por doenças graves.

Tenhamos a certeza de que muitas doenças comuns, quedas e sofrimentos serão evitados amanhã se aprendermos a cuidar de nosso corpo na infância, na juventude e na idade adulta. Combater o sedentarismo e adotar uma dieta rica em frutas e legumes, evitando o excesso de sal e açúcar pode não parecer, mas é uma iniciativa responsável de quem está comprometido com a família.

Outro tema muito pouco explorado pelo mundo acadêmico é o relacionamento entre as famílias e seus idosos – pais, avós, tios. Uma família que tem sua rotina de compromissos quebrada pela necessidade de cuidar de um idoso precisa de muita orientação e serenidade para cumprir sua missão sem traumas, sem afetar o relacionamento entre marido e mulher, entre pais e filhos.

Tanto precisam ser compreendidos os cuidadores como os idosos que estão sendo acolhidos – que, em geral, tendem a se considerar um “estorvo”, com frases como “estou sempre atrapalhando vocês”. É preciso que a família saiba cultivar um ambiente de alegria, de sorrisos e de bom humor. “Seja qual for o problema que tenhamos de enfrentar, seremos capazes de superá-lo se o aceitarmos com humildade, aprendendo com ele e compreendendo seu significado”, diz Okawa ainda em Convite à Felicidade. Essa obra estimula a meditação e aponta gestos de amor e carinho como caminho para a felicidade. “O que faz nossa alma se expandir e brilhar são os desafios que superamos”, afirma o mestre japonês.

Mais traumática é a situação das famílias que, muitas vezes, não têm condições financeiras de cuidar de seus idosos – com remédios e tratamentos caros –, o que nos remete ao outro lado do problema. É por isso que, em geral, em artigos e reportagens na mídia, aparecem poucas alusões ao lado humano dessa realidade e mais preocupação com o impacto econômico que o envelhecimento da população tem sobre as contas da Previdência Social e os orçamentos públicos.

Tudo isso deve criar em nossas famílias, desde cedo, uma conscientização maior sobre a importância de estarmos preparados para a velhice – seja com muito amor no coração, seja, se possível, com uma casa sem degraus e banheiros adaptados. Quanto mais saudáveis e financeiramente independentes formos, seremos uma preocupação a menos para nossos filhos amanhã. A velhice deve ser, e é, um tempo de serena felicidade.

USCS tem inscrições abertas para Oficina de Teatro

A Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) está com inscrições abertas para a sua Oficina de Teatro para o ano de 2016. A participação é gratuita e aberta à toda comunidade (a partir de 17 anos). Os interessados podem se inscrever até o dia 4 de março.

Ministradas pelo diretor da Cia. Grite de Teatro/USCS, Kléber Di Lázzare, as aulas ocorrerão na universidade aos domingos, no primeiro semestre; e aos sábados e domingos, no segundo semestre, com previsão de início para o dia 13 de março. 

Inscrições devem ser feitas até 4 de março | Foto: Ana Paula Lazari 
Serão oferecidas 30 vagas, preenchidas, entre outros critérios, conforme a ordem das inscrições. Para se inscrever, é necessário preencher uma ficha de inscrição, trazendo uma foto 3x4 na sala dos professores dos Campi Barcelona (Av. Goiás, 3400, Barcelona, SCS) ou Centro (Rua Santo Antônio, 50, Centro, SCS) entre 13h e 21h. No dia 6 de março, às 14h, haverá uma reunião com todos os inscritos, de caráter eliminatório, no Teatro do Campus Barcelona.

A Oficina de Teatro da USCS, que chega à sua 22ª edição, tem duração de um ano e oferece aulas de interpretação, Dramaturgia, Expressão Corporal e Canto no Teatro. Entre os objetivos da atividade, estão o acesso à arte e o domínio de ferramentas como voz, gesto e construção do discurso e do olhar, importantes para todas as profissões. Mais informações pelo telefone 4239-3306 ou pelo e-mail teatro@uscs.edu.br 

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

ABC participa de mobilização nacional contra o mosquito da dengue no dia 13

O Grupo de Trabalho Saúde do Consórcio Intermunicipal Grande ABC iniciou hoje os preparativos para participar do “Dia Nacional de Combate ao Aedes”, marcado para 13 de fevereiro. “O Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde, convocou uma iniciativa nacional para depois do Carnaval, com o objetivo de conscientizar a população sobre como combater o mosquito da dengue. A região vai estar unida neste mutirão”, informou o coordenador do GT e secretário de Saúde de Santo André, Homero Nepomuceno Duarte.

Região recebeu ação regional no último sábado (30) e já tem outra programada | Foto: reprodução
A programação será divulgada na próxima quinta-feira (11), após reunião na sede do Consórcio com equipes técnicas das sete prefeituras. “Vamos fazer ações individuais em cada um dos sete municípios. Ainda assim, será uma ação conjunta, pois todos vão realizar atividades ao mesmo tempo”, explicou Duarte. 

Durante encontro entre equipes técnicas dos municípios e do governo estadual, em Santo André, o coordenador do GT fez ainda um balanço da primeira ação deste ano da Campanha Regional de Combate ao Mosquito da Dengue, realizada no último sábado (30), na região de divisa entre Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. A iniciativa contou com mais de 400 agentes de Saúde, além de parceiros da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Segurança Urbana, União dos Escoteiros/SP e lideranças comunitárias. Duas novas ações regionais estão sendo organizadas pelo Consórcio. 

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Bloco da Saúde foca Carnaval sem dengue

Preocupação mundial do momento, o tradicional Bloco da Saúde de Santo André focará na dengue o seu Carnaval 2016. Com o tema Aqui o mosquito não tem vez, os foliões de branco levarão nesta quarta-feira, a partir das 10h, no corredor comercial da Rua Oliveira Lima, região central da cidade, o alerta à população sobre a necessidade de combate ao Aedes aegypti, também transmissor do zika vírus e da febre chikungunya. Também haverá a distribuição gratuita de cinco mil preservativos, entre masculinos e femininos.

Nas edições anteriores, o Carnaval da Secretaria de Saúde sempre esteve voltado às DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis), como a Aids, causada pelo vírus HIV, como atividade de prevenção e promoção à área. O que neste ano mudou o foco, principalmente por conta dos inúmeros casos de dengue registrados no ano passado no País, inclusive no município – 1.641, dos quais, 1.377 autóctones, contraídos dentro do território de Santo André.

Edição de 2015 foi marcada por diversão e conscientização | Foto: Anderson Pedro/PSA
O ponto de concentração se dará no Largo da Estátua, com destino à Concha Acústica na Praça do Carmo. Ali, vários serviços da área estarão reunidos para multiplicar a informação e alertar aos foliões sobre a importância de eliminar os criadouros do mosquito. Tudo regado a marchinhas carnavalescas alusivas ao tema e puxadas por banda de maracatu. No final, a andreense Banda Lira dará o tom. Uma viatura do Corpo de Bombeiros também contribuirá com a festa popular.

Entre as alas, a do CHM (Centro Hospitalar Municipal) fará uma espécie de brincadeira  de não dar água ao mosquito, adianta a psicóloga Maria Luiza Malatesta, gerente de Projetos da Secretaria de Saúde. Já a do Núcleo de Prevenção DST/Aids distribuirá 300 kits aos consumidores que estiverem circulando pelo local – composto por folder com informações sobre testagem e prevenção da sífilis e HIV, três saches de gel, 11 preservativos, sendo nove masculinos e dois femininos. “Todos os departamentos estarão envolvidos como forma de provocar sobre o cuidado da cidade para que as pessoas não adoeçam”, diz Malu, como é mais conhecida, coordenadora do Carnaval.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Novas regras para bônus na conta de água em SP entram em vigor

Começou a valer hoje (1º) o novo cálculo para o bônus na conta de quem economiza água em São Paulo. O programa da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) concede descontos escalonados para os consumidores que reduzem o uso em relação à média de consumo entre fevereiro de 2013 e janeiro de 2014.

Agora, os valores médios de consumo, que servem de base para o programa, serão multiplicados por 0,78. Com isso, o consumidor precisará diminuir ainda mais o uso de água para ter direito ao desconto. Por exemplo, com o novo cálculo, uma casa que teve consumo médio de 10 mil litros no período de referência (fevereiro de 2013 a janeiro de 2014) terá de passar a consumir, no máximo, 7 mil litros para alcançar, ao menos ,10% de desconto na conta.

É necessário economizar mais para obter o desconto | Foto: divulgação/Cesan
Quem economiza no consumo de água ganha bônus de 10% no valor da conta de água, desde que reduza o uso entre 10% e 15% em relação ao valor de referência. Para os que reduzem o uso entre 15% e 20%, o desconto é de 20%, e os que diminuem em mais de 20% são enquadrados na faixa de 30% de desconto.

Segundo a Sabesp, o novo cálculo leva em consideração a redução média no consumo de água registrada entre outubro de 2014 e setembro de 2015. As novas regras fazem parte de estratégia da companhia para manter o programa de incentivo à redução do consumo de água até, pelo menos, o final de 2016.

Foi mantido também o sistema de penalidades para os clientes que aumentarem o uso de água em relação aos valores de referência.

Sistema Cantareira

Após meses de recuperação, o Sistema Cantareira tem hoje um volume de água armazenado equivalente a 35,2% da capacidade total dos reservatórios. Descontando as reservas técnicas (volume morto), o sistema tem 16,3% da capacidade do volume útil.