segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Anhanguera disponibiliza atendimentos gratuitos à população nas áreas contábil e fiscal

Redação

A Anhanguera de Santo André (Avenida Industrial, 3.330, bairro Campestre) abre as portas à população nesta terça-feira (15), para atendimentos gratuitos no Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF). Na ocasião, o público será atendido pelos alunos do curso de Ciências Contábeis, que serão supervisionados pelos docentes.

Em Santo André, atendimentos são realizados todas as terças das 15h às 19h, e sábados das 9h às 12h  | Foto: reprodução

O coordenador do curso de Ciências Contábeis, Gerson Pires, explica a ação: “Além da prestação de serviços gratuitos à comunidade, a iniciativa é uma oportunidade para que os estudantes coloquem em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula”.

Segundo o coordenador, a iniciativa é possível graças a uma parceria com a Receita Federal, que permite a criação de núcleos universitários contábeis voltados à formação do futuro profissional. Ao mesmo tempo, oferecem apoio aos cidadãos de baixa renda que têm acesso reduzido a orientações contábeis e fiscais.

Serviços oferecidos: 
• Atendimento ao MEI (Microempreendedor Individual) para inscrição, emissão de DAS (Documento de Arrecadação Fiscal), entrega da declaração anual, entre outros.

• Emissão de DARF (Documento de Arrecadação da Receita Federal).

• CPF: inscrição, consulta, alterações cadastrais e segunda via.

• Orientações sobre Imposto de Renda da Pessoa Física e elaboração ou retificação da declaração de ajuste anual.

• Agendamento de atendimento na Receita Federal.

• Consulta à situação fiscal.

Para participar não é necessário realizar agendamento prévio, já que o atendimento é feito por ordem de chegada. Mais informações podem ser obtidas pelo WhatsApp (11) 4991-9171. Os atendimentos ocorrerão sempre as terças-feiras, das 15h às 19h, e sábados, das 9h às 12h.

Na unidade de São Bernardo do Campo (Rua Atlântica, 730 - Jardim do Mar), os atendimentos começaram no último dia 11, e serão oferecidos as segundas 15h às 20h; terças das 18 às 20h e quintas das 15h às 18h.

Solução para a saúde brasileira pode estar na medicina da família

*Por Gentil Jorge Alves

A saúde sempre será um tema de discussão global. Cada país tem seus desafios, pontos fortes e fracos, mas a verdade é que todos estão buscando entender o atual momento, não só no que se refere à transformação digital, mas também ao processo de envelhecimento da população, que faz com que muitos caminhos precisem ser revistos para uma boa qualidade de vida.

"Este conceito de medicina da família está ganhando força, porque estamos centrados, de fato, no que as pessoas realmente precisam, levando em conta todo o seu histórico pessoal, familiar e social", afirma Alves

Se na década de 1940 a expectativa de vida do brasileiro era de pouco mais de 40 anos, hoje já chega à média de 75 anos. São cerca de 24 milhões de pessoas acima dos 60 e quando somamos os que estão acima de 50 anos temos uma população de 54 milhões de pessoas, que representam 25% dos habitantes do nosso país. O IBGE também projeta que até 2060, o número de pessoas acima de 65 anos no Brasil deve quadruplicar e chegar a 58,4 milhões. No entanto, as previsões não têm apontado para um cenário em que a população alcançará a longevidade em condições saudáveis e isso quer dizer que mais do que nunca estamos num momento em que é preciso olhar para a prevenção. Se não cuidarmos da nossa população hoje, qual será a condição que teremos no futuro?

É olhando para o futuro e pensando nas necessidades do presente que novos modelos de negócio são criados para suprir essa lacuna que existe na saúde brasileira. Se a saúde é a segunda maior preocupação dos brasileiros, de acordo com a pesquisa global "What Worries the World" desenvolvida pela Ipsos, o que devemos fazer?

O mundo todo tem se voltado ativamente para a busca de soluções que permitam o cuidado coordenado, o acompanhamento próximo de tratamentos, exames clínicos preventivos, incentivo à pratica de atividades físicas regulares e orientações nutricionais e em saúde mental, por exemplo. Essas ações se mostram eficazes no combate ao desenvolvimento de doenças crônicas, como a depressão,  hipertensão, diabetes e enfermidades articulares e cardíacas, que podem acometer pessoas nessa faixa etária.

No passado, falávamos muito em médico da família, mas o conceito se perdeu ao longo dos anos em favor do cuidado fragmentado através de superespecialistas. Recentemente, os setores de saúde privada começaram a olhar com mais cuidado para isso, possibilitando o surgimento de novas empresas como é o caso da Amparo Saúde, pensada para trazer o conceito de Atenção Primária para a saúde suplementar. Acreditamos que muito mais do que remediar uma situação, nós devemos dar condições para que a população não precise de cuidados em outros níveis de atenção à saúde para a maior parte das situações que poderiam ser resolvidas já na atenção primária.

É, por isso, que este conceito de medicina da família está ganhando força, porque estamos centrados, de fato, no que as pessoas realmente precisam, levando em conta todo o seu histórico pessoal, familiar e social. Queremos resgatar a confiança e o vínculo das pessoas com seus médicos, garantindo uma relação duradoura entre profissionais de saúde, pacientes, suas famílias e a sociedade.

E não é apenas isso! Segundo dados do Ministério da Saúde, 80% dos casos atendidos pelos Médicos de Família são resolvidos sem necessidade de encaminhamento para outros especialistas. Dessa forma, um modelo baseado na atenção primária à saúde, no qual o paciente é recebido por um médico da família, é uma ferramenta vital para que operadoras de saúde e empresas possam ter uma assistência de qualidade com menores custos e sem desperdícios. Ou seja, unidades de atenção primária nascem como aliadas dos planos de saúde e fontes pagadoras, atuando em conjunto por um bem maior. Tudo isso leva a uma equalização dos gatos em saúde, com redução de solicitações de exames e internações desnecessárias, por exemplo.

O caminho que enxergamos é que a saúde está em constante evolução, privilegiando a prevenção e dando mais acesso, e nesse sentido desenvolvemos parcerias estratégicas com operadoras de saúde na busca de soluções estruturadas para o paciente. Afinal, o cuidado com a saúde da população deve ser sempre o centro de todas as nossas ações.

No momento em que entendermos que diferentes modelos de negócios na área da saúde podem e devem se complementar - sem excluir uns aos outros - teremos um cenário de ganhos para todos: para a população que terá uma assistência centrada em suas necessidades, para os profissionais da saúde que se manterão engajados nos cuidados e, para o mercado como um todo, com perspectivas favoráveis de sustentabilidade no longo prazo.

*Gentil Jorge Alves é Diretor de Relações com o Mercado, da Amparo Saúde. É pediatra formado pela Universidade Federal de São Paulo e com MBA Executivo pelo IBMEC. Em sua passagem pelo Hospital Sírio Libanês, Alves desenvolveu o Programa de Saúde Corporativa, definindo o modelo de Atenção Primária na instituição.






Deputada Carla Morando propõe emenda que fomenta Metrô em São Bernardo do Campo

Redação

A deputada estadual Carla Morando (PSDB) propôs uma emenda para o Plano Plurianual (PPA), que garante avanços para Linha-20 Rosa do Metrô, em São Bernardo do Campo.  A emenda nº 101, ao Projeto de Lei Nº 924, de 2019, foi publicada no Diário Oficial e assegura a viabilidade do projeto de expansão de transporte entre a Capital e o ABC.

Com a iniciativa da deputada Carla Morando, fica assegurado avanços no percentual de 10% para a execução do projeto | Foto: reprodução 

O projeto está na Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa de São Paulo e aguarda distribuição e parecer da comissão, entre os deputados. Se aprovado, será encaminhada ao plenário para votação.

Com a inclusão da proposta da líder do PSDB no PPA, a medida assegura avanços no percentual de 10% para a execução do projeto. A estratégia dessa expansão é reconhecida pelo Governo do Estado, tanto que foi divulgado pelo vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, uma reserva de R$ 20 milhões para a confecção do projeto, que inclui estudo da obra, cronograma e número de estações.

“O anseio pelo Metrô e um transporte coletivo mais ágil há anos sonda os moradores de São Bernardo. Como deputada estadual e líder do PSDB na Alesp, vou fazer de tudo para fazer esse sonho se transformar em realidade. São Bernardo, assim como o Grande ABC, merece um transporte de qualidade, que ligue a cidade com a Capital Paulista”, afirma Carla.

De acordo com o projeto do Governo do Estado, a Linha-20 Rosa sairá do Rudge Ramos em direção à Lapa. Em média, 400 mil passageiros serão beneficiados.

Na avaliação do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, o item proposto pela parlamentar foi fundamental. "Trata-se da primeira conquista, após o anúncio. Até porque é necessário viabilizar contratação de projetos básico e executivo. Tudo depende de previsão orçamentária. Neste aspecto, a medida não poderia ter sido mais acertada", pontua o prefeito.

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Doria autoriza contratação de 84 agentes de organização escolar no ABC

Redação

Nesta quinta-feira (10), o governador João Doria autorizou a contratação de 84 agentes de organização escolar (AOEs), para atuarem nas escolas estaduais da região do ABC. O despacho do governador com a medida foi publicado na edição do Diário Oficial desta quinta.

Medida autorizada pelo governador João Doria foi publicada no Diário Oficial deste quinta-feira (10) | Foto: Gov. do Estado de SP

Serão convocados os candidatos remanescentes do concurso de Agente de Organização Escolar de 2018, obedecendo a ordem de classificação.

Os agentes serão chamados pela Secretaria Estadual da Educação para iniciar as atividades nas escolas estaduais que apresentam maior déficit desses profissionais em seus quadros, priorizando as escolas com menor nível socioeconômico, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). A convocação será feita pelas diretorias regionais de ensino.

Assim, os contratos terão validade de doze meses. O salário inicial com o abono complementar é de R$ 1,2 mil mensais, além de auxílio transporte e alimentação.

Os contratados têm a responsabilidade de controlar a movimentação dos estudantes nas dependências da escola, auxiliar a manutenção da disciplina geral e contribuir com a gestão escolar na organização de atividades.

Dia de Nossa Senhora Aparecida terá programação especial nas paróquias do ABC

Da Redação

Amanhã, 12 de outubro, é comemorado o Dia de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. Feriado nacional, a data com intensa programação nas paróquias do ABC dedicada à Nossa Senhora. Confira as solenidades das paróquias e santuários da Diocese de Santo André:

São Bernardo do Campo

Santuário Nossa Senhora Aparecida (Rua Xavier de Toledo, 190 – Paulicéia)
As missas acontecem às 6h, 7h, 10h30, 14h, 16h e 19h (a última será celebrada pelo bispo diocesano Dom Pedro Carlos Cipollini)
9h30: Procissão antes da Missa Campal das 10h30
12h: Rosário Meditado
10h30 e 16h: missas com intérpretes de libras
Todas as celebrações com coroação de Nossa Senhora, bênção dos objetos e barracas típicas

Arte: Divulgação/Diocese de Santo André

Paróquia Nossa Senhora Aparecida Alves Dias (Estrada da Cooperativa, 351 – Alves Dias)
7h: Procissão – concentração na estrada particular Fukutaro Yid, ponto final das linhas 06 e 154
A Missa Solene será celebrada no Ginásio de Esportes da FEI (Avenida Humberto Alencar de Castelo Branco, 3972 – Bairro Assunção), logo após a chegada da procissão.
16h30: Carreata com concentração na Rua Alexandre Bonício


Paróquia Imaculada Conceição Aparecida (Rua Primo Bechelli, 310 – Parque Selecta)
7h: Missa com café comunitário
9h: Carreata
12h: Oração do Ângelus
15h: Missa das Crianças
18h: Procissão
19h: Missa Solene


São Caetano do Sul 

Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Rua Oriente, 455 – Bairro Barcelona)
17ª edição da Tradicional Cavalgada (saída às 10h30, em frente ao Supermercado Extra, em direção à igreja)
As missas acontecem às 7, 8h, 9h, 10h, 11h, 13h, 15h, 16h, 17h e 18h (a última será celebrada pelo bispo emérito Dom Nelson Westrupp)
Haverá venda de artigos religiosos e do Bolo de Nossa Senhora; bingo após às 18h.


Santo André

Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Rua Madagascar, 195 – Parque Novo Oratório)
6h: Alvorada com fogos;
7h: Café da Manhã com Maria salão paroquial
8h: Solene procissão pelas ruas Nigéria, América Central, Rodesia e Madagascar
8h30: Missa Campal com benção especial das crianças
10h: batizados
11h: Oração do Santo Rosário com a comunidade. Em seguida carreata com benção dos carros e motocicletas
12h as 14h: Almoço festivo
15h: Missa e bênção com unção para os doentes
18h: Missa com os violeiros de Aparecidinha
Venda do tradicional Bolo de Nossa Senhora durante o dia todo

Oratório Nossa Senhora Aparecida (Rua Tiradentes, 315 – Vila Dora – próximo aos hospitais Brasil e Mário Covas)
16h: Procissão e Missa organizada pela Pastoral da Saúde e presidida pelo Pe. Vanderlei Ribeiro


Mauá

Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Rua Egnes Rimazza Gianone, 372 – Jardim Zaíra)
10h: missa solene de ordenação do diácono permanente Aparecido Batista, presidida pelo bispo diocesano Dom Pedro
As missas acontecem às 8h, 10h, 12h, 14h, 16h, 16h e 19h (procissão às 18h e em seguida missa solene)

Diadema

Quase Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Rua Santo Antônio de Pádua, 168 – Casa Grande)
9h: Missa Solene com todas as comunidades no Ginásio Poliesportivo do Portinari – Rômulo Duncan Arantes (Avenida Casa Grande, 483 – Portinari)

CURIOSIDADES

A Diocese de Santo André conta com 5 paróquias, 1 santuário, 1 quase-paróquia, 1 oratório e 29 comunidades dedicadas à Nossa Senhora Aparecida. Saiba algumas curiosidades sobre elas:

A pioneira e a caçula
A paróquia mais antiga foi criada em 25 de março de 1955, no Bairro Barcelona, em São Caetano. Já a mais recente, a Imaculada Conceição Aparecida, foi instalada no dia 5 de outubro de 2019, no Parque Selecta, em São Bernardo, com a presença de Dom Pedro Carlos Cipollini.
Por sua vez, a paróquia do Bairro Paulicéia, em São Bernardo, foi elevada a Santuário em 2011, durante o episcopado de Dom Nelson Westrupp. As demais estão localizadas em Santo André, no Parque Novo Oratório; Mauá, no Jardim Zaíra; São Bernardo, no Alves Dias; a quase-paróquia em Diadema, no Casa Grande; além do Oratório, localizado em Santo André.


Romaria
Da Paróquia São Judas Tadeu, no Bairro Campestre, em Santo André, cerca de 380 pessoas se reuniram na segunda (07/10) para iniciarem a romaria a pé ao Santuário Nacional de Aparecida, com chegada prevista nesta sexta (11/10). Com romeiros de outros pontos da diocese, esse número deve ultrapassar mil pessoas. O caminho percorrido a pé deve chegar a 200 km.

Inscrições para o programa “Agente Jovem” começarão na próxima semana em São Caetano do Sul

Redação 

A partir de terça-feira (15), estarão abertas as inscrições para o programa Agente Jovem, vertente do Profamília da Prefeitura de São Caetano do Sul, destinada aos munícipes com idades entre 16 e 21 anos. Interessados devem se dirigir ao CISE João Nicolau Braido (Rua Humberto de Campos, 600, Bairro São José) até quinta-feira (17), das 9h às 16h. Poderão ser convocados até 300 jovens.

Podem se inscrever jovens com renda mensal familiar de até dois salários mínimos | Foto: Letícia Teixeira/PMSCS

Com isso, os selecionados atuarão nos mais diversos setores da Administração Municipal, por 20 horas semanais e receberão dois terços do salário mínimo nacional vigente (cerca de R$ 665,33), mais cesta básica (desde que o próprio participante ou outro membro da família, residente no mesmo benefício, não receba tal benefício). O contrato tem duração de seis meses podendo ser prorrogado pelo mesmo tempo.

O secretário da Secretaria de Assistência e Inclusão Social (Seais), Daniel Córdoba, explica a ação. “O principal objetivo do Agente Jovem é a geração de trabalho e renda, visando minimizar as diferenças sociais e a elevação do nível de escolaridade, promovendo o exercício responsável de direitos e deveres de cidadania e acesso aos serviços essenciais”, explica.

Documentação
O candidato deverá apresentar os seguintes documentos (original e cópia): Cartão São Caetano, RG ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH); CPF ou documento que contenha esta informação ou comprovante emitido pela Receita Federal; Título de Eleitor ou protocolo de requerimento; comprovante de endereço (conta de água, luz, telefone fixo ou IPTU) em nome do participante ou responsável legal, referente aos meses de setembro/2016 e setembro/2019, ou contrato de locação em nome do candidato ou responsável legal que comprove domicílio e residência de, no mínimo, três anos em São Caetano do Sul; Carteira Profissional (CTPS), em especial, das folhas da foto, identificação, página do último contrato de trabalho (registro) e página seguinte em branco, para comprovar que não exerce atividade remunerada, e comprovante do nível de escolaridade emitido por instituição credenciada pelo MEC.

Já os demais membros da família que residem no mesmo endereço deverão apresentar cópia de RG, CPF, Carteira Profissional (CTPS), em especial, das folhas da foto, identificação, página do último contrato de trabalho (registro) e página seguinte em branco, ou CNIS. Documentos atualizados até o mês anterior à inscrição que comprovem, em especial, a renda do candidato e familiares da mesma residência, como extrato de benefícios previdenciários, Bolsa Família e demais rendas declaradas. Vale destacar que a família deve ter renda mensal conjunta de todos os membros de até dois salários mínimos nacional vigente.

Candidatos com deficiência devem apresentar documento que comprove a deficiência, emitido por médico (deverá conter o CRM do profissional).

Obra da Sabesp ampliará o abastecimento para 35 mil pessoas em Santo André

Redação

A Sabesp continua trabalhando para melhorar o abastecimento em Santo André. Nesta última quinta-feira (10), a empresa iniciou mais uma obra, que contribuirá para dar fim à falta d’água que afeta bairros do município. A companhia estadual começou a duplicação da adutora Parque Miami/Recreio Borda do Campo, que beneficiará diretamente 35 mil moradores com mais segurança hídrica. O investimento na execução dos trabalhos é de R$ 3,7 milhões.

Devido as obras, o abastecimento de água em Santo André será parcialmente interrompido na próxima terça-feira (15), da 0h às 22h | Foto: Alex Cavanha/PMSA

Na ocasião, o prefeito Paulo Serra e o superintendente da Unidade de Negócio Centro da Sabesp, Roberval Tavares de Souza, vistoriaram as obras. O empreendimento prevê a implantação de 600 metros de tubulação de grande porte pela estrada do Pedroso e permitirá à Sabesp a ampliação da vazão de água, para a região em mais 70 litros por segundo. A medida acabará com as intermitências no abastecimento, atendendo bairros como Jardim Pedroso, Miami e Clube de Campo, entre outros. O término dos trabalhos está previsto para dezembro de 2019.

“Hoje, iniciamos mais uma importante intervenção que vai melhorar a vida de cerca de 35 mil pessoas, levando água de qualidade e eliminando os problemas de abastecimento na nossa cidade. Além da modernização da rede, vamos chegar aos bairros com melhorias no asfalto, iluminação em LED, investimentos em infraestrutura para garantir qualidade de vida e dignidade para estas famílias”, afirma Serra.

A obra faz parte do segundo pacote de obras da Sabesp no município. Também está neste lote a implantação de redes de distribuição e ligações de água que vão beneficiar os 17 mil moradores que hoje não recebem abastecimento regular, também na região do Recreio da Borda do Campo. Os trabalhos começarão ainda em outubro.

 A Sabesp assumiu oficialmente os serviços de água e esgoto de Santo André em 11 de setembro, mas desde agosto iniciou uma série de obras para atender os moradores da cidade. A empresa também está inovando na identificação de todos os seus empreendimentos no município: além das informações sobre o trabalho em execução, as placas nos canteiros de obras têm um QR Code, no qual o cidadão pode utilizar o celular para acessar um vídeo com mais detalhes sobre a obra em questão.

Trabalho para conectar redes
Para conectar as obras em execução ao Sistema Integrado Metropolitano e, assim, garantir mais água para a população de Santo André, será preciso interromper o abastecimento em parte do município na próxima terça-feira (15), da 0h às 22h, a fim de que sejam feitas as interligações da rede. Um dos principais trabalhos a serem feitos ocorrerá na adutora Camilópolis, que interligará Santo André ao Sistema Rio Claro. Durante o período de interrupção no fornecimento de água, é importante que os moradores façam o uso consciente do volume armazenado nas caixas-d’água, evitando desperdício.

Serão afetados bairros das regiões de Camilópolis, Erasmo Assunção, Recreio da Borda do Campo, Vila Suíça, Parque das Nações, Gerassi, Gonzaga, Parque Jaçatuba, Progresso, a parte alta de Paranapiacaba e partes do Parque Oratório e Cidade São Jorge, entre outras áreas. A retomada do abastecimento acontecerá gradativamente, após o término dos trabalhos.

Casos de emergência e pedidos de serviços podem ser solicitados pela Central de Atendimento da Sabesp pelo número 0800 011 9911, que atende 24 horas, com prioridade para creches, hospitais, asilos e demais entidades dessa natureza. A ligação é gratuita.

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Santo André terá primeira edição do "Natal Solidário" no Paço Municipal

Redação

Santo André receberá no fim do ano a primeira edição do Natal Solidário, uma iniciativa da Prefeitura, por meio do Núcleo de Inovação Social, em parceria com a Secretaria de Cidadania e Assistência Social. O evento acontecerá no Paço Municipal em 14 e 15 de dezembro, com 55 barracas, de 50 entidades sociais, além de shows de diversos ritmos, pratos típicos, brinquedos para as crianças e diversas atrações.

A primeira-dama Ana Carolina Barreto Serra durante apresentação do evento, para as entidades assistenciais da cidade, nesta última quarta-feira (9) | Foto: Alex Cavanha/PSA

O projeto foi apresentado para entidades assistenciais da cidade em reunião realizada nesta última quarta-feira (9). O edital de chamamento para instituições interessadas em participar será publicado nesta quinta-feira (10) e no dia 23 de outubro haverá a abertura dos envelopes. Os valores arrecadados no evento serão destinados aos projetos das entidades.

A primeira-dama e presidente do Núcleo de Inovação Social, Ana Carolina Barreto Serra, comenta como surgiu a ideia do evento: “É uma alegria muito grande estar aqui de novo por conta de uma ideia que surgiu na Feira da Fraternidade, iniciativa que foi um verdadeiro sucesso, graças ao trabalho de todas as entidades. Como resultado do esforço e dedicação de todos conseguimos realizar a Feira e, hoje, estamos planejando mais um evento”.

O prefeito Paulo Serra destacou a importância da parceria com as entidades sociais do município. “Hoje a gente cumpre mais um compromisso que foi iniciado lá na Feira da Fraternidade, será uma experiência muito importante para nós e para as entidades, que têm papel fundamental no apoio à parcela da população que mais precisa”, afirma.

O Natal em Santo André contará ainda com a tradicional Vila de Natal e da  Casa do Papai Noel, no Parque Celso Daniel, com a venda de itens artesanais produzidos pelos alunos do Fundo Social de Solidariedade, além da carreta do Papai Noel, em parceria com a CVC, que levará programação cultural a diversos bairros, sem nenhum custo ao município.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Especialista defende bem-estar do professor para melhorar a aprendizagem dos alunos

Redação

O Dia do Professor, 15 de outubro, é uma oportunidade de refletir sobre a realidade dos docentes. A profissão é considerada a mais numerosa no Brasil, segundo pesquisa da organização Todos pela Educação. No entanto, o Brasil está em último lugar no ranking de valorização de professores, de acordo com levantamento feito com 35 países pela Varkey Foundation, neste ano.  Para o educador Eduardo Calbucci, fundador do Programa Semente, o bem-estar do professor é uma das maneiras de melhorar o convívio nas instituições de ensino.

Segundo a OCDE, 12,5% dos professores afirmam ter sofrido algum tipo e agressão no ambiente escolar | Foto: Freepik

Um dos fatores que levam ao resultado da desvalorização do profissional é a violência em sala de aula. Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 12,5% dos educadores do País afirmam ter sofrido algum tipo de agressão no ambiente escolar. 

“Quanto mais as pessoas se dispõem a resolver conflitos por meio da violência e agressividade na sociedade em geral, mais isso se torna um aprendizado ruim para crianças e jovens, e acaba sendo levado para o ambiente escolar”, afirma. “Uma das maneiras de combater essa violência é, justamente, por meio da educação”, afirma o educador.

Calbucci aponta que a aprendizagem socioemocional voltada para educadores é uma forma de prepará-lo previamente para a resolução de conflitos e adversidades que surgem no dia a dia dentro da sala de aula. “Cursos como os da CoreSkills (plataforma de aprendizagem socioemocional para educadores, criado pelo Programa Semente) permitem que o professor adquira competências que o tornem mais consciente das suas habilidades, passando a ter uma capacidade maior de enfrentar diferentes situações”, conta Calbucci.

Vale ressaltar que a aprendizagem socioemocional é apenas uma ferramenta para ajudar a diminuir os problemas enfrentados pelos professores brasileiros, que têm ainda que lidar com a desvalorização e a baixa remuneração, situações que estão fora de seu controle.  Desta maneira, o ensino socioemocional auxilia o educador a se empenhar naquilo que está sob seu controle, como as práticas pedagógicas e o relacionamento com seus alunos. 

Conscientizar os professores de suas próprias habilidades vem sendo um trabalho fundamental no meio educacional, mostrando seu novo papel na sociedade. “Os professores estão entendendo que a função deles na escola vai além dos conteúdos programáticos tradicionais (que continuam tendo a mesma importância), e cada um está adquirindo consciência de como as próprias questões socioemocionais, se discutidas de modo estruturado, passam a ter um impacto decisivo na aprendizagem do aluno e no desenvolvimento pessoal e profissional do professor”, conclui o especialista.

Suzantur e Prefeitura entregam 53 novos ônibus para o transporte de Mauá

Da Redação

A Suzantur e a Prefeitura de Mauá realizaram ontem (8) a entrega de 53 novos ônibus para o transporte coletivo da cidade. Assim, serão retomadas as cinco linhas do Expresso Mauá, durante o horário de maior movimento em dias úteis, reduzindo o tempo de viagens dos passageiros em percursos com menor número de paradas.

Somados aos outros 100 veículos zero quilômetros entregues em 2017, a idade média dos coletivos, sob concessão da Suzantur, caiu de três anos para 1,6 ano.

Serviço de transporte Expresso foi retomado | Foto: Caio Arruda/PMM

A cerimônia de entrega ocorreu no estacionamento do Paço Municipal, com todos os coletivos enfileirados. Durante o evento, o prefeito Atila Jacomussi destacou que Mauá passa a ter a frota mais nova do Brasil. “Somos o governo que mais investiu em transporte público. Esses ônibus estarão carregando os filhos de Mauá, o nosso povo. Os trabalhadores terão coletivos novos, para que transportar o nosso povo com segurança e tecnologia”, aponta.

Dos 53 novos ônibus, 43 são veículos Midi (capacidade para 66 pessoas, sendo 36 sentadas e 30 de pé) e dez convencionais (85 usuários ao todo, englobando 44 sentados e 41 de pé) com suspensão a ar, ambos com chassis do modelo Mercedes-Benz e carroceria Marcopolo Torino. Os coletivos vêm com conectores de USB para carregamento de aparelhos móveis, rede Wi-Fi, câmera de segurança, assentos estofados com apoio para cabeça e climatizador de ar.

Parte da frota contará até o fim do ano com validadores providos de leitores de QR Code, para usuário realizar o pagamento do deslocamento antecipadamente por meio de aplicativo para celulares, também com previsão de lançamento em 2019. Além disso, os passageiros poderão futuramente pagar a tarifa no valor de R$ 4,30 em viagem unitária – com exceção a quem recebe benefícios de gratuidades – via cartões de débito e crédito, a fim de garantir maior segurança e praticidade.

As linhas do Expresso Mauá já voltaram a circular na manhã de hoje (9), depois da paralisação durante o governo anterior. Segundo a Secretaria de Transportes, o passageiro poderá se deslocar entre a origem e destino em tempo médio de aproximadamente 25 minutos. “Economia de tempo para o trabalhador vale muito. As pessoas vão retornar mais cedo para suas casas. Esse é o tempo que o trabalhador pode ficar mais com a sua família”, lembra o prefeito.

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Fundação do ABC e Ministério Público assinam Termo de Ajustamento de Conduta inédito no Estado

Da Redação

A Fundação do ABC (FUABC) assinará em 10 de outubro (quinta-feira), às 10h, Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado de São Paulo. Trata-se da primeira fundação do Estado a assinar um TAC e vinculá-lo ao programa interno de boas práticas, o compliance. A solenidade ocorrerá no campus universitário da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), em Santo André, com presenças do Procurador-Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Gianpaolo Poggio Smanio, dos prefeitos dos municípios instituidores da FUABC, Paulo Serra (Santo André), Orlando Morando (São Bernardo do Campo) e José Auricchio Júnior (São Caetano do Sul), do presidente da FUABC, Dr. Luiz Mario Pereira de Souza Gomes, e do Reitor da FMABC, Dr. David Everson Uip, entre outras autoridades.

Conforme detalhado já nas primeiras linhas do TAC, o acordo objetiva fortalecer o planejamento, a eficácia e a execução de um Programa de Compliance na Fundação do ABC e em todas as unidades gerenciadas, com propósito de promover maior fiscalização, legalidade, eficiência, moralidade e impessoalidade na gestão administrativa do ente fundacional, instituindo e promovendo a adequação das práticas da FUABC aos princípios constitucionais da Administração Pública. Por sua vez, o compliance consiste na adoção e observância do conjunto de mecanismos e procedimentos internos de integridade, auditoria e incentivo à denúncia de irregularidades, e na aplicação efetiva de códigos de ética e de conduta, políticas e diretrizes, com objetivo de evitar desvios, fraudes, irregularidades e atos ilícitos.

Luiz Mario Pereira de Souza Gomes, presidente da entidade, avalia
que a instituição terá muitos ganhos por conta do termo
| Foto: Divulgação 

“A Fundação do ABC e o Ministério Público do Estado de São Paulo desenvolveram um modelo inovador de parceria, que traz a segurança de um programa interno de boas práticas, o compliance, respaldado em um termo externo, o TAC, o que assegura a aplicação prática do pacto. As disposições trazidas nestes instrumentos vinculam juridicamente a FUABC por prazo indeterminado, certificando que as ações serão perpetuadas nas próximas gestões, independentemente de quem esteja à frente da Presidência, dos hospitais e de todas as unidades de saúde administradas. Este é o início de um caminho muito importante e todos os dirigentes e funcionários estarão sujeitos às regras acordadas com o MP”, informa o presidente da FUABC, Dr. Luiz Mário Pereira de Souza Gomes.

Para o dirigente, trata-se de um marco na história da entidade. “O acordo coloca a FUABC num patamar diferente. É a prática da saúde por uma fundação mais abrigada e mais estabelecida dentro de conceitos técnicos e eficientes. Subimos degraus de qualidade, gestão, respeito a regras, convivência e de responsabilidade com a Saúde Pública. É uma alavanca para o futuro e um compromisso social que assumimos com a população que utiliza o Sistema Único de Saúde”, reforça Dr. Luiz Mário.

Protocolo de intenção

As tratativas para o acordo tiveram início há um ano, em outubro de 2018, quando a Fundação do ABC assinou um Protocolo de Intenção junto ao Ministério Público, objetivando a construção de um planejamento interdisciplinar de gestão administrativa e o alinhamento permanente das práticas aos princípios constitucionais da Administração Pública – tendo em vista que, a despeito do regime jurídico privado, a entidade recebe verba pública destinada à execução de sua atividade-fim.

Desde então, FUABC e MP vêm trabalhando em conjunto para alinhar o texto final do Termo de Ajustamento de Conduta. Entre as medidas contempladas estão o aumento da segurança jurídica institucional e a ampliação dos mecanismos de controle junto às unidades de saúde gerenciadas por meio do instrumento de compliance – ou seja, as normas de boas práticas que estarão vinculados ao TAC.

“Todos os dirigentes e funcionários devem estar absolutamente alinhados à política de boas práticas da Fundação do ABC. Com o instrumento de compliance, vinculamos os gestores às suas respectivas funções e a limites financeiros, orçamentários, de recursos humanos, no cumprimento de metas, nas tomadas de preços para processos de compras e contratações de serviços, entre outros elementos, cláusulas e obrigações. O objetivo é garantir que todos realizem suas atividades de maneira responsável, alinhados às diretrizes da FUABC”, completa o presidente da FUABC.

Fela Kuti, criador do afrobeat, é tema de documentário que estreia em novembro

Da Redação

O documentário musical "Meu Amigo Fela" sobre o músico Fela Kuti estreia dia 7 de novembro nos cinemas. Dirigido pelo brasileiro Joel Zito Araújo ("A Negação do Brasil" e "As Filhas do Vento), o filme já percorreu festivais no Brasil e no exterior. Veja o trailer.

Nascido na Nigéria em outubro de 1938, Fela estudou música em Londres e se tornou uma lenda em seu país. O documentário traz uma nova perspectiva sobre ele, considerado um dos maiores nomes da música africana e o criador do afrobeat.

Foto: Divulgação
Na história acompanhamos a complexidade de sua vida, desvendada através dos olhos e conversas de seu amigo íntimo e biógrafo oficial, o africano-cubano Carlos Moore. Segundo o diretor, a intenção do filme não é ser celebrativo, mas mostrar lados do cantor que poucos conhecem. "A minha tentativa de contar a história de um gênio musical, chamado Fela Kuti, foi a de que, apesar do seu grande sucesso internacional, ele passou despercebido no Brasil, e encarando de frente seu lado de sombra e as tragédias que abateram o seu espírito guerreiro." afirma.

Kuti faleceu em agosto de 1997 em decorrência de uma complicação devido ao vírus HIV.
"Meu Amigo Fela" é uma produção da Casa de Criação Cinema e faz parte do programa O2 Play Docs, da distribuidora O2 Play, ocupando salas de cinema em cidades brasileiras de todas as regiões com sessões em horário nobre.

A arte do pôster (veja foto abaixo) de "Meu Amigo Fela" foi criada por Babatunde Banjoko, artista que trabalhou com Kuti e que fez capas de discos clássicos do músico, como "Coffin for Head of State".

Dez anos até a conclusão do longa

Entre a concepção e a finalização do documentário o diretor levou dez anos. O período entre filmagens, montagem, a longa negociação por seus direitos de imagem e de música até o lançamento foram quatro anos. "Esse filme me tomou muito tempo, desde o momento que resolvi contar esta história e busquei patrocínio no Brasil. Além de ser a história de um rebelde e iconoclasta negro, era a história de um africano pouco conhecido por aqui", avalia.

Arte: Divulgação 

Foi o próprio biógrafo de Fela, Carlos Moore, que tomou a iniciativa de procurar Joel para sugerir o filme. "Me encantei com a idéia e passei a pensar como seria a forma mais viável de contar esta história, diminuindo a pressão dos direitos. Mas confesso que o momento chave em que me encantei, foi ao ler a biografia escrita por Carlos Moore e perceber que tinha muita coisa para ser contada além dos documentários existentes. Especialmente, o pan-africanismo e o lado trágico da última parte da vida de Fela, evitada pelos outros filmes", comenta Araújo.

Prêmios internacionais

"Meu Amigo Fela" ganhou o Prêmio Paul Robeson, como o Melhor Filme realizado na diáspora africana (o que significa fora da África) no Fespaco (Festival Panafricano de Cinema e Televisão de Ouagadougou) de Burkina Faso, que é o maior festival de cinema africano, realizada a cada dois anos. Por lá, o documentário já é considerado um dos 15 melhores filmes do ano, apesar de ter sido concebido e dirigido por um diretor afro-brasileiro. E está indicado para disputar o Oscar Africano. 

"Meu Amigo Fela" também foi contemplado com o "Prêmio Especial de Júri – Competição Internacional de Longas e Médias-Metragens" no "Festival É Tudo Verdade" e ainda o prêmio de Melhor Documentário do Festival "Ecrans Noirs" do Camarões. E ainda participou de festivais importantes como o International Film Festival Rotterdam e o The Durban International Film Festival. 

Antes mesmo de chegar aos cinemas brasileiros o filme já está com todas sessões esgotadas no BIF London Film Festival.

Alunas do ABC têm desenhos premiados pela Fundação Japão

Redação

O tradicional concurso de desenho da Fundação Japão, em 2019, teve como tema as "Olimpíadas de Tóquio". Foram 957 inscritos, provenientes de 46 escolas públicas e privadas dos estados do Amazonas, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, além do Distrito Federal.  Entre os trabalhos premiados, estão os das alunas Susan Aya Chan Suzukayama, 12 anos, de São Bernardo do Campo; e Renata Olímpio Rodrigues Silva,  17 anos, de São Caetano do Sul.

Os desenhos das alunas estão entre os 12 trabalhos finalistas que ilustrarão o calendário da Fundação Japão de 2020, ano em que acontecerão os Jogos Olímpicos em Tóquio.

O trabalho vencedor desta edição foi de autoria de Liliane Caroline Silva, 18 anos, que estuda a língua japonesa na Escola Estadual Plínio Negrão, em São Paulo.

O concurso, criado há 20 anos, é realizado entre alunos que estudam japonês em escolas de ensino fundamental e médio.

Os 12 trabalhos escolhidos poderão ser conhecidos, em breve, no site da Fundação Japão.

Já os calendários, serão distribuídos gratuitamente aos visitantes da biblioteca da instituição, a partir de 5 de novembro. O horário de funcionamento da biblioteca é das 10h30 às 19h30, de terça a sexta-feira, e das 9h às 17h aos sábados.

Concurso de Desenhos da Fundação Japão 2019 

Vencedora 

Nome
Idade
Título
Escola
Cidade
Liliane Caroline Silva
18
A Grande Onda (Surf)
E. E. Plínio Negrão
São Paulo-SP

Desenhos selecionados

Nome
    Idade     
Título
Escola
Cidade
Amanda Nakagawa Rodrigues
6
Ginástica Fantástica (Ginástica)
Colégio Inspira
Piracaia-SP
Cauã Ferreira dos Santos
7
Arco e flecha
Colégio São Francisco Xavier
Maringá-PR
Sofia Ayumi Nishikawa Soares
9
Vôlei nas Olimpíadas de Tóquio 2020
Escola Megumi - Educação Infantil e Ensino Fundamental
Londrina-PR
Larissa Tiemi Nakagawa
9
Paraolimpíadas
OEN - Organização Educacional Nippaku
São Paulo-SP
Tiago Uechi Miyaji
9
Futebol
Exatus Colégio e Vestibulares
São Paulo-SP
Caio Shinji Yoshizawa
10
Beisebol nas Olímpiadas
Escola Megumi - Educação Infantil e Ensino Fundamental
Londrina-PR
Karina Yukimi Uehara
10
Nado sincronizado
Núcleo de Ensino Gakushukan
Santo André-SP
Susan Aya Chan Suzukayama
12
Tênis
Colégio Harmonia
São Bernardo do Campo-SP
Miriã Tayssa Pimentel Santos
14
Ginástica Artística
E.E.T.I. Bilíngue Prof. Djalma da Cunha Batista
Manaus-AM
Anabelli Hasebein Machado Bezerra
15
Tiro com arco (Feminino)
E. E. Dr. Júlio Prestes de Albuquerque
Sorocaba-SP
Renata Olímpio Rodrigues Silva
17
Esgrima
E. E. Dona Idalina Costa Macedo Sodré
São Caetano do Sul-SP

Mais de 60% das prefeituras do Brasil têm orçamentos em risco

Redação

Mais da metade das prefeituras paulistas - um percentual de 61% - arrecadou menos que o previsto em 2019. Um total de 317 administrações dos municípios - 49% delas - apresentam um quadro de gasto excessivo com pessoal. Os prefeitos dessas cidades foram alertados pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), nesta terça-feira (8), por estarem infringindo o previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

No ABC, todas as prefeituras receberam alertas do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) | Foto: reprodução

As informações integram as análises contábeis dos dados de receitas e despesas feitas pelo TCE paulista e são relativas ao 2º quadrimestre e ao 4º bimestre do exercício de 2019. Os alertas emitidos pela Corte de Contas são referentes ao previsto nos incisos I, II e V, dispostos no artigo 59, parágrafo 1º da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Os números estão disponíveis na íntegra, na forma de Comunicados, na edição desta terça-feira (8) no Caderno Legislativo do Diário Oficial do Estado.

Dos 644 municípios jurisdicionados, 569 enviaram suas informações/documentos ao Sistema da Auditoria Eletrônica do Estado de São Paulo (AUDESP) permitindo as análises contábeis. Um total de 75 municípios não prestaram as informações e poderão ser penalizados. Apenas seis cidades não receberam notificações do TCESP. No ABC, todas as prefeituras receberam alertas. A integra dos dados, com a situação individual de cada município, pode ser consultada na plataforma VISOR (Visão Social de Relatórios de Alertas) por meio do link www.tce.sp.gov.br/visor.

 Arrecadação
Os dados, referentes à análise da execução orçamentária no quarto bimestre do ano, apontam que 396 municípios estão em situação de risco no orçamento por estarem infringindo o previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Das 644 prefeituras fiscalizadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), apenas 173 (22%) apresentaram arrecadação prevista ou acima do esperado. Apenas seis municípios, estão com as contas em ordem e não receberam nenhum alerta do Tribunal de Contas.

Entre os principais motivos e que colocam os municípios em situação de vulnerabilidade frente à LRF estão falhas na arrecadação prevista; o descumprimento de metas fiscais; o déficit/desequilíbrio financeiro; e a incompatibilidade de metas diante da LOA/LDO.

Gastos com pessoal
O Tribunal de Contas alertou 317 prefeituras - um percentual de 49% das cidades paulistas - por gastarem excessivamente com pessoal. Um total de 152 municípios gastaram mais de 90% do limite previsto e foram apenas alertados pelo Tribunal de Contas. Dessas, 117 prefeituras ultrapassaram o limite de 95% estabelecido pela LRF e não poderão mais conceder aumentos, reajustes ou adequar remunerações, nem criar cargos, empregos ou funções, bem como admitir ou contratar pessoal.

Outros 48 prefeitos, por ultrapassarem o previsto na LRF, estão em situação ainda mais crítica. Além de não poder dar aumentos, pagar vantagens e contratar novos servidores, eles terão que, obrigatoriamente, se adequar no próximo quadrimestre: extinguir cargos e funções, reduzir valores dos salários e, até mesmo, reduzir jornadas de trabalhos. Caso não sejam cumpridas as incumbências no prazo estabelecido, a prefeitura ficará impedida de receber transferências voluntárias, obter garantias e contratar operações de crédito.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Prefeitura de São Bernardo do Campo decreta luto oficial pela morte do vereador Ramon Ramos

Redação

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, anunciou luto oficial de três dias, pela morte do presidente da Câmara Municipal, o vereador Ramon Ramos (PDT), que faleceu na manhã deste último domingo (06), em decorrência de um acidente de carro, no bairro de Rudge Ramos. Vereador em terceiro mandato, Ramon Ramos tinha 43 anos e deixa dois filhos (21 e 9 anos).

Ramon Ramos faleceu em acidente de carro, neste último domingo (6) | Foto: reprodução 

"Imensurável o sentimento de tristeza ao receber a notícia do falecimento do presidente da Câmara e meu amigo, Ramon Ramos.  Trabalhador, alegre e com importantes serviços prestados à nossa cidade. Votos de profunda solidariedade à sua família e amigos. A cidade de São Bernardo está de luto", afirma Morando.

O velório ocorreu nas dependências da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo. Já o sepultamento foi realizado no Cemitério da Paulicéia.

Governo de São Paulo abre processo seletivo para diretores regionais de trabalho e empreendedorismo

Redação

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, em parceria com a Aliança, realiza o processo seletivo Time de Valor para a contratação de 16 diretores regionais de trabalho e empreendedorismo, que atuarão no controle operacional dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PAT) do Estado de São Paulo.

Serão contratados 16 diretores regionais de trabalho e empreendedorismo que atuarão nos PATs do Estado de São Paulo | Foto: reprodução  

As inscrições são gratuitas e vão até 11 de outubro. Na primeira etapa, os interessados devem fazer o cadastro pelo portal www.timedevalor.sp.gov.br. O profissional terá a missão de propagar e gerir os programas e políticas públicas de apoio ao trabalho e empreendedorismo, em uma das 16 regiões administrativas do Estado de São Paulo.

Os 16 diretores regionais devem assegurar o pleno funcionamento operacional dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PAT) que compõem sua região, bem como, atuar na ligação entre estes agentes locais e a Coordenadoria de Empreendedorismo, Renda e Trabalho (CERT).

Processo seletivo e requisitos
Para participar do processo seletivo, é necessário ter o ensino superior completo, quatro anos de experiência em assuntos relacionados ao cargo e dois anos em posições de liderança. Para o melhor desempenho deste cargo, o conhecimento e a vivência das principais características das regiões escolhidas são considerados importantes.

Aos candidatos que se inscreveram na etapa inicial, divulgada em janeiro, também é preciso preencher o cadastro na plataforma online para prosseguir nas próximas fases do processo seletivo.
A remuneração mensal inicial é de R$ 4.562 para 40 horas semanais. O funcionário contará com veículo oficial para desempenho de suas funções, além de vale-refeição de R$ 26,00 por dia e cartão combustível.

O cargo de diretor regional de trabalho e empreendedorismo, enquadrado como diretor técnico II, é um cargo em comissão estatutário de livre provimento do Governo do Estado de São Paulo.

Iniciativa
O processo seletivo Time de Valor é uma parceria entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e a Aliança. A instituição Aliança é formada por quatro organizações do terceiro setor – Fundação Brava, Fundação Lemann, Instituto Humanize e Instituto República.org. Juntas, as entidades têm como objetivo contribuir com serviços de gestão de pessoas no setor público e no terceiro setor. O acordo de cooperação técnica não envolve transferência de recursos financeiros para o Estado.

Jubileu de Ouro da Faculdade de Medicina do ABC tem lançamento de livro

Redação

A Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) completa 50 anos, em 2019, e programou uma série de eventos para o mês de outubro. O ponto de partida das comemorações será nesta quinta-feira (10), com o lançamento do livro “FMABC 50 anos: Histórias e Memórias”. Cerca de mil convidados são esperados entre 19h e 21h30, quando o reitor da FMABC – hoje Centro Universitário Saúde ABC –,David Everson Uip, comandará noite de autógrafos na Livraria da Vila do Shopping JK, na Vila Olímpia (Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 2041).

Reitor David Everson Uip comandará noite de autógrafos nesta quinta-feira (10), na Livraria da Vila do Shopping JK | Foto: divulgação 

Considerado um dos mais renomados infectologistas do País, Uip é ex-aluno da segunda turma de Medicina, de 1970. “FMABC 50 anos: Histórias e Memórias” é uma obra escrita pelas mãos dos protagonistas do cinquentenário: os ex-alunos! Cada uma das 50 turmas de Medicina se reuniu separadamente em restaurantes, na casa de seus integrantes ou até mesmo em confraternizações no campus universitário, a fim de relembrar momentos marcantes vividos na faculdade.

“São histórias reais, contadas por todas as turmas desta faculdade, e que retratam ano após ano a trajetória que transformou um antigo sítio na cidade de Santo André, no ABC Paulista, em um Centro Universitário de ponta, reconhecido dentro e fora do País”, comenta o reitor David Uip, que completa: “Ficou um livro espetacular, com passagens memoráveis e algumas histórias que eu nem sequer tinha conhecimento, apesar de ser aluno da segunda turma e participar ativamente das atividades da escola desde o início”.

Curiosidades, fatos marcantes, bastidores e fotos célebres dão o tom da publicação, feita com capa dura. Os médicos e ex-alunos Guilherme Andrade Peixoto e Roberto Picarte Milani assinam o projeto como editores executivos, auxiliados por grupo de jornalistas do Bem-Estar Conteúdo.

Mês de homenagens
O lançamento do livro de 50 anos é apenas o início de um mês repleto de atividades. Em 14 de outubro, às 19h, a Câmara Municipal de São Caetano do Sul agendou ato solene pelo Jubileu de Ouro. No dia 25, as comemorações terão continuidade em São Bernardo do Campo, às 19h30, no Centro de Formação dos Profissionais da Educação, o Cenforpe. Será uma noite especial, com muitas homenagens, lembranças de momentos marcantes e entrega da Medalha João Ramalho pela Câmara Municipal.

A programação científica será contemplada em 26 de outubro, das 9h às 13h, em um evento no campus universitário para cerca de mil pessoas. Serão diversos simpósios e atividades simultâneas conduzidas pelas disciplinas nos anfiteatros da instituição, que reunirão docentes, alunos e ex-alunos. No mesmo dia 26, à noite, ocorrerá a grande festa pelos 50 anos da FMABC. Quase 2 mil convidados são aguardados para um jantar especial no Expo Barra Funda, na Capital.

Todas as atividades estão sob responsabilidade da Reitoria do Centro Universitário Saúde ABC e da Associação dos Ex-Alunos da Faculdade de Medicina do ABC (ASSEX).

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Uso de copos descartáveis será abolido da Câmara de Santo André

Redação

Uma campanha interna na Câmara Municipal de Santo André  deve extinguir o uso de copos descartáveis no legislativo. A iniciativa denominada “Fora Copo” foi idealizado pelo presidente Pedrinho Botaro e tem início previsto para a próxima segunda-feira (07).

A princípio, os copos plásticos serão retirados das áreas de convivência as segundas e sextas-feiras | Foto: reprodução

“A ideia é promover uma reflexão mais ampla sobre o uso dos descartáveis, em geral, e que cada servidor traga sua própria caneca ou garrafa; além da economia gerada com a medida estamos visando também o impacto ambiental”, explica Botaro.

Com isso, os copos plásticos serão retirados das áreas de convivência as segundas e sextas-feiras e depois a ideia é que a ação seja adotada de forma permanente todos os dias da semana.

Campanha de vacinação contra o sarampo recomeça nesta segunda-feira

Redação

A partir de segunda-feira (7), começa a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em todos os postos de saúde, com foco em dois grupos. O primeiro vai de 7 a 25 de outubro, e  imunizará crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, com o dia D de vacinação em 19 de outubro. Já o segundo grupo, previsto para iniciar em 18 e novembro, será direcionado aos adultos na faixa-etária de 20 a 29 anos, que não estão com a caderneta de vacinação em dia.

Cronograma: de 7 a 25 de outubro, serão imunizadas crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, com o dia D de vacinação em 19 de outubro. Já o segundo grupo, previsto para iniciar em 18 e novembro, será direcionado aos adultos na faixa-etária de 20 a 29 anos | Foto: Marcelo Camargo/ABr

A meta é vacinar 2,6 milhões crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões adultos. Para isso, o Ministério da Saúde garantiu a maior compra de vacinas contra o sarampo dos últimos 10 anos. Ao todo, 60,2 milhões de doses da tríplice viral foram adquiridas para garantir o combate à doença nos municípios.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirma que: “Vacina é um direito da criança. Ela não consegue ir sozinha a uma unidade de saúde para se vacinar. Pais, responsáveis, avós chequem a carteira de vacinação como ato de respeito e de amor. Se estiver incompleta, leve a criança para tomar a segunda dose. Se a criança não tiver tomado nenhuma, ela deve tomar a primeira dose e, na sequência, a segunda”, explica.

Para incentivar a vacinação de crianças, o Ministério da Saúde irá disponibilizar R$ 206 milhões que serão destinados aos municípios que cumprirem duas metas estabelecidas pela pasta. Para receber esse recurso adicional, os gestores terão que informar mensalmente o estoque das vacinas poliomielite, tríplice viral e pentavalente e atingir 95% de cobertura vacinal contra o sarampo em crianças de 1 a 5 anos de idade com a primeira dose da vacina tríplice viral.

Desde o início do ano, foram distribuídas 25,5 milhões de doses da vacina tríplice viral para garantir a todos os estados a vacinação de rotina, as ações de interrupção da transmissão do vírus e a dose extra chamada de ‘dose zero’ a todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.

Dados do sarampo 
Nos últimos 90 dias, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados (RJ, MG, MA, PR, PI, SC, RS, CE, MS, PB, PE, PA, DF, RN, ES, GO, BA E SE). Os dados estão no novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (4/10).

Foram confirmados seis óbitos por sarampo no Brasil, sendo cinco em São Paulo e um em Pernambuco. Quatro óbitos ocorreram em menores de 1 ano de idade e dois em adultos com 31 e 42 anos.

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Semasa promove atividades para crianças neste mês

Redação

Em comemoração ao Dia das Crianças, 12 de outubro, o Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa) realizará em outubro atividades de educação ambiental para o público infantil.

A próxima edição da Feira de Troca de Brinquedos será no Parque Central, em 12 de outubro | Foto: Divulgação/Semasa

No próprio Dia das Crianças (12 de outubro) acontece mais uma edição de um evento de sucesso em Santo André, que permite a socialização entre os pequenos, novas amizades, a prática do desapego e novos objetos e materiais para se divertir. É a 3ª Feira de Troca de Brinquedos, que acontecerá novamente no Parque Central, das 10h às 17h. A atividade gratuita é simples: os participantes levam brinquedos que não usam mais, desde que estejam em bom estado, e trocam com os demais amiguinhos.

Outra atividade especial, desenvolvida pela primeira vez pelo Semasa, é o minicurso Criança e Ambiente: vivências na natureza urbana. Nesta formação, o objetivo é resgatar o contato dos pequenos com a natureza urbana, valorizando as áreas verdes, a exemplo de parques e praças, como espaços de lazer e de educação ambiental.

A iniciativa trará vivências e sugestões de atividades para familiares e educadores fazerem com as crianças, buscando criar elos, sentimento de pertencimento e cuidado com o meio ambiente. O minicurso ocorre em 23 e 30 de outubro, das 9h às 12h, no Centro de Referência em Educação Ambiental do Semasa (Rua Igarapava, 250, bairro Valparaíso). As inscrições podem ser feitas até o dia 21 no portal do Semasa, ou pelo telefone 4433-9846.

Minicurso de plantas medicinais e visita ao aterro 
Neste mês também acontece o minicurso Plantas Medicinais: uso racional e formas eficazes de aplicação doméstica para doenças de baixa gravidade.

Os participantes aprenderão sobre o uso racional das plantas medicinais, formas seguras e eficazes de cultivo e processamento, dentre outros. O minicurso será nos dias 18 e 25 de outubro, das 14h às 17h, no Centro de Referência em Educação Ambiental e no Parque Escola. As inscrições vão até o dia 14. Mais detalhes no portal do Semasa.

Além disso, no dia 26, das 9h30 às 11h30, a população poderá conhecer o Aterro Sanitário Municipal de Santo André, que está aberto desde 1986 e também abriga duas cooperativas de reciclagem que empregam cerca de 150 pessoas. Podem participar pessoas acima de 15 anos, sendo que menores de idade devem estar acompanhados de um responsável. O ponto de encontro é na própria entrada do aterro (Rua Fernando Costa, s/nº, Parque Gerassi). Para mais informações e inscrições clique aqui.