segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Nossa Constituição é uma mulher adulta

Por Andréa Tartuce

Neste mês celebramos os 30 anos da promulgação da nossa Constituição Federal, nosso principal símbolo do processo de redemocratização nacional.

Olho para nossa Constituição como quem olha para um adulto crescido e vê a lembrança de um recém-nascido. Três décadas de uma Carta Magna que nasceu em um contexto pós ditadura, cheio de repressão e autoritarismo. Eram tempos mais duros...

Os mais de 20 anos galgados no período de exceção, amargamente testemunhados por cada cidadão da época, inspiraram a produção de uma Constituição mais justa. Todas as dores sofridas precisavam estar prevenidas ali. Talvez por isso ela tenha nascido tão parruda, com tanto peso. A desigualdade social, o fim da tortura, do autoritarismo, a defesa da democracia, tudo estava nela.

Foto: Divulgação
Tratou também de se proteger com cláusulas que dificultavam sua mutilação e por já imaginar o quanto seria atacada, criou as cláusulas pétreas para guardar o que lhe era mais precioso. Boa mãe, escreveu de forma definitiva que “a criança é prioridade absoluta” e positivou uma gama de direitos fundamentais.

Então, em 5 de outubro de 1988, estabeleceu-se a dignidade da pessoa humana como fundamento da República Federativa. Queríamos construir uma sociedade livre, justa e solidária.

Como madrinha, a nossa Constituição, também chamada de Carta Cidadã, tinha a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que já havia consolidado a dignidade como inerente a qualquer membro da família humana, em 1948.

Na verdade, sua construção foi um processo aberto onde diversos intérpretes atuaram na construção da pluralidade. Mas trinta anos depois, temo que esta jovem tenha envelhecido mal. Já tivemos mais de 100 Emendas para atender necessidades diversas.

Ouço, a todo o momento, brados pedindo um novo texto Constitucional, pois este está “muito desatualizado”. Será que mudamos tanto assim? Será que, ao contrário do que se tem da sabedoria, os anos não consolidaram nossos valores, mas os modificaram? A dignidade da pessoa humana deve ser relativizada?

Adaptações são bem-vindas, sempre. É preciso se reinventar, mas também é preciso guardar a essência, o que faz de nós um povo, uma Nação. Abandonar o que foi tão custoso alcançar, e pior, o que sequer conseguimos implantar, me parece uma prova de imaturidade, não da Constituição, mas da sociedade ou parte dela.

Será que o tempo nos fez mal? Sopro as velinhas desta amiga que completou seus 30 anos e desejo profundamente que não.

*Andréa Tartuce é advogada, psicopedagoga, mestranda em Direito Acadêmico (Linha "Justiça e o Paradigma da Eficiência"), especialista em Direito Público Global, coordenadora da ESA-Santo André e secretária-geral da OAB Santo André para o triênio 2016-2018.


quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Instituições religiosas lançam manifesto contra Bolsonaro

Da Redação 

No próximo dia 28, ocorre o segundo turno das eleições para Presidente da República e governadores, em alguns Estados. Na disputa, estão os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Ao longo da sua trajetória política, Bolsonaro fez declarações polêmicas, muitas delas, com conteúdo fascista e preconceituoso, com isso, muitas instituições temem pelo futuro do Brasil, caso ele seja eleito. Abaixo mais um manifesto contra o candidato do PSL.

Fernando Haddad e Manuela D’Ávila recebem o apoio de diversas instituições religiosas | Foto: Reprodução 
“Manifesto inter-religioso contra a barbárie

Nós membros dos movimentos que subscrevem este manifesto, vimos a público neste momento decisivo em que a barbárie desafia a civilização, nos manifestar em nome da democracia.

Somos parte das três religiões monoteístas do mundo. Acreditamos em um Deus de bondade e de amor. Um Deus que ama todas suas criaturas, não importa sua cor ou seu gênero. Ele nos fez à sua semelhança, e nossa diversidade é a prova de um Deus que está em cada um de nós.

Toda vez que a fé foi utilizada para promover a paz, tivemos progresso e convivência pacífica entre os seres humanos. Mas quando utilizaram dela para promover o ódio, tivemos os piores períodos da nossa história.

Não podemos colaborar para que estes tempos sombrios voltem a surgir entre nós. A barbárie que bate a nossa porta não pode entrar.

O Judaísmo trouxe ao mundo a Bíblia Hebraica, o Cristianismo trouxe ao mundo os Evangelhos e o Islã o Alcorão, livros sagrados que orientam o ser humano a um mundo de respeito ao próximo.

Todos aqueles que professam a sua fé em Deus e nos valores éticos e morais do monoteísmo estão conosco a favor da civilização e do direito de todos os seres humanos conviverem em paz e harmonia. Judeus, cristãos e muçulmanos irmanados por um Brasil para todos e contra o obscurantismo.

Possa Nosso Deus único nos proteger, permitindo que o bem vença o mal, o amor e a compaixão vençam o ódio que foi semeado no coração de cidadãos brasileiros e que nos ajude fazendo com que todos retornem a consciência da palavra de Deus, em suas ações!

Por tudo isso nós conclamamos o apoio aos candidatos Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, através do seu voto.

Judeus contra Bolsonaro
Articulação Judaica
Movimento Nossa Voz - SP
Igreja Anglicana Latino Americana - MG
Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito
Abrahamicos Unidos - Rio de Janeiro
Mesquita Sumayyah Bint Khayyat – Embu das Artes-SP
Comissão Justiça e Paz – SP
Juprog
Grupo Católico de Oração e Solidariedade Rio Maria-RJ
Cristãos e Cristãs contra o fascismo
Evangélicos pela Justiça
Aliança de "Batistas do Brasil"
Grupo Católico de Oração e Solidariedade Expedito Ribeiro de Souza-RJ”.

Link relacionado:

Banco de sangue em São Caetano precisa de doadores com urgência

Da Redação

Os níveis do banco de sangue de São Caetano estão abaixo do esperado e, por esse motivo, a Prefeitura convida a população para que compareça ao Núcleo Regional de Hemoterapia Dr. Aguinaldo Quaresma (Rua Peri, 361, Bairro Santa Paula), mantido pela Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan), de segunda a sábado, das 8h às 12h, para reverter esse quadro.

“Pacientes que estão em tratamento no Centro de Oncologia e no Complexo Hospitalar Municipal dependem desse sangue”, alerta a secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone. “A adesão de todos é uma união pela vida”.

  Foto: Divulgação/PMSCS
Segundo a enfermeira responsável pelo posto, Joice Caldas, a frequência atual é de, em média, 15 a 20 doadores por dia. “O ideal é até 30 coletas diárias para manter o estoque no nível desejado”, explica.

Procedimento

Na chegada, o doador preenche um formulário com algumas perguntas pessoais, que devem ser respondidas com extrema veracidade para imprimir ainda mais segurança ao procedimento, e são coletadas amostras para fazer a sorologia. Após 30 dias, são disponibilizadas informações como tipo sanguíneo, data para próximas doações e resultado de exames de hepatite (B e C), Aids, HTLV, doença de Chagas e sífilis.

Não é necessário marcar horário para doação, mas terão prioridade de atendimento aqueles que agendarem pelo aplicativo “Time do Sangue”. Para mais informações, o telefone do Núcleo Regional de Hemoterapia Dr. Aguinaldo Quaresma é 4227-1083.

Quem pode doar

Para doar, é preciso ter idade entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg, estar em boas condições de saúde, bem alimentado – evitar refeição gordurosa nas três horas que antecedem a coleta - e apresentar documento oficial com foto. Menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais e apresentar cópia do documento de identidade dos adultos. Caso estejam desacompanhados, além dos documentos com foto, é preciso apresentar autorização para doação com firma reconhecida em cartório, que pode ser retirada no posto de coleta ou no site colsan.org.br.

Homens podem doar a cada dois meses, até, no máximo, quatro vezes no período de um ano. Mulheres podem doar a cada três meses, até, no máximo, três vezes no período de um ano.

Quem não pode doar

Segundo o Ministério da Saúde, estão definitivamente impedidas de doar sangue pessoas que tenham passado por quadro de hepatite após os 11 anos de idade, usuários de drogas ilícitas injetáveis e quem já contraiu malária, hepatites B e C, Aids (vírus  HIV), doença de Chagas ou associadas aos vírus HTLV I e II.

Há restrição temporária para quem está com gripe, resfriado ou febre (sete dias após desaparecer os sintomas), gestantes, mulheres em período pós-parto (90 dias para parto normal e 180 dias para cesárea), mulheres em fase de amamentação (até 12 meses após o parto), pessoas que ingeriram bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem a doação, pessoas que fizeram tatuagem e/ou piercing nos últimos seis meses (piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação), extração dentária (72 horas), apendicite, hérnia, amigdalectomia e varizes (três meses), transfusão de sangue (um ano), exames/procedimentos endoscópicos (seis meses), vacinação (tempo variável conforme o tipo de imunização recebida) e ter sido exposto a situações de risco acrescido para infecções sexualmente transmissíveis (aguardar 12 meses após a exposição).



ABC ganha unidade da Universidade São Judas Tadeu

Da Redação

A partir de 2019, São Bernardo do Campo abrigará mais uma reconhecida instituição de ensino superior, a Universidade São Judas Tadeu (USJT), do Grupo Ânima, este será o primeiro campus universitário na região do ABC.  O anuncio foi feito pelo prefeito Orlando Morando, nesta última quarta-feira (10), durante evento realizado no Paço de São Bernardo. A unidade ficará localizada na Avenida Pereira Barreto, próxima ao supermercado Sonda, no bairro Baeta Neves.

A novidade foi anunciada ontem (10) | Foto: Omar Matsumoto/PMSBC
Com investimento de R$ 20 milhões, o novo campus ofertará graduações nas áreas de Saúde, Engenharia, Pedagogia, Educação Física, Administração e Ciências Contábeis, além de cursos tecnológicos na área de Gestão. O início das aulas está previsto para fevereiro do próximo ano. Considerada uma das três melhores universidades privadas do Estado de São Paulo, segundo o Ministério da Educação, a São Judas tem 50 anos de atuação no ensino superior, com tradição e qualidade reconhecidas em todo o País.

"Esta nova unidade será muito importante para a cidade em três aspectos: além de ser mais um equipamento de Educação, trazendo mais opções para quem busca uma graduação, será uma oportunidade de ocupação deste prédio, que hoje não tem vocação. Também é uma atividade que gera ISS (Imposto sobre serviços), que é um tributo muito importante para a saúde financeira do município.", destaca Morando.

 De acordo com o chefe do Executivo, a Prefeitura efetuará estudo sobre trânsito e transporte público para atender a nova demanda de estudantes no local. A unidade terá capacidade para receber cerca de 5 mil alunos por período.

A reitora da USJT, Denise Campos, ressaltou o processo de expansão da universidade. "Estamos em processo de expansão e São Bernardo foi escolhida a dedo, dentro de critérios como capacidade, retorno para a população, potencial financeiro, econômico, cultural e educacional. Hoje, pedimos licença para entrar na cidade, com objetivo de desenvolvê-la, trazer riqueza intelectual à população e gerar empregos", afirma.

A cerimônia também contou com presença da diretora da nova unidade, Maurília Veloso Soares, e da secretária de Educação de São Bernardo, Silvia Donnini.

Vestibular As inscrições para os cursos de graduação na unidade de São Bernardo já estão abertas. Para participar do processo seletivo e obter mais detalhes clique aqui. A prova será aplicada no próximo dia 20. A instituição também oferece bolsas de estudo.


Professor brasileiro quer aprender, aponta pesquisa

Da Redação

A pesquisa Profissão Professor conduzida pelo movimento Todos pela Educação, com mais de 2 mil professores brasileiros de educação básica e ensino médio, em junho de 2018, aponta que 69% dos educadores defendem que dar mais oportunidades de qualificação aos docentes que estão na ativa é a medida mais eficaz para a valorização da profissão pela sociedade; 67% dos entrevistados destacam o envolver e escutar os educadores nos debates públicos e nas decisões políticas educacionais. Em suma, a qualificação e escuta, na opinião dos professores, podem levar à valorização da atividade; restaurar a autoridade frente aos alunos e pais, e melhorar remuneração aparecem em segunda posição com, respectivamente, 64% e 62%.

Cerca de 67% dos docentes destacam a necessidade de envolver e escutar os educadores nos debates públicos sobre a Educação | Foto: Freepik
Um outro dado mostrado pela pesquisa – que reforça a percepção da importância dada aos temas que envolvem a formação do docente – mostra que 82% valorizam o apoio ao conhecimento sobre didáticas específicas da disciplina; 81% o conhecimento prático sobre como planejar as aulas; 77% conhecimento sobre teorias de aprendizado (como o aluno aprende); e 78% conhecimento sobre gestão de sala de aula.

Com isso, os resultados mostram que o professor quer aprender. Um dos maiores desafios é criar um ambiente propício para que esse aprendizado aconteça, sobretudo diante da escassez de tempo. No Brasil, os docentes utilizam 12% da carga horária para administrar tarefas operacionais – corrigir exercícios e provas, preencher listas e tabelas, elaborar e revisar planejamento, calcular notas –; 20% é usado para manter a disciplina na sala de aula; e somente 67% é dedicado ao ensino e aprendizagem propriamente dita.

Apoio ao aprendizado do professor
Com a experiência de atuar em mais de 5 mil escolas públicas e privadas, a Geekie, empresa que é referência em educação com apoio de inovação no Brasil e no mundo, atua com a certeza de que a tecnologia a serviço da educação se torna mais poderosa quando está nas mãos, também, dos professores.

Para o mestre em Educação pela Universidade de Stanford e cofundador da Geekie, Claudio Sassaki, auxiliar o professor nessa busca por aprimoramento profissional extrapola a visão sobre a capacitação para o uso de ferramentas tecnológicas.

“Com avanços tecnológicos exponenciais, o desafio é direcioná-los para levarmos a educação a um novo patamar. E não devemos excluir o professor e a educação continuada desse docente nessa equação. Um computador nas mãos dos professores, por exemplo, elevou a notas dos alunos brasileiros no PISA em 2,7 pontos”, analisa  Sassaki.

A parceria da Geekie com os professores lança um olhar para o futuro da escola, explorando maneiras de aprofundar o envolvimento do aluno, despertar o desejo de pensar de forma crítica e criativa – e auxiliar o docente nesse processo.



Mauro Maria apresenta a exposição "Olhares" no ABC

Por Vitor Lima

O artista plástico Mauro Maria apresenta a exposição “Olhares”, na loja Florense ABC, em Santo André. A mostra reúne esculturas figurativas (de elementos da natureza a anjos, por exemplo) e abstratas, que se misturam entre peças à venda e de acervo pessoal.

Exposição do artista plástico Mauro Maria
pode ser visitada até 14 de novembro |  Foto: Divulgação
Todas as obras da exposição usam o ferro como matéria-prima, especialidade do artista. “O material predileto e base de todas esculturas é o ferro. Mas tenho obras que mesclo o ferro com outros materiais, como resina, madeira, couro e borracha. Às vezes, crio um desafio onde preciso encaixar outro material (na peça). Coisa de artista”, conta.

Começo inusitado

A trajetória artística de Mauro Maria começou há quase 30 anos. Quando jovem, ainda aos 18 anos, o artista iniciou sua carreira como modelo e ator. Participou de desfiles de moda, campanhas de propaganda e atuou no teatro, entre outras atividades.
Peça "Touro" | Foto: Divulgação
No entanto, foi aos 24 anos, por um motivo inusitado que, hoje, o experiente artista encontrou sua vertente preferida no mundo das artes.

O próprio conta: “Passava por um momento de dificuldade financeira e precisava presentear minha namorada. Desmontei um transformador por curiosidade e me veio a ideia de executar uma escultura de bailarina, porque ela dançava balé e estava se apresentando num espetáculo. Procurei representar os movimentos e leveza da bailarina.  Coloquei em uma caixa e deixei na porta de sua casa com um cartão”, recorda.

A criatividade e o romantismo do artista agradaram: o namoro virou casamento e rendeu dois filhos.


Peça "Pássaros" | Foto: Divulgação



Tudo pode gerar arte

O processo criativo dos artistas, em geral, são muito particulares. No caso de Mauro Maria, ele acredita que a vivência anterior em outras modalidades artísticas contribuem para a elaboração de suas obras. O acumulo de informações, sobre diversos assuntos, “pesquisa, atenção e observação” também são outros elementos citados pelo expositor. “Cada canto pode te trazer uma ideia, uma inspiração”, explica.

A sensibilidade de Mauro Maria e seus “Olhares” podem ser visitados, gratuitamente, até 14 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados, das 10h às 15h. A Florense ABC fica na Rua das Figueiras, 1114, no bairro Jardim, em Santo André.








quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Stocco promove Olimpíada de Matemática aberta ao público

Da Redação

Em 27 de outubro, ocorre a 30ª Olimpíada de Matemática do Colégio Stocco, em Santo André. A atividade, marcada para às 9h, é aberta ao público em geral. Para participar é necessário realizar a inscrição, até 14 de outubro, por aqui.

Prova será em 27 de outubro; inscrições até dia 14  | Foto: Reprodução

O colégio (localizado na Avenida Padre Anchieta, 146, no bairro Jardim) possui longa tradição nos desafios matemáticos. O ensino da matéria, aliás, é um dos diferenciais da instituição. "Centramos nosso trabalho no desenvolvimento da capacidade dos estudantes de resolver problemas e aplicar os conteúdos matemáticos em situações do cotidiano, dando significado ao que é aprendido", esclarece a direção da escola.

A qualidade do método de ensino da escola é comprovada nas diversas competições sobre a matéria que os alunos participam. "Há muito tempo, o colégio participa de competições externas, como Olimpíada Canguru de Matemática Brasil, Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas, Olimpíada de Matemática do Grande ABC e Olimpíada Paulista de Matemática, entre outras; em todas, temos obtidos excelentes resultados, com vários estudantes sendo premiados com medalhas de ouro, prata e bronze, além de várias menções honrosas".

Neste ano, a escola foi convidada a participar da International Young Mathematicians Convention (IYMC 2018), entre 2 e 5 de dezembro, em Lucknow, na Índia. O convite surgiu em virtude dos resultados obtidos pelos alunos da instituição na Olimpíada Internacional de Matemática sem Fronteiras.