sexta-feira, 17 de maio de 2019

Dia Internacional contra a Homofobia: ações para mitigar a discriminação

Redação

Nesta sexta-feira (17) é celebrado o Dia Internacional contra a Homofobia. Em 1990, a Assembleia Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou a retirada da palavra homossexualismo, presente no código 302.0, da Classificação Internacional de Doenças. A OMS declarou que a homossexualidade não constitui doença, distúrbio ou perversão. A iniciativa simboliza a luta por direitos humanos e pela diversidade sexual, contra a violência e o preconceito.  Na mesma data, comemora-se o Dia Nacional de Combate à Homofobia e o Dia de Luta contra a Homofobia no Estado de São Paulo.

Em São Paulo, há 73 processos em andamento na Comissão Especial em Razão da Discriminação Sexual ou Identidade de Gênero | Foto: reprodução

O Estado de São Paulo é pioneiro na adoção de políticas públicas de enfrentamento à LGBTfobia.  Em novembro de 2001, foi promulgada a Lei Estadual nº 10.948, que pune administrativamente a discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero.

A Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual, da Secretaria da Justiça e Cidadania, acolhe as denúncias de discriminação via Ouvidoria. O formulário pode ser acessado no endereço eletrônico da Ouvidoria.

Por meio de convênio firmado entre a Secretaria da Justiça e o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, via CEJUSC - Centros Judiciários de Solução de Conflitos, é possível a resolução do conflito via mediação. Nos casos em que não há conciliação, a Comissão Especial em Razão da Discriminação Sexual ou Identidade de Gênero instaura processo administrativo com base na Lei 10.948. Atualmente, estão em andamento 73 processos na Comissão. A penalidade pode variar de advertência até multa de 1 mil UFESPs até 5 mil UFESPs.

A Pasta também promove campanhas e palestras de divulgação dessa legislação e de outros marcos legais referentes ao segmento LGBT.

Além disso, em 2012, o governo paulista lançou o Programa "São Paulo contra a Homofobia" que contou com a distribuição de material institucional incluindo camisetas, cartazes, folders, flyers e bottons.

O coordenador de Políticas para a Diversidade Sexual, Marcelo Gallego, explica que desde a retirada do termo homossexualismo das publicações de saúde, na década de 1990, a legislação voltada à comunidade LGBT tem avançado. Ele cita o Decreto Estadual nº 55.588/10, que dispõe sobre o tratamento nominal das pessoas transexuais e travestis nos órgãos públicos do estado de São Paulo.  "São Paulo acolhe pessoas de todo o mundo. Respeitar a orientação sexual e a identidade de gênero é lei!", destaca.

A partir da criação da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI), em 2006, a comunidade LGBT passou a contar com um serviço para reprimir delitos que envolvam homofobia e transfobia praticados por grupos ou indivíduos. O órgão recebe queixas de crimes de injúria, difamação e agressão. A vítima é acolhida e recepcionada por profissionais especializados.

Os boletins de ocorrência online e presenciais também passaram a ter campos específicos para inclusão do nome social, no caso de travestis, mulheres transexuais e homens trans, e para registrar se a motivação do crime foi homofobia ou transfobia.

Santo André tem palestras gratuitas sobre Mecânica Automotiva em maio

Da Redação

Em comemoração ao seu primeiro ano de atuação, a Escola do Mecânico de Santo André promove uma série de palestras gratuitas para população, na segunda quinzena de maio.

Foto: Divulgação
Durante os encontros, os participantes poderão saber mais sobre o condicionador Miralub, que tem como principal função reduzir o atrito entre as peças metálicas, criando uma película protetora antidesgaste, assunto que será abordado pela Radnaq Automotive.  Já a Valeo Service Sistemas Automotivos trará dados sobre as Novas tecnologias do setor. Por fim, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas) encerra o ciclo de palestras com a exposição do tema “O que você precisa saber para ter um negócio de sucesso”.

A Escola do Mecânico de Santo André oferece formação em Mecânica Automotiva completa, Lubrificação e Troca de Óleo, Elétrica e Injeção Automotiva, Mecânica de Motocicleta, Gestão de Negócio para o Segmento Automotivo, Balconista de Autopeças e Instalação de Som e Acessórios.

Em uma instalação de 430 metros quadrados, com quatro salas de aulas, além de um saguão para práticas, a Escola do Mecânico de Santo André oferece conteúdo em ambiente favorável ao estudante, com professores capacitados e especializados.

Serviço: Santo André tem palestras gratuitas sobre Mecânica Automotiva em maio

Quando:
- 17/5, às 18h: Miralub – Redutor de atrito (Radnaq Automotive);
- 24/05, às 18h:  Novas tecnologias do setor (Valeo Service Sistemas Automotivos);
- 31/05, às 19h: O que você precisa saber para ter um negócio de sucesso (Sebrae).

Endereço: Rua General Glicério, 607 – Centro – Santo André
Inscrições gratuitas pelo WhatsApp: 97698-1015| 99014 2215 (WhatsApp)

Sobre a Escola do Mecânico

Fundada em 2011, em Campinas, a Escola do Mecânico caminha a passos largos na formação e qualificação de mecânicos. Com aulas teóricas e práticas, os alunos trabalham com equipamentos de última geração e tecnologia de ponta, simulando a realidade de uma oficina. Mais informações: https://www.escoladomecanico.com.br/

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Inscrições para o Enem terminam nesta sexta-feira

Redação

Desde 6 de abril, 4,5 milhões de pessoas já se inscreveram para fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. As inscrições seguem abertas até sexta-feira (17) pela internet. O balanço do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) contabiliza os inscritos até às 10h de hoje (15).

As provas do exame serão aplicadas em dois domingos, nos dias 3 e 10 de novembro | Foto: Wilson Dias/ABr

No dia 17 também termina o prazo para solicitar atendimento especializado e específico e para alterar dados cadastrais, município de provas e opção de língua estrangeira.

O atendimento especializado é dirigido às pessoas que têm autismo, baixa visão, cegueira, deficiência auditiva, deficiência física, deficiência intelectual (mental), déficit de atenção, discalculia, dislexia, surdez, surdocegueira e visão monocular.

No ato da inscrição, os candidatos devem informar qual auxílio necessitam. É possível pedir uma hora a mais para resolver questões. O candidato precisa comprovar as necessidades especiais, por meio de laudos médicos.

Já o atendimento específico é dirigido às grávidas e mulheres que estão amamentando, idosos, estudante em classe hospitalar e outra situação específica a ser informada no momento da inscrição. Nesses casos, os recursos serão oferecidos conforme as necessidades do inscrito. Em 22 de maio será divulgado o resultado do pedido de atendimento especializado e específico.

Taxa de inscrição e provas 
A taxa de inscrição para o Enem é de R$ 85. Quem não tem isenção de taxa deve fazer o pagamento até 23 de maio em agências bancárias, casas lotéricas e Correios. As provas do exame serão aplicadas em dois domingos, nos dias 3 e 10 de novembro.

terça-feira, 14 de maio de 2019

Bolsonaro anuncia redução de 90% das normas de segurança no trabalho

Redação

Nesta última segunda-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro destacou a intenção do governo de reduzir em 90% as Normas de Segurança do trabalho (NRs) sob a justificativa de "desburocratizar" o setor. Entre as normas a serem reavaliadas está a que trata da utilização de maquinários. Segundo o especialista em Direito Trabalhista, do Lima & Lima Advogados, Igor Almeida Lima, ação seria supressão de direitos.

Sob a justificativa de "desburocratizar" o setor, Bolsonaro quer reduzir as NRs | Foto: Valter Campanato/ABr

Em sua conta do Twitter, foi publicado o seguinte: "Governo federal moderniza as normas de saúde, simplificando, desburocratizando, dando agilidade ao processo de utilização de maquinários, atendimento à população e geração de empregos", juntamente com um trecho de uma nota publicada pelo Ministério da Economia sobre a "simplificação" das normas.

Para o advogado Lima, a ação prejudicará o trabalhador. "O Brasil tem normas próprias constitucionais que objetivam a preservação e a valorização do trabalhador alinhadas com a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e pela experiência histórica que já tivemos, sabemos, hoje, que o liberalismo exacerbado em busca de maior produtividade não é benéfico e não deverá aumentar a taxa de empregos como dito", afirma Lima.

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Um inimigo do povo

*Por Elton Duarte Batalha

O debate sobre a liberdade de expressão foi aprofundado nos últimos tempos no Brasil devido a diversos incidentes. O último, de consequências sérias para a noção de democracia, ocorreu em meados de abril, quando o Supremo Tribunal Federal (STF), por decisão monocrática do Ministro Alexandre de Moraes, determinou a proibição de publicação da revista Crusoé, que trazia como matéria principal um artigo relacionado ao Ministro Dias Toffoli, com base em declaração feita pelo empreiteiro Marcelo Odebrecht referindo-se à autoridade judicial mencionada como "o amigo do amigo de meu pai". Baseado na alegação de que tal informação era falsa e ofensiva, Moraes vedou a circulação do material, aquecendo a discussão nacional sobre a democracia.

É inegável que a liberdade de expressão é direito fundamental, com fulcro no artigo 5º da Constituição da República de 1988, e, portanto, constitui elemento inerentemente ligado à existência digna de um ser humano.

Deve-se notar, porém, que o referido direito não é absoluto, sendo limitável havendo eventual colisão com outro direito fundamental, como é o caso do direito à honra, por exemplo. Quando tal fenômeno ocorre, observa-se o princípio da proporcionalidade, buscando-se preservar o máximo de eficácia possível dos elementos jurídicos sob análise.

Ainda que não seja absoluta, a liberdade de expressão na seara da informação jornalística é plena, conforme estabelece o artigo 220, § 1º, do Texto Maior, sendo limitada, assim, apenas nos termos da própria Constituição. Esse aspecto é de fulcral relevância dada a íntima ligação entre a existência de uma imprensa livre e o vigor da democracia em determinado território. Sem o trabalho desimpedido daquela, baseada em seus respectivos critérios técnicos, não há formação de uma opinião pública autêntica, desvinculada da informação oficial emitida pelo governo. Há, com efeito, relação de mútua dependência e retroalimentação entre imprensa e democracia.

É justo que uma pessoa, sentindo-se ofendida pela manifestação do pensamento de outrem, procure reparação no âmbito civil, por exemplo. Há, entretanto, uma precedência temporal da liberdade de expressão em relação à defesa da honra. Entendimento contrário, por melhor que seja a intenção protetiva, ensejará a censura da manifestação livre de pensamento, como ocorreu no caso envolvendo a revista Crusoé. A liberdade tem seu valor realçado, ao se tratar da imprensa, dada a instrumentalização desta na formação da opinião pública pelo trabalho dos jornalistas. A melhor forma de regular a imprensa ocorre por meio da avaliação da coletividade em que está inserida, com base na credibilidade que o meio de comunicação ostenta socialmente.

Atualmente, as pessoas estão cada vez mais desacostumadas a lidar com desconfortos dos mais diversos tipos, dadas às grandes facilidades propiciadas pela vida moderna. Os problemas de conforto, na terminologia de Greg Lukianoff, são perigosos para o âmbito democrático, pois elevam o nível de intolerância à crítica, fato em si lamentável, pois inviabiliza-se a possibilidade de reflexão do ente criticado, o que permitiria o crescimento pessoal e, em último sentido, a evolução da sociedade. O STF, instituição essencial para o país e guardião da Constituição, documento de máxima relevância política e jurídica, deve observar tais aspectos extrajurídicos antes da tomada de qualquer decisão.

A imprensa livre é instrumento na busca da verdade (mesmo que provisória) e não pode ser vista como um ente adversário do povo. Nesse sentido, é importante lembrar as palavras de Dr. Stockmann na obra de Henrik Ibsen cujo título foi usado no presente artigo: "o inimigo mais perigoso da verdade e da liberdade, entre nós, é a enorme e silenciosa maioria dos meus concidadãos. Esta massa amorfa, é ela!". Mais à frente, a mesma personagem arremata: "somente o pensamento livre, as ideias novas, a capacidade de um pensar diferente do outro, o contraditório, podem contribuir para o progresso material e moral da população". Os brasileiros precisam, portanto, manter-se atentos quanto à manutenção do direito fundamental da liberdade de expressão, pois ele representa sustentáculo do regime democrático e fomenta, na condição de sobredireito, a criação e garantia dos demais instrumentos necessários para que todos tenham uma vida digna em território nacional.

*Elton Duarte Batalha é professor de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, advogado e doutor em Direito pela USP.

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Deputado Alexandre Padilha participa de debate sobre Previdência em Santo André

Da Redação 

Na próxima segunda-feira (13) o deputado federal Alexandre Padilha (PT) estará na Câmara Municipal de Santo André, às 19h, para participar de Audiência Pública que debaterá os impactos da  Reforma da Previdência proposta pelo atual governo para as Mulheres.

Impacto da reforma proposta pelo governo federal
será tema de Audiência Pública | Foto: Reprodução 
Padilha estará acompanhado da vereadora andreense Bete Siraque (PT), da socióloga do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Adriana Marcolino, do docente da Universidade Federal do ABC (UFABC), Sidney Jard, e da socióloga Arlene Ricoldi, também da UFABC.

A atividade foi proposta pelos membros da Subcomissão Especial da Seguridade da Mulher, da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, da qual Padilha é membro titular, para que o debate seja levado aos estados afim de subsidiar o relatório que será apresentado a Comissão. Após a conclusão deste processo, projetos de lei e outras medidas poderão ser apresentadas no Congresso Nacional em defesa da aposentadoria digna para as mulheres. 

Serviço: 
Audiência Pública - O impacto da Reforma da Previdência para as Mulheres
Local: Câmara Municipal de Santo André -  Praça IV Centenário - Paço Municipal
Horário: 19h

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Bolsonaro assina decreto que muda regras sobre utilização de armas

Redação com ABr

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta última terça-feira (7), em cerimônia no Palácio do Planalto, o decreto que regulamenta a posse, o porte e a comercialização de armas. A íntegra da nova norma foi publicada ontem (8) no Diário Oficial da União.

Bolsonaro atende compromisso de campanha com decreto sobre armas | Foto: Reprodução o

Entre as mudanças, o governo sobe de 50 para mil o limite de cartuchos de munições que podem ser adquiridos por ano pelos caçadores, atiradores esportivos e colecionadores, os chamados CACs, além de autorizar o transporte de armas carregadas e municiadas no trajeto entre a casa do portador e os clubes de tiro, o que estava proibido.

Além disso, o decreto autoriza que profissionais como advogado, oficial de justiça, profissional da imprensa que atue na cobertura policial, motorista de empresas, caminhoneiro, por exemplo, tenham o porte de armas.

O decreto também permite a livre importação de armas e munições, amplia o prazo de validade do certificado de registro de armas para dez anos, bem como todos os demais documentos relativos à posse e ao porte de arma.

"Eu estou fazendo algo que o povo sempre quis, levando-se em conta o referendo de 2005 (que manteve o comércio de armas no país). O governo federal, naquela época, e os que se sucederam, simplesmente, via decreto, não cumpriram a legislação e extrapolaram a lei, não permitindo que pessoas de bem tivessem mais acesso a armas e munições", diz Bolsonaro.

Foi também ampliado o uso da arma de fogo para moradores de áreas rurais. Até então, o uso era permitido apenas na propriedade. Com a nova lei, está autorizado o uso em todo o perímetro do terreno. Também há uma permissão expressa na norma para que estabelecimentos credenciados pelo Comando do Exército possam vender armas, munições e acessórios. Na prática, isso deve ampliar o número de estabelecimentos comerciais que vendem armas de fogo.

Outra mudança introduzida pelo decreto é a garantia do porte de arma a praças das Forças Armadas com estabilidade assegurada, que tenham pelo menos dez anos de serviço, além de garantia das condições do porte a militares inativos.

Posse x porte
O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa, ou no local de trabalho. Já para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte.

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Guaraná Antarctica convoca marcas para apoiar o futebol feminino no Brasil

Da Redação

Todo grande evento esportivo merece uma convocação. Afinal, é nas grandes competições que encontramos as melhores atletas de todo o mundo. E no ano do principal torneio de futebol feminino do planeta, Guaraná Antarctica veste a camisa da Seleção Brasileira e convoca outras marcas para um movimento de apoio ao futebol feminino no país. Se a modalidade é a mais amada pelo brasileiro, não existe momento melhor para mostrar que a equipe feminina também é um orgulho da nação, ou melhor, “É Coisa Nossa”. Ou você ainda acha que as mulheres não sabem jogar ou até mesmo participar de uma propaganda?

Quando o assunto é futebol, ainda é comum ver uma valorização maior dos homens em relação às mulheres. A maior competição da modalidade está perto de começar e quantas propagandas com a participação das atletas você já assistiu? Se o assunto fosse o time masculino, a resposta seria: “Várias”. Mas como estamos falando da equipe feminina...

Foto: Divulgação 
E para mudar esse panorama, Guaraná Antarctica, patrocinador das seleções brasileiras masculina e feminina de futebol há 18 anos, assume o papel de um bom treinador e inicia a busca por um time ideal para apoiar o futebol feminino. Ao admitir que usou pouco as esportistas mulheres em suas próprias propagandas, a marca quer incentivar outras empresas a abrir as portas para as jogadoras em suas campanhas. Talentosas dentro de campo, elas também podem representar qualquer marca longe das quatro linhas. E para ajudar nessa convocação, nada melhor do que chamar algumas especialistas no assunto. Por isso, a marca de refrigerante conta com a atacante Cristiane, a meia Andressinha e a lateral-direita Fabi Simões nessa campanha.

“Neste ano, Guaraná Antarctica tem a proposta de valorizar tudo o que o Brasil tem de bom, tudo o que É Coisa Nossa. E uma das coisas boas do país é o futebol feminino. Queremos mostrar para as pessoas todo o potencial dessas meninas, todo o sucesso que elas já alcançaram e tudo o que ainda podem alcançar”, afirmou Daniel Silber, gerente de marketing de Guaraná Antarctica.

Convidadas por Guaraná Antarctica, as três atletas estiveram em um ensaio fotográfico simulando a participação em propagandas de diversos segmentos, como beleza, produtos esportivos, cartão de crédito, entre outros. A ideia é que essas imagens sejam negociadas com as marcas interessadas e que o valor arrecadado com a venda seja dividido entre as jogadoras e o Joga Miga, um projeto sem fins lucrativos, que conecta mulheres que querem jogar futebol.

“É sempre muito importante quando uma marca abre espaço para o futebol feminino no Brasil. Mesmo com todo o sucesso nos últimos anos, ainda não existe muito espaço para as jogadoras. Com essa iniciativa, esperamos que essa situação mude”, declarou a atacante Cristiane.

Para a lateral-direita Fabi Simões, o futebol feminino no Brasil é muito maior do que apenas uma só atleta ou a Seleção. “Temos diversas jogadoras que lutam por um espaço, e ter o apoio das marcas ajuda muito a abrir caminho para as mais jovens, que buscam mais visibilidade”, destacou a atleta.
“Precisamos cada vez mais de iniciativas e oportunidades como essa. O Brasil está cheio de talentos e atletas que buscam uma oportunidade. Mas, muitas vezes, por falta de apoio, elas precisam desistir. Agora, esperamos que essa situação mude”, completou a meia Andressinha.

“Uma das principais preocupações do futebol feminino no Brasil sempre foi com a falta de apoio. O Joga Miga surgiu para dar mais visibilidade para a modalidade em diversas frentes, seja na prática esportiva, seja com análises, tornando os times e atletas profissionais mais visíveis, ou com ações digitais colaborativas. Contar com essa iniciativa, ajuda não somente o nosso projeto, mas toda a modalidade”, disse Nayara Perone, responsável pelo projeto.

E nessa seleção de marcas, não existe limite de convocados. A ideia é juntar o maior número de parceiros para apoiar essa causa. Para participar, as empresas podem escolher as imagens no Instagram de Guaraná Antarctica e entrar em contato com a marca também pelas redes sociais.

A ação, criada pela AlmapBBDO, é contada no filme chamado Seleção Feminina “É Coisa Nossa”: https://www.youtube.com/watch?v=8wsDd_MqXwM.

Praça da Cidadania será construída em Santo André

Redação

O Jardim Santo André ganhará um novo equipamento, que oferecerá lazer, capacitação profissional e geração de renda para a população. Chamado de Praça da Cidadania, o espaço contará com cursos e oficinas, apoio jurídico, quadra poliesportiva, horta social, comércio, coworking, wi-fi, estação de gestão de resíduos e parque infantil, além de uma agência do Banco do Povo para análise e aprovação de microcrédito. Segundo nota da Prefeitura, a "expectativa é que a obra seja finalizada entre setembro e início de outubro". 

A construção da unidade terá custo aproximado de R$ 3 milhões e será realizada  em parceria com a iniciativa privada | Foto: Ricardo Trida/PSA

A obra é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Santo André. Nesta sexta-feira (3), a primeira-dama do Estado de São Paulo e presidente do Conselho do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria, esteve no Paço Municipal para apresentar detalhes do projeto e na sequência realizou vistoria no local onde funcionará o equipamento.

A Praça da Cidadania de Santo André será a primeira a funcionar fora da capital paulista. Também está em implantação uma unidade no Capão Redondo, bairro da zona sul de São Paulo.

“Desde abril a Praça em Santo André começou com atividades de agroecologia envolvendo a horta social, com o plantio de árvores frutíferas, além das aulas de beleza e moda que começaram antes mesmo do início das obras. Estou ansiosa para a realização deste trabalho”, comenta a primeira-dama do Estado de São Paulo, Bia Doria.

Entre os cursos que integrarão o projeto da Praça da Cidadania estão as disciplinas Bioconstrução; Moda, Casa, Papelaria e Artesanato; Beleza, Estética e Bem-estar; Gastronomia e Hospitalidade; e Escola de Informática.

A primeira-dama e presidente do Núcleo de Inovação Social, Ana Carolina Barreto Serra, também comemorou a iniciativa. “Sentimento de orgulho receber a confiança do Governo do Estado para atender uma região vulnerável de Santo André. Contamos com um trabalho intersetorial entre poder público, iniciativa privada e a comunidade para construir um equipamento de uso para todos, com valor social agregado. Será fundamental para conseguirmos levar rápida capacitação profissional com dignidade para as pessoas que mais precisam”.


A manutenção e administração das Praças da Cidadania serão feitas por um conselho gestor constituído pela comunidade, Fundo Social de São Paulo, CDHU, Prefeitura e demais órgãos envolvidos no projeto. A construção da unidade terá custo aproximado de R$ 3 milhões e será realizada  em parceria com a iniciativa privada.

terça-feira, 7 de maio de 2019

General Motors comunica recall do Tracker

Redação

A General Motors Mercosul convocou nesta última segunda-feira (6) os proprietários dos veículos modelos Chevrolet Tracker 2017 a 2019, chassis HL270629 a KL354972, com data inicial e final de fabricação de 1º de julho de 2017 a 4 de abril de 2019, a agendarem junto a uma concessionária da marca a inspeção e eventual substituição do braço de controle dianteiro (bandeja de suspensão). O início do atendimento está previsto para agosto de 2019.

Em alguns casos, o carro pode apresentar problema na bandeja de suspensão | Foto: reprodução

O anúncio envolve também proprietários do Chevrolet Tracker, modelos 2014 em diante, que adquiram ou substituíram o braço de controle dianteiro (peça genuína GM) entre 1º de janeiro de 2018 e 2 de maio de 2019. A montadora identifica os veículos Chevrolet Tracker modelos 2015 a 2017, chassis FL187750 a HL276782, com data inicial e final de fabricação de 30 de janeiro de 2015 a 30 de junho de 2017.

Em relação ao chamamento, a montadora informa ter detectado que, em alguns casos, o braço de controle dianteiro pode apresentar um cordão de solda fora do especificado. Ao longo do tempo e em casos raros, essas não conformidade pode causar fadiga e quebra do componente, fazendo com que o braço inferior de controle se separe parcialmente do veículo. Caso isso ocorra, a roda dianteira poderá deslocar-se de sua posição original, afetando a dirigibilidade, aumentando o risco de colisão e comprometendo a segurança de seus ocupantes.

Para agendamento e mais informações, a General Motors disponibiliza o telefone 0800 702 4200 e o site.

Mercedes-Benz 
Já no último dia 3, foi a Mercedes-Benz do Brasil quem convocou os proprietários dos veículos modelos GLC 250 4MATIC Sport e GLC 250 4MATIC Coupé, abaixo identificados, a agendarem junto a uma concessionária da marca, a substituição da caixa de direção.

Identificação dos veículos envolvidos:
GLC 250 4MATIC Sport chassis (não sequenciais) WDC0G4GW5KF508004 fabricação julho de 2018
GLC 250 4MATIC Coupé chassis (não sequenciais) WDC0J4GW7KF502237 fabricação agosto de 2018

No comunicado, a empresa informa ter constatado a possibilidade do sensor interno de posição da direção elétrica não atender às especificações técnicas. Essa inconformidade pode ocasionar falha na detecção de variações de rotação do motor elétrico e, em situações extremas, levar à desativação do sistema de assistência de direção, afetando a dirigibilidade do veículo e aumentando o risco de acidentes e danos físicos e/ou materiais aos ocupantes do veículo e/ou terceiros.

Para agendamento e mais informações, a Mercedes-Benz disponibiliza o telefone 0800 970 9090 e o site.

segunda-feira, 6 de maio de 2019

Começam as inscrições para o Enem 2019

Redação com ABr

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 começou nesta segunda-feira (6). O processo será feito exclusivamente pela internet, até o próximo dia 17, por meio da página do participante. As provas serão realizadas em 3 e 10 de novembro. A taxa de inscrição custa R$ 85 e deve ser paga até o dia 23 de maio, de acordo com o cronograma do exame.

As provas serão realizadas em 3 e 10 de novembro | Foto: iStockphoto

O participante terá até 17 de maio para atualizar dados de contato, escolher outro município de provas, mudar a opção de língua estrangeira e alterar atendimento especializado e/ou específico. Após esse prazo, não serão mais permitidas mudanças.

Além disso, o candidato que precisar de atendimento especializado e específico deve fazer a solicitação durante a inscrição. O prazo para pedidos de atendimento por nome social vai de 20 e 24 de maio.

Quem já concluiu o ensino médio, ou vai concluir ainda este ano, pode usar as notas do Enem, por exemplo, para se inscrever em programas de acesso à educação superior, de bolsas de estudo ou de financiamento estudantil.

A prova também pode ser feita pelos chamados treineiros – estudantes que vão concluir o ensino médio depois de 2019. Neste caso, os resultados servem somente para autoavaliação, sem possibilidade de o estudante concorrer efetivamente às vagas na educação superior ou para bolsas de estudo. Esses participantes devem declarar ter ciência disso já no ato da inscrição.

Cartão
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibiliza, a partir de outubro, no mesmo site, o cartão de confirmação. O documento informa o número de inscrição e as datas, os horários e o local das provas. A recomendação do ministério é que o candidato leve o documento nos dois dias de prova.

Isenção
Mesmo quem solicitou a isenção da taxa precisa se inscrever. Estudantes que entraram com recurso relacionado ao pedido de isenção já podem verificar o resultado. As informações foram divulgadas na última quinta-feira (2) no Sistema Enem. É necessário fazer login para acessar o resultado.

Três perfis de participantes têm direito à isenção na taxa de inscrição – estudantes da última série do ensino médio, em 2019, em escolas públicas declaradas ao censo escolar; estudantes com renda familiar menor que um salário mínimo e meio por pessoa e que cursaram o ensino médio na rede pública, ou com 100% de bolsa na rede privada; e estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica membros de famílias de baixa renda inscritas no Número de Identificação Social (NIS), com renda familiar mensal de até três salários mínimos, ou de até meio salário mínimo por pessoa.

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Inscrições para o cargo de conselheiro tutelar de Mauá terminam em 13 de maio

Redação

A cidade de Mauá está com 30 vagas abertas (15 titulares e 15 suplentes) para o cargo de conselheiro tutelar, para o mandato de 2020 a 2024. Segundo informações da Prefeitura de Mauá, até o momento, há apenas 16 inscritos. Interessados podem se inscrever até 13 de maio, pelo portal da Prefeitura.

Os aprovados no concurso passarão por curso de capacitação, antes atuarem no cargo | Foto: Shutterstock

O salário para a função é de R$ 2,6 mil. Os pré-requisitos para participar da seleção são: ter mais de 21 anos, residir em Mauá e ter domicílio eleitoral há, pelo menos, três meses, ser aprovado em prova escrita que vai apurar os conhecimentos específicos sobre legislação sobre os direitos da criança e do adolescente, entre outros.

Para a prefeita Alaide Damo, as vagas são uma ótima oportunidade de ajudar crianças e adolescentes em situações de vulnerabilidade no município. "Ter um trabalho como conselheiro é dignificante e dá um retorno social para Mauá, garantindo a aplicação de medidas protetivas aos menores", avalia a prefeita.

Após o resultado da aprovação, os conselheiros passarão por um curso de capacitação e serão diplomados antes de tomar posse.

quinta-feira, 2 de maio de 2019

Câmara de São Bernardo suspende licitação para agências de publicidade; TCE pede esclarecimentos

Por Vitor Lima

A Câmara de São Bernardo do Campo suspendeu o processo licitatório, que contrataria nova agência de publicidade para a Casa, no valor de R$ 3 milhões. A decisão divulgada na última terça-feira (30), foi tomada paralelamente ao exame prévio do edital feito pelo Tribunal de Contas do Estado, a pedido de quatro representantes.

Conselheiro do TCE notifica e solicita esclarecimentos ao prefeito | Foto: Reprodução
Os representantes procuraram o órgão e contestaram o edital de concorrência pública por diversos fatores. Os requerentes apontam que a convocatória da Câmara é uma cópia do processo licitatório feito pela Câmara de São Caetano do Sul, no ano passado.

De acordo com as denúncias, a redação dos dois casos é a mesma e consta no texto, inclusive, um link para página da internet da Câmara de São Caetano para quem quiser tirar dúvidas. Além do texto idêntico ao da concorrência feita em São Caetano do Sul, os denunciantes também notaram similaridades com os atos convocatórios feitos em Ribeirão Pires e Santo André – nos três casos, a empresa vencedora foi CIN – Comunicação Integrada.
Documento da Câmara que comunica a suspensão da licitação não
apresenta justificativas para a decisão | Foto: Reprodução 

Também existem contestações sobre os critérios adotados para definir o vencedor do certame. O edital prevê que a qualidade técnica da proposta terá peso 0,80 e preço terá peso 0,20 na tomada da decisão. Para os denunciantes, o pouco peso dado ao preço cria condições favoráveis para a manipulação do vencedor da disputa.

Por essas e outras diversas denúncias, o conselheiro do TCE, Sidney Estanislau Beraldo, notificou o prefeito Orlando Morando a encaminhar as “razões de defesa que entender pertinentes”. No documento, Beraldo determina o prazo de 48 horas, a partir da publicação da decisão no Diário Oficial do Estado, para que a defesa seja encaminhada. Após este período e análise da defesa (se houver), a Corte decidirá sobre a concessão da liminar pleiteada pelos requerentes.

Estranhamente, o conselheiro não notificou o presidente da Câmara e responsável pelo edital, Ramon Ramos, sobre esta representação cautelar.

Um grande futuro começa com grandes professores

Este artigo foi escrito em celebração ao Dia Internacional da Educação, comemorado no último domingo, 28 de abril

Por Kelly Maurice* 

As incertezas sobre o futuro do mercado de trabalho, vindas do advento tecnológico e suas constantes mudanças de paradigmas, atingem em cheio a sociedade global. Enquanto carreiras tradicionais deixam de existir todos os dias, novos empregos que ainda nem imaginamos começam a ser desenvolvidos dentro de pequenas empresas que se tornarão, em um futuro próximo, gigantescas corporações. Isso torna o trabalho de professores e formuladores de políticas públicas educacionais cada vez mais difícil, além de, em última instância, afetar uma geração inteira de jovens sonhadores ávidos para entrarem no mercado de trabalho.

Se o cenário descrito acima já é complexo e de difícil solução para as grandes potências mundiais, há uma preocupação ainda maior em relação aos países em desenvolvimento. Enquanto países ricos da América do Norte, Ásia e Europa investem na preparação de seus jovens para o futuro do planeta, na América Latina os baixos índices de avaliação da educação em países como México e Brasil, os dois focos de atuação da organização Educando, desafiam educadores a criar políticas eficientes com baixo nível de investimento.
Foto: Divulgação 

As deficiências em educação básica e inovação são dois problemas que devem ser encarados com seriedade e planejamento estratégico de longo prazo. Alguns exemplos globais, no entanto, mostram que a criatividade é uma das formas de sair dessa armadilha. Foi assim com o professor queniano Peter Tabichi, que venceu recentemente o Global Teacher Prize (“Prêmio Professor Global) de 2019. Conhecida como o "Nobel da Educação", a premiação de US$ 1 milhão reconhece as grandes contribuições dos professores. Tabichi, cujos estudantes enfrentam percalços como fome e gravidez na adolescência, doa 80% de seu salário para ajudar alunos com uniformes e material escolar na Escola Secundária Keriko Mixed Day, no vilarejo de Pwani, Vale do Rift, no Quênia. Ele ainda fundou um grupo de formação de talentos e expandiu o Clube de Ciências local. Resultado: 60% deles são qualificados para competições e já faturaram vários prêmios internacionais, entre eles o Royal Society of Chemistry.

No Brasil, dados do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB), principal indicador da qualidade da educação básica no país, divulgados pelo MEC no final de 2018, revelam que nenhum dos estados atingiu a nota estabelecida para o Ensino Médio, ficando em 3,8 em uma escala de 10, quando a meta seria 4,7. Além disso, dentre 46 países onde a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) realiza estudos, o País é apenas o antepenúltimo em geração de profissionais aptos a atuar em mercados de trabalho como animação, arquitetura, design, tecnologia, biomedicina, computação, engenharia e tantos outros: apenas 17%.

As notas médias do mais recente Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), realizado em 2018, antecipam esses resultados. Os estudantes brasileiros estão em retração no que tange aos estudos das Ciências da Natureza. A nota média em física, química e biologia caiu de 510,6 para 493 pontos.
Acreditamos que um caminho para transformar essa realidade passa por uma tendência mundial nos países desenvolvidos: o método STEM (acrônimo em inglês usado para designar Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática – Science, Technology, Engineering, and Mathematics). Pretendemos estimular a inovação nas escolas por meio de nossos programas STEM Brasil, criado em 2009, e STEM México, recém-lançado em 2018. Com pequenas adequações aos currículos específicos de cada país, ambos são projetos com foco na capacitação de professores de escolas públicas. Apenas com a melhoria da qualidade desses professores seremos capazes de realizar uma mudança sistêmica capaz de atingir o maior número possível de alunos.

A missão da Educando é oferecer capacitação de altíssima qualidade e apoio contínuo a professores e diretores de escolas públicas no México e Brasil com o objetivo de impactar a educação de maneira sistêmica. Investir na formação dos professores é a maior garantia de que esse conhecimento vai se espalhar pelas novas gerações. A educação é a grande ferramenta para que países como México e o Brasil deixem os problemas para trás e encarem um novo ciclo de desenvolvimento econômico. Precisamos preparar hoje os estudantes para o amanhã. Um grande futuro começa com grandes professores.

*Kelly Maurice é Diretora Executiva da Educando by Worldfund (educando.org)

Planetário de Santo André tem sessões com audiodescrição

Redação

O Planetário e Cinedome Digital de Santo André passa a oferecer duas opções de sessões inclusivas todo último domingo do mês. O recurso, que consiste na tradução de imagens com palavras, alternada com o som original e os diálogos, tem como objetivo proporcionar uma experiência mais completa e, consequentemente, mais emocionante, aos deficientes visuais.

Sessões com adiodescrição ocorre no último domingo do mês | Foto: Angelo Baima/PSA

A novidade começou no último domingo (28), com o filme “Aniversário do Pingo”, voltado ao público infantil, e “A Conquista de um Sonho”, para o público infantojuvenil e adulto.

A audiodescrição é opcional, conforme explica o coordenador técnico do Planetário, Luiz Cláudio Pereira: “Quem opta por assistir com audiodescrição recebe fones de ouvido na entrada, para que ouça o filme com a descrição das imagens projetadas na cúpula, em alguns momentos-chave, e com o som original e os diálogos também”.

A adaptação foi feita pela empresa Ver com Palavras Audiodescrição, e a equipe do Planetário e Cinedome de Santo André ficou responsável por sincronizar estas inserções de descrições com as partes em que o som é original. O processo de adaptação de um filme para audiodescrição demora, em média, oito meses.

Para o coordenador do Planetário, Thiago Wenzler, a audiodescrição é muito importante no processo de educação e de inclusão. "É preciso voltar os olhares para a produção de materiais pedagógicos para crianças e adolescentes portadores de deficiência visual, o que permite a equiparação de oportunidades e o acesso aos conteúdos de suma importância. Por isso, o Planetário e Cinedome de Santo André tem sido cada vez mais efetivo na produção de conteúdos inclusivos”, destaca.

Para Gabriel Ferreira, deficiente visual de 11 anos, que gosta muito de astronomia, a experiência de acompanhar uma sessão com audiodescrição foi emocionante. “Foi um dia muito incrível pra mim, pois eu pude “ver” os planetas, o sol, as estrelas e fiquei encantado. Como a astronomia é muito visual, com a audiodescrição pude ter muito mais informações e detalhes. Ganhei muito conhecimento nesse dia”, conta.

Além das sessões com audiodescrição, no último sábado de cada mês, às 13h30, também acontecerá uma sessão extra chamada “Efemérides”, que abordará a configuração do céu e os fenômenos astronômicos que acontecerão no mês seguinte.

O planetário fica dentro da Sabina Escola Parque do Conhecimento, que está localizada na Rua Juquiá, s/nº, Vila Eldizia, em Santo André.