segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Abraji lança maior ferramenta do Brasil para encontrar ações citando políticos

Da Redação

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) lança nesta segunda-feira (10.set.2018) o projeto Publique-se, uma plataforma de busca que reúne documentos de mais de 30 mil processos judiciais cujos textos citam mais de 9 mil políticos brasileiros. Nenhuma outra ferramenta no Brasil até hoje identificou e reuniu tantos processos citando candidatos a cargos públicos.
A ideia é facilitar o acesso a provas, relatórios, comprovantes e documentos anexados a esses processos para ajudar repórteres em investigações jornalísticas sobre candidatos a cargos públicos. A ferramenta é gratuita e pode ser acessada no endereço publique-se.org.br.

Nesta primeira etapa, o projeto conta com dados de centenas de milhares de ações no Supremo Tribunal Federal (STF) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Casos notórios de outros tribunais envolvendo grandes investigações sobre o poder público serão acrescentados numa segunda etapa.
“Houve um imenso esforço de captura e tratamento de dados para possibilitar a busca dentro desses documentos. O que você vai achar não são apenas processos que têm determinado político como réu ou investigado, mas todas as referências àquele político dentro de documentos em diferentes processos – mesmo que ele não seja parte naquele processo. Certamente há muita pauta escondida ali”, diz Tiago Mali, coordenador do projeto.

Ser citado em uma ação judicial não significa que o político tenha necessariamente participado de esquema de corrupção ou que tenha tido conduta reprovável. A transparência com relação a essas informações, no entanto, é passo importante para uma fiscalização mais ativa das instituições e dos agentes públicos por parte dos jornalistas.

Idealizado pela Abraji, o projeto contou com parceria da Associação Brasileira de Jurimetria (ABJ) na captura dos dados e conta com o patrocínio do Instituto Betty e Jacob Lafer.

Como funciona

A base de documentos da primeira etapa do projeto foi criada a partir de downloads automatizados dos bancos de dados de processos eletrônicos do STF e do STJ. Os arquivos baixados passaram por uma ferramenta de reconhecimento de caracteres (OCR) para que fosse possível pesquisar o texto dentro deles – muitos dos PDFs são imagens cujo texto não é "pesquisável".

Após a extração de texto, o projeto identificou dentro das milhões de páginas de documentos aquelas que mencionam o CPF de cidadãos que se candidataram em qualquer eleição brasileira a partir de 2006 – são mais de 1 milhão de CPFs diferentes. Foram mantidos na ferramenta apenas os processos que citam dentro do seu texto o CPF de algum político.

A partir dessa base, que no momento do lançamento reúne documentos de mais de 30 mil processos, é possível buscar diretamente por nomes de políticos ou fazer uma “busca livre” por termos de interesse que estejam presentes nos documentos de processos que citam políticos.

A primeira rodada de download em massa dos documentos foi feita entre os meses de fevereiro e março deste ano, reunindo todos os processos eletrônicos de diferentes anos presentes nas páginas do Judiciário. Uma segunda rodada, que acrescentará os processos iniciados após esse download, está em andamento e deve ser incorporada à ferramenta antes do primeiro turno das eleições.



Santo André será a cidade mais monitorada do País em cinco anos

Da Redação

A Prefeitura de Santo André assinou na sexta-feira (14), protocolo de intenções do Programa Rastro, do Governo Federal, que tem o objetivo de integrar as centrais de operação e monitoramento, possibilitando que a cidade seja, nos próximos cinco anos, a mais monitorada do Brasil. Com a assinatura deste documento será possível implementar um novo conceito no monitoramento nas ruas, proporcionando maior sensação de segurança para a população, bem como nos equipamentos públicos, tornando os serviços mais eficientes.

Ministro Gilberto Kassab esteve na cidade para
formalizar acordo entre Prefeitura e governo federal| Hélber Ággio /PSA
O prefeito Paulo Serra comemorou a assinatura deste protocolo de intenções. "Este importante programa vem em sintonia com tudo que estamos fazendo na cidade, implementando um novo conceito de cidades modernas e mais monitoradas. Estamos equipando a central de monitoramento do trânsito e dobraremos o número de câmeras, chegando a 200. São estes instrumentos tecnológicos que ajudam na qualidade de vida e para um serviço público com mais eficiência", destaca. O Programa Rastro destinará R$ 25 milhões em um prazo de 5 anos para a implementação das melhorias.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab destacou a importância no ingresso de Santo André na cooperação técnica do Programa Rastro. "Objetivamos nosso desafio no sentido de desenvolver intercomunicabilidades para a Prefeitura de Santo André, que além do seu pioneirismo, terá ampliado seu foco na eficiência, proporcionando melhores instrumentos de gestão pública no dia a dia das pessoas. Além de integrar informações, a segurança pública será beneficiada, a eficiência dos programas aumentará e um melhor gerenciamento tornando a gestão pública cada vez mais transparente", comenta.



sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Santo André terá interdições no trânsito para a Parada do Orgulho LGBTI neste domingo

Da Redação

O Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) terá ação especial de suas equipes neste domingo (16), para a realização da 14ª Parada do Orgulho LGTBI, organizada pela ONG ABCDs (Ação Brotar Pela Cidadania e Diversidade Sexual) e com apoio da Prefeitura de Santo André. A concentração será a partir das 12h, no cruzamento da Avenida Dom Pedro II com a Rua Catequese, no viaduto Acisa, seguindo para a Rua das Caneleiras e Avenida Industrial, até o Parque Prefeito Celso Daniel, onde será realizado o encerramento do evento.

O DET realizará interdições pontuais e momentâneas no tráfego, a partir das 12h, para a passagem da parada e para manter os participantes em segurança. Haverá interrupção parcial no tráfego da Rua Catequese (entre a Avenida Dom Pedro II e Avenida Padre Anchieta) e interdição do viaduto Acisa, no sentido São Caetano do Sul.

A partir das 14h haverá interdição parcial da Avenida Dom Pedro II (entre a Rua Catequese e Rua das Caneleiras). A liberação aos motoristas será realizada, conforme ocorrer a passagem dos trios elétricos por estas ruas.


Gabriel Chalita ministra palestra sobre educação em Santo André

Da Redação

Nesta segunda-feira (17), o Instituto Nossa Santo André convida o professor e ex-secretário de Estado da Educação, Gabriel Chalita, a ministrar a palestra “Educar para Melhorar”. O evento será realizado no auditório do Instituto Sagrada Família, em Santo André, às 20h e a entrada é 1kg de alimento não perecível.
Arte: Divulgação

Pautado em conceitos filosóficos, experiências reais e compreendendo que a educação é a base da transformação de qualquer sociedade, a palestra terá duração de 1h30 e é voltada para educadores, estudantes e amantes da filosofia.

Há 350 vagas disponíveis. Para os estudantes universitários, a palestra oferece certificado de participação para horas de atividades complementares.


Desafio Fotográfico será realizado domingo em Paranapiacaba

Da Redação

Começa às 9h deste domingo o Desafio Fotográfico ABCclick Paranapiacaba, concurso fotográfico organizado pelo Fotoclube ABCclick, uma das atividades do Festival de Fotografia de Paranapiacaba, que informa já ter recebido mais de 80 pré-inscrições em seu site.

Evento será neste domingo (14) | Foto: Dirceu Cavalheiro
Esse concurso fotográfico é um desafio para os fotógrafos, pois o tema será apenas divulgado no início do evento. Também não será permitida manipulação digital das imagens, já que as fotografias deverão ser inscritas com a entrega dos arquivos diretamente dos cartões de memória das câmeras. Dessa forma, o desafio será que o fotógrafo terá apenas algumas horas entre saber qual é o tema do concurso, captar as imagens e fazer a entrega, sem edição, dos arquivos fotográficos.

Para selecionar as melhores fotografias, o Fotoclube convocará uma Votação Popular em seu site. O vencedor do Desafio levará como prêmio uma Mochila Alvha Jabuti Pró, além de um Painel Fotográfico e uma Bolsa de estudos em línguas. Os outros classificados também receberão vale-descontos da loja Shop Foto e da escola CNA Santo André, patrocinadoras dos prêmios.

Todos os participantes também receberão em sua inscrição alguns brindes, como descontos em ampliações fotográficas e vouchers de desconto em cursos das empresas que apoiam o concurso. Mais informações, no site do Fotoclube: www.abcclick.com.br.




quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Advogado esclarece as principais dúvidas sobre a terceirização

A terceirização é um direito da empresa, que pode escolher qual a maneira mais conveniente de gerir o negócio. Porém, o tema ainda gera muitas dúvidas na população. Com isso, o advogado especialista em direito do trabalho, Bruno Gallucci, respondeu questões para elucidar o assunto.

Gallucci é advogado, especialista em direito do trabalho | Foto: reprodução 
1- Com a ampla terceirização, na prática, quais são as mudanças?
Bruno Gallucci (BG) - A terceirização é um fenômeno utilizado em todo mundo e ocorre sempre que uma empresa (tomadora de serviços) contrata outra empresa (prestadora de serviços) para que seus empregados executem determinadas atividades.

Anteriormente a Lei 13.467/2017 "reforma trabalhista", só eram permitidas a terceirização das atividades meio de uma empresa, por exemplo, limpeza e vigilância.

No entanto, após a reforma trabalhista, surgiu grande dúvida no tocante a esse tema, se seria permitido ou não terceirizar todas as atividades.

Recentemente, colocando fim ao tema, o Supremo Tribunal Federal se posicionou no sentido de que, é lícito a ampla terceirização, podendo as empresas agora terceirizar inclusive sua atividade fim.

2- O trabalhador perde algum direito trabalhista, após a decisão do STF que autoriza a ampla terceirização?
BG - A decisão do Supremo Tribunal Federal sobre a terceirização não altera o regime da CLT. Portanto, entende-se que os trabalhadores terceirizados terão os mesmos direitos garantidos pela CLT, tais como 13º salário, FGTS, férias remuneradas, horas extras, e etc.

3- O funcionário terceirizado tem os mesmos direitos que os trabalhadores contratados de forma direta?
BG - Todos os direitos previstos na CLT são iguais para todos os trabalhadores, sejam eles terceirizados ou não.

É responsabilidade da empresa contratante garantir as condições de segurança, higiene e salubridade dos trabalhadores terceirizados ou não, quando o trabalho for realizado em suas dependências ou local previamente estipulado em contrato.

No entanto, ocorre que a empresa tomadora não é obrigada a pagar aos empregados terceirizados os mesmos benefícios pagos aos seus empregados em decorrência de previsão em convenção coletiva, tais como vale refeição, plano de saúde, plano odontológico, dentre outros.

4- O Funcionário pode ser demitido e logo em seguida ser contratado por uma terceirizada para trabalhar na mesma empresa da qual foi dispensado?
BG - O empregado demitido não pode ser recontratado como terceirizado dentro do prazo de 18 meses, após o seu desligamento.

Caso contrário, o colaborador poderá buscar a justiça do trabalho para que tenha o vínculo de emprego reconhecido com a empresa tomadora, no qual anteriormente era contratado com carteira assinada, postulando, ainda a unicidade contratual.

Em poucas palavras, seria como se o empregado nunca tivesse deixado de trabalhar para a empresa, recebendo, assim, as verbas trabalhistas por todo o período, tais como, férias, 13º salário, FGTS, aviso prévio, dentre outras.

5- Se a empresa terceirizada falir, o trabalhador tem alguma chance de receber as verbas do contrato de trabalho?
BG - A empresa tomadora tem obrigação subsidiária de arcar com os direitos trabalhistas do empregado terceirizado, caso a empresa contratante não pague corretamente as verbas devidas. Para tanto, o trabalhador deve ingressar com uma reclamação trabalhista.

6- Com a permissão da ampla terceirização, passa a ser permitido a "pejotização"?
BG - Não se pode confundir a "terceirização" com a "pejotização". A pejotização significa a contratação de um funcionário, que cumpre rotina diárias e horários pré-estabelecidos, recebe salário, é subordinado, porém por orientação do empregador, emite nota fiscal de através de um CNPJ, no intuito de fraudar a legislação.

Esse ato continua sendo ilegal, e se no caso em concreto, estiverem presentes os requisitos da relação de emprego, tais quais, a subordinação, pessoalidade, onerosidade e não eventualidade, restará configurada a fraude, podendo o trabalhador pleitear o vínculo de emprego na justiça do trabalho.



segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Sebrae-SP abre cursos gratuitos no ABC

Da redação

O Sebrae-SP, por meio do programa Super MEI, está com inscrições abertas para oito cursos gratuitos na região do ABC, entre os meses de setembro e outubro. Ao todo são 220 vagas em diversos cursos de capacitação técnica. Além disso, quem for formalizado como Microempreendedor Individual (MEI) e completar o programa, poderá ter acesso à linha de crédito de R$ 1 mil a R$ 20 mil a juro zero.

Linha de crédito

Para obter a linha de crédito, além de ser formalizado como MEI e concluir o programa Super MEI do Sebrae-SP, o interessado não pode ter restrições cadastrais junto ao Cadin Estadual. O dinheiro deverá ser utilizado para aquisição de produtos e serviços pretendidos para o exercício das atividades do MEI, tais como equipamentos, acessórios para veículos, veículos utilitários, motocicletas, ciclomotores, ferramentas para trabalho e capital de giro. O prazo de pagamento do empréstimo é de 36 meses, com carência de seis. Para os empreendedores que pagarem em dia, o juro é zero.

Cursos

Já os cursos podem ser feitos por quem já é MEI, ou ainda por pessoas que não têm empresa, mas têm o desejo de empreender na área. Cada curso possui 22 vagas. Os cursos são realizados pelo Sebrae-SP em parceria com o Senac, Senai e Centro Paula Souza. As inscrições podem ser realizadas até dez dias antes do início das aulas diretamente no link www.bit.ly/supermeisebrae o interessado deverá preencher o formulário do curso pretendido. Quem quiser pode também se inscrever pelo telefone 0800 570 0800, de acordo com a disponibilidade de vagas para cada tema. As vagas são limitadas, preenchidas por ordem de inscrição. Abaixo os cursos e demais informações:

 Tema do Curso
 Local de Realização
 Endereço
 Município
Data de Início
Data de finalização
Horário
Lazer para 3ª Idade
Senac São Bernardo do Campo
Av. Senador Vergueiro, 400 - Centro
São Bernardo do Campo
10-set-18
25-set-18
8h30 às 12h30
Técnicas para confecção de ovos de páscoa artesanais
CPFP João Amazonas
R. Antônio Sebastião Esquarize, 1 - Jardim Rina
Santo André
17-set-18
25-set-18
18h às 22h
Formação inicial em manicure e pedicure
Etec Lauro Gomes
Avenida Pereira Barreto, 400
São Bernardo do Campo
17-set-18
27-set-18
18h às 22h
Técnicas para fabricação de panetones, chocotones e colomba pascal
CPFP João Amazonas
R. Antônio Sebastião Esquarize, 1 - Jardim Rina
Santo André
24-set-18
2-out-18
18h às 22h
Técnicas para fabricação de panetones, chocotones e colomba pascal
CPFP João Amazonas
R. Antônio Sebastião Esquarize, 1 - Jardim Rina
Santo André
1-out-18
9-out-18
18h às 22h
Formação inicial em salgadeiro
Etec Juscelino Kubitschek de Oliveira
Rua: Primeiro Sargento Nestor Romualdo Tenório, 102
Diadema
1-out-18
10-out-18
13h às 17h
Pinturas artísticas para recreadores
Senac São Bernardo do Campo
Av. Senador Vergueiro, 400 - Centro
São Bernardo do Campo
1-out-18
17-out-18
13h30 às 17h30
Formação inicial em maquiador
Etec Lauro Gomes
Avenida Pereira Barreto, 400
São Bernardo do Campo
15-out-18
25-out-18
18h às 22h
Formação inicial em maquiador
Etec Juscelino Kubitschek de Oliveira
Rua Primeiro Sargento Nestor Romualdo Tenório, 102
Diadema
15-out-18
25-out-18
13h às 17h
Unhas artísticas
Senac Santo André
Av. Ramiro Coleone, 110 - Centro
Santo André
15-out-18
1-nov-18
8h às 12h


Ataque ao candidato e ataque à democracia

*Rodrigo Augusto Prando

Um episódio há pouco - o esfaqueamento de Jair Bolsonaro - em ato de campanha, é inadmissível. Segundo informações, foram seis pontos para fechar o corte. Felizmente, seu ferimento será curado, mas as cicatrizes na democracia, na sociedade brasileira, permanecerão, por logo tempo, a causar incomodo, vergonha e medo.

É fato que o nível discursivo dos candidatos está num tom acima do aceitável, assaz virulento, de ataques pessoais, de desrespeito aos adversários, enfim, situação que, desde de 2014, tem deixado o país fraturado. Na guerra, há inimigos, que devem ser eliminados; na política, há adversários e, neste caso, há necessidade de convivência, do debate, do convencimento. O respeito deve prevalecer, pois, na democracia, o adversário hoje pode ser o aliado amanhã. Não faz muito, uma caravana de apoio ao ex-presidente Lula foi alvejada por tiros, comprovados, sem apresentação do autor dos disparos, após investigação. À época, fiz considerações repudiando o ataque, como faço agora: não se pode, jamais, em tempo algum, solapar a democracia, o Estado Democrático e de Direito, buscando ferir ou matar políticos, em campanha, ou no exercício do mandato. O ódio não pode prevalecer sobre a razão, sobre o interesse republicano. A vida, a liberdade e nossos bens são garantidos por nossa Constituição. O episódio do último dia 6 apequena, avilta nossa democracia, não por ter sido contra um candidato, Jair Bolsonaro, mas por ter sido o "candidato", seja qual for, de qual partido for, de qual ideologia for.

O ataque será, por certo, explorado à exaustão, pela campanha de Bolsonaro e pelos adversários. Qual será o impacto em sua intenção de voto ou em sua rejeição só será possível verificar, apenas, em nova rodada de pesquisa eleitoral. O tom da campanha de Bolsonaro é, sem dúvida, assentado em determinada agressividade discursiva. Poucos dias atrás, ele afirmou, em evento, publicamente, que deveriam "metralhar a petralhada". Tal afirmação, infeliz, deve ser combatida e não há argumento que sirva de explicação: há, por exemplo, quem afirme que "isso foi só uma afirmação retórica, não um desejo de se concretizar um atentado". Realmente, não creio que passaria pelas intenções do ex-capitão metralhar adversários, mas não foi a primeira vez que afirmações desse teor foram, por ele, proferidas. Os democratas devem, sempre, condenar a violência verbal e, sobretudo, a violência física, em todos os seus graus. Sobra violência e falta debate, faltam ideias, falta respeito e tolerância.

Enquanto escrevo, as informações e notícias, continuam chegando. O ambiente já de temperatura elevada, entrou em ebulição. Todos, indistintamente, saímos perdendo, no campo da política e no da civilidade. Espero que, a partir das notas divulgadas pelos candidatos, pelo Presidente Temer, tenhamos um ponto de inflexão, como elemento para repensarmos nossos caminhos, nossos rumos como nação. Nossa política, sabemos, não é das melhores, nossa representatividade padece de qualidade, mas essa política, a que temos, é melhor que a ausência da política. O fim da política e dos políticos significa a mudança da força do argumento pelo argumento da força.

*Rodrigo Augusto Prando é cientista político e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie. É Bacharel e Licenciado em Ciências Sociais, Mestre e Doutor em Sociologia, pela Unesp/FCLAr.


terça-feira, 4 de setembro de 2018

Prevenção ao suicídio é tema de diversas atividades em Santo André neste mês

Da redação

A campanha Setembro Amarelo levanta o debate sobre a prevenção ao suicídio. O tema tem chamado a atenção pela ocorrência de desafios como o da “Baleia Azul” e “Boneca Momo”, colocando em risco a integridade de jovens. Em Santo André, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, e em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), programou ao longo do mês atividades, que debatem políticas a respeito do tema, e que evidenciam a importância de cuidar da saúde emocional e não banalizar transtornos mentais.

"Falar é a melhor solução", ligue CVV 188, para apoio emocional sob total sigilo | Imagem: Reprodução 
Nesta edição, a campanha tem como foco a prevenção na adolescência. A psicóloga Tânia Regina Santos Maia, que realiza atendimento de adolescentes no Centro de Especialidades I, afirma que esta preocupação tem sido frequente no meio em que atua. “Quando eu recebo pela primeira vez os pais desses adolescentes (seus pacientes), a maioria me sinaliza que os filhos já fizeram alguma tentativa nesse sentido ou eu eles estão com receio dos filhos tentarem”, destaca.

Apesar da complexidade da situação, Tânia reforça que com atenção, é possível perceber e agir antes do pior acontecer. “Antes de haver a tentativa de suicídio, a pessoa primeiro tem uma ideia, um pensamento de tirar uma dor, fazer aquilo que está sentindo morrer. É nesse momento que precisamos prestar atenção, quando eles sinalizam esse pensamento de fazer algo contra si. Isso pode ser uma fantasia de pular de um prédio, tomar medicamento (sem orientação médica) ou a automutilação.” A profissional alerta para sinais de que algo não está bem como isolamento, falta de vontade de realizar atividades que antes eram animadoras, afastamento de amigos e até o uso de roupas de mangas longas, que podem esconder automutilação.

O diálogo com a pessoa em sofrimento deve ser a principal ferramenta para o primeiro acolhimento, para isso, não se deve adotar uma abordagem condenatória ou que relativize a situação, com expressões do tipo “você tem de tudo, não sei porque fica assim” ou “você não sabe o que é ter problemas de verdade”. Nesse sentido, a psicóloga reforça. “Se a conversa começa com uma bronca, a pessoa não vai se sentir a vontade para se abrir. É preciso escutar sem julgamento e não ter preconceito ou tratar como tabu a ajuda profissional. Não existe uma cartilha que explica de como ser pai ou mãe, a tentativa de acertar também leva ao erro. O que eu digo sempre aos pais é que o amor com que eles tratam o filho, vai permanecer para sempre, essa entrega, esse carinho, vai fazer o filho saber para onde ele pode voltar”, finaliza.

Nos últimos dez anos, o município registrou 231 casos de suicídio, sendo que destes 169 vítimas eram do gênero masculino. Entre 2016 e 2017, houve um aumento de 28% nos casos, registrando por ano, 28 e 36 mortes, respectivamente. Já em 2018, na cidade, de acordo os últimos registros do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), o número de suicídios caiu para quatro, o que representa queda de 89% , em comparação ao ano anterior.

Programação do Setembro Amarelo

14/09 - 6ª feira  - 2º fórum de prevenção do suicídio - Tema: Prevenção do suicídio em rede
Local: Teatro Municipal de Santo André "Antônio Houaiss" (Praça IV Centenário, s/nº - Centro)
Inscrições clique aqui. 
 13h - Credenciamento e recepção.
13h15 – Solenidade de abertura.
13h30 Cuidando em rede - a importância da articulação entre Atenção Primária e Atenção Especializada no atendimento à crise na saúde mental.
14h  - Prevenção ao suicídio na infância e adolescência
Palestrante: Marcelo Moraes Caro – Coordenador do CAPS Infantil.
14h30 - Falando sobre suicídio
Palestrante: Robert Gellert Paris -  Presidente do CVV _ Centro de Valorização da Vida. Co-fundador do Briefrienders Worldwide e  Vice-presidente da  ABEPS – Associação Brasileira de Estudos e Prevenção de Suicídio.
15h – Promoção da Saúde Emocional
Palestrante: Tania Paris - Fundadora da ASEC – Associação pela Saúde Emocional de Crianças
15h30 – Debate.

22/09 – 14h – sábado – Escola Livre de Cinema e Video
Local: Avenida Utinga, 136 - Parque Antônio Pezzolo - Chácara Pignatari - Bairro Vila Metalúrgica.
CVV Comunidade - Cine Ser – Exibição de filme e roda de conversa.
Facilitadores: Ines Piffer e Mauricio Rinaldi – voluntários do CVV.

28/09 – 14h – Quadra de Escola de Samba Tradição de Ouro
Local: Praça João Rosa, 80 - Vila Sao Pedro, Santo André - SP.
Palestra: Saúde mental e prevenção ao suicídio – A rede de atenção psicossocial vai à comunidade
Facilitadores: Dr. Drauzio Viegas Junior – Psiquiatra, Eraldo  Ferreira – assistente social e Roseli Montanaro - Psicóloga.

 29/09 – 10h - sábado - Concha acústica da Praça do Carmo
Encerramento da campanha Setembro Amarelo com ação de conscientização de Prevenção do Suicídio.
Realização: GT de Prevenção do Suicídio.

*programação sujeita a alteração

Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias. Ligue 188.




segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Serasa relança serviço “Limpa Nome”

Da redação

De acordo com dados da Serasa Experian, atualmente existem 61,6 milhões de brasileiros em situação de inadimplência. Para facilitar a quitação de dívidas de maneira rápida e eficiente, este mês, o Serasa Consumidor, startup e braço da Serasa Experian, lança o novo Serasa Limpa Nome,  serviço de negociação digital.

Negociação da dívida pode ser feita pelo notebook ou celular | Foto: Freepik 
Com a fusão entre a ferramenta e empresas parceiras (bancos, varejos, companhia de telefonia) o novo Serasa Limpa Nome, de imediato, poderá atender, gratuitamente, 27 milhões de pessoas que possuem dívidas, permitindo a negociação diretamente pelo celular e/ou computador.

Além de ter acesso as dívidas existentes, outra novidade do relançamento é que o usuário também poderá visualizar as dívidas que estão em atraso, mas que não necessariamente foram negativadas no Serasa Experian.  A meta é aumentar o número de parceiros para que toda população endividada seja beneficiada.         

Para o diretor do Serasa Consumidor, Pedro Dias Lopes,  o lançamento do novo Serasa Limpa Nome é muito mais do que uma plataforma de recuperação de débitos, há também um cunho social em transformar a vida das pessoas: "As mudanças vieram para descomplicar um momento que é difícil na vida do consumidor. Assumir dívidas pode gerar constrangimento e essa é uma das barreiras que a população enfrenta. Quando você viabiliza o encontro entre o endividado e credor de maneira digital, direta e sem burocracia, você devolve o poder para as mãos dos consumidores", afirma Lopes.



quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Feira de profissões ocorre em São Bernardo do Campo

Por Vivian Silva

A escolha da profissão sempre foi um tema delicado para os jovens. Para auxiliar nesta decisão, a Arte & Manha Marketing Educacional organiza mais uma Feira de Profissões gratuita e aberta ao público, neste sábado (1º), das 10h às 15h, no Colégio São Carlos, em São Bernardo do Campo (Rua Comendador Pinotti Gamba, 119, Rudge Ramos).

Entre as atividades da feira está o teste de orientação profissional | Foto: Freepik
Mas, o evento não se restringe apenas aos jovens, de acordo com a proprietária da Arte & Manha Marketing Educacional, Cida Lucena. “A gente trabalha com foco no jovem, a partir do 9º ano, até pessoas que estão ativas no mercado”, ressalta Cida, ao comentar que haverá diversos especialistas no local.

Na programação do evento está várias palestras e oficinas, teste de orientação profissional, além de feira de adoção de animais, exames oftalmológicos e food trucks. Para conferir todas as atividades e realizar a inscrição gratuita, clique aqui. 


Ouvidoria de Santo André tem novo endereço

Da redação

Há pouco mais de um mês atendendo ao público em novo endereço, a Ouvidoria de Santo André teve, nesta última segunda-feira (27), a abertura oficial da nova sede. A mudança para o prédio, localizado na Rua Elisa Fláquer, 37, no Centro, teve como objetivo diminuir despesas e facilitar o acesso dos munícipes ao órgão, que agora fica mais próximo aos locais de atendimento que funcionam no Paço Municipal e no Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa).

Ouvidoria passa a funcionar na Rua Elisa Fláquer, 37, no Centro | Alex Cavanha/PSA
Desde sua abertura no novo endereço, a Ouvidoria já registrou crescimento de 25% no número de munícipes atendidos, entre solicitações e encaminhamentos. Além disso, a alteração de endereço proporcionou economia de recursos públicos, cerca de R$ 30 mil ao ano, que eram gastos com aluguel e IPTU.

O prefeito Paulo Serra destacou o desafio a ser encabeçado pela nova gestão do órgão, que assumiu em março. “A Ouvidoria foi pioneira como conceito e ideia, mas desde sua criação, o mundo se transformou em uma velocidade grande. Desta forma, a Ouvidoria também carece de uma transformação. A Prefeitura utiliza ferramentas tecnológicas para diminuir a distância com o munícipe, por isso esperamos que estas ferramentas deixem a qualidade do serviço mais eficiente também”, pontuou.

Para a ouvidora de Santo André, Oswana Fameli, este é um momento especial para a ouvidoria, com uma nova proposta de trabalho e procedimentos de atendimento para a construção de políticas públicas com foco nas necessidades da cidade. “Realizamos um trabalho de mediação de conflitos buscando solucionar demandas. Nosso propósito é humanizar, acolher e construir, assegurando o direito de cada cidadão para uma Santo André melhor”, destaca.

O prefeito reforçou ainda que o órgão passará a desempenhar outros papéis importantes, entre eles o de contribuir no acompanhamento da futura Controladoria do Município.


segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Santo André recebe peça teatral gratuita “Nina na Terra dos Ipês”

Da Redação

Santo André recebe amanhã (28), a peça “Nina na Terra dos Ipês” que vai abordar, de maneira lúdica, assuntos relacionados aos cuidados com a natureza, dando um destaque especial para economia de água e sobre a poluição do meio ambiente. O evento é realizado pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura – ProAc, com produção do Grupo Komedi e patrocínio da empresa White Martins.

Foto: Divulgação

As apresentações acontecem no CEU das Artes Jardim Marek (Rua Engenheiro Alfredo Heitzman Júnior, s/nº) em dois horários: às 9h30 e 14h. Os pequenos espectadores vão conhecer Nina, Rica, Ivo e o Ipê Guardião que vão mostrar a importância que a água tem na vida de todos, como economizá-la e utilizá-la corretamente.

Na história, Nina é uma menina alegre e criativa. Certo dia, ela recebe um envelope com três sementes e um bilhete com a orientação de como usá-las. Ela então deixou embaixo do seu travesseiro antes de dormir e pediu para o amigo Rica fazer o mesmo com a semente dele e do Ivo, seu bichinho de pelúcia favorito, um tucano. As sementes, que eram mágicas, os levam para a Terra dos Ipês onde eles descobrem que a natureza está sofrendo com o descuido das pessoas. A partir daí eles embarcam em uma grande aventura para ajudar na preservação do meio ambiente.

“Nosso objetivo é proporcionar às crianças acesso ao teatro, como cultura e linguagem artística, contribuindo para a formação humana e cultural delas. 'Nina na Terra dos Ipês' trabalha uma importante questão com os pequenos em relação aos cuidados com a natureza e, principalmente, com a água que está cada vez mais escassa. A ideia é provocar uma mudança de atitude em relação a aspectos ambientais, sociais e humanos e, em seguida, podem ser trabalhados em sala de aula, com os colegas e com a família”, ressalta Welson Ribeiro, supervisor de Marketing do Grupo Komedi.


sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Candidato ao governo de São Paulo do PDT cumpre agenda no ABC

Da Redação

O candidato a governador do Estado de São Paulo Marcelo Cândido (PDT) cumprirá agenda em São Caetano do Sul no próximo domingo (26). Ao lado de Antônio Neto, candidato ao Senado, Tabata Amaral, candidata a deputada federal e Gabriel Cassiano, candidato a deputado estadual (todos do PDT), Cândido se reunirá com eleitores no Espaço Kari Oka (rua São Francisco, nº 626, Centro, São Caetano do Sul), às 17h, para dialogar sobre os problemas do Estado e da região.

Arte: Divulgação
A comitiva dos candidatos aproveitará a visita à cidade para prestigiar a 10ª edição da Feira de Cultura Indígena, no Parque Chico Mendes, e a 26ª Festa Italiana, no bairro Fundação. No evento do Parque, o objetivo é ouvir as demandas dos indígenas que vivem no contexto urbano; na visita à Festa Italiana, estão previstos diálogos com os munícipes.