quinta-feira, 19 de setembro de 2019

“ExpoCanada” ocorre em Santo André na próxima semana

Redação

Blue Tree Towers All Suites (Avenida Portugal, 1464, Vila Bastos), em Santo André, sedia na próxima terça-feira (24) a ExpoCanada, das 19h às 21h. Durante a feira gratuita os participantes terão a oportunidade de conversar diretamente com autoridades sobre estudos de inglês, graduação, pós-graduação, especialização, entre outros temas, no Canadá. O evento é ideal para quem deseja estudar, morar, trabalhar, imigrar ou apenas passar um tempo no país.

Na ExpoCanada será abordado os principais temas para quem deseja estudar ou morar no Canadá | Foto: reprodução 

Quem deseja buscar mais informações sobre imigração e as oportunidades de trabalho e estudo, pode conferir a palestra (paga) do especialista no assunto, Ed Santos, consultor de imigração credenciado pelo Consultores de Imigração do Conselho Regular do Canadá (ICCRC), membro da Associação Canadense dos Consultores de Imigração Profissional (CAPIC) e cofundador da Canada Intercambio.

A maior dificuldade do brasileiro para se candidatar à imigração está no idioma. Saber falar o idioma, comprovado através de testes oficiais, é a porta de entrada para iniciar o processo de imigração. Santos explica que o processo funciona como uma triagem e quanto maior os pontos obtidos em cada categoria (idade, formação, nível de conhecimento da língua, experiência profissional, adaptabilidade, entre outros), maiores são as chances de ter sucesso na solicitação. “O candidato que tem conhecimento da língua francesa e experiência profissional ou educacional terá ainda mais oportunidades no Canadá”, completa.

Os principais assuntos que serão discutidos na palestra são: Os desafios e oportunidades no país; cases de sucesso (imigração de formas distintas); como se qualificar no Canadá através de estudo (High School, College, entre outros); a volta do profissional qualificado ao Brasil; e imigração através de estudos – processos imigratórios (passo a passo da imigração, processos, prazos e custos).

Multicultura, educação de qualidade e oportunidades de carreira e desenvolvimento profissional são alguns dos motivos pelos quais o Canadá é um dos destinos favoritos dos brasileiros, para morar, estudar e investir em negócios.


UNIP Anchieta promove atividade de orientação profissional gratuita para estudantes

Redação

Para auxiliar quem está na dúvida de qual carreira seguir, a UNIP Anchieta promove o evento gratuito Um Dia no Campus em 17 de outubro, das 12h às 16h, com o intuito de auxiliar os jovens, que ainda se sentem indecisos sobre esta situação.

Evento gratuito será na Unip que fica na Rua Francisco Bautista, 300 (Km 12 da Via Anchieta) | Foto: reprodução

Na ocasião, será possível: tirar dúvidas com coordenadores e professores; fazer uma visita monitorada pelo campus e pelos laboratórios, que farão parte da carreira escolhida; visitar aos estandes dos cursos; ter orientação profissional; obter auxílio na elaboração de currículo; além de participar de minicursos nas áreas de informática, massagens de mãos, sucos funcionais, avaliação antropométrica, ciências biológicas, orientação nutricional e oficinas de conforto ambiental, desenho e aferição de pressão.

Interessados devem se inscrever pessoalmente no campus (Rua Francisco Bautista, 300 - Km 12 da Via Anchieta), ou pelo telefone 2332-1300.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Prefeitura de São Bernardo do Campo toma posse de mais dois imóveis particulares abandonados

Redação

A cidade de São Bernardo do Campo possui 237 imóveis particulares em condições de abandono e com altos débitos, há mais de cinco anos, cujo montante de dívidas soma em torno de R$ 800 milhões, segundo balanço da Prefeitura. O abandono gera ocupações irregulares, bem como coloca a população em risco, ao criar a sensação de insegurança e perigo para a saúde, pois se torna local, muitas vezes,  para descarte irregular de lixo e entulho, ocasionando a proliferação de pragas urbanas.

Os dois últimos imóveis arrecadados ficam na Rua Silva Jardim, 231 (foto), no Centro, e na Avenida Maria Servidei Demarchi, altura do número 2.300, no bairro Demarchi | Foto: Omar Matsmoto/PMSBC

Para resolver esta questão, a gestão do prefeito Orlando Morando sancionou a Lei Municipal 6.691, de 28/06/2018, que tornou possível a Prefeitura de São Bernardo a tomar posse de imóveis particulares abandonados e com dívidas acumuladas com município para a transformação em espaços públicos. Até o momento, sete imóveis foram arrecadados, sendo que os dois últimos estão localizados na Rua Silva Jardim, 231, no Centro, e na Avenida Maria Servidei Demarchi, altura do número 2.300, no bairro Demarchi.

Com isso, a Administração Municipal transformou um terreno abandonado, que abrigava um posto de gasolina, entre as ruas Jurubatuba e Joaquim Nabuco, no Centro, na nova base central do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (SAMU). Outros quatro espaços em situações semelhantes têm destinação encaminhada no Rudge Ramos, na Vila Helena, no Jardim Silvina e Assunção.

O prefeito Orlando Morando comenta esta iniciativa: “Existem casos de imóveis abandonados que vão acumulando débitos de tal forma que ficam impagáveis. O ideal seria que seus proprietários conseguissem preservar suas propriedades. Tanto que o ponto observado pela legislação não é o tributo, e sim o abandono. Esses problemas geram inúmeros problemas para a população com ocupações irregulares, ocorrências policiais, descarte irregular de lixo e entulho, que causam a proliferação de pragas urbanas com a atração de baratas, ratos, moscas, entre outros bichos e insetos. Esta Lei vem com o intuito de devolver a função social ao espaço”.

A Prefeitura providenciará nos próximos dias um mutirão de limpeza nesses imóveis citados no Centro e no Bairro Demarchi. A destinação ainda será definida pela Administração Municipal. “A partir de agora vamos mapear quais serviços podem ser instalados nesses locais e, em breve, faremos o anúncio”, afirma o chefe do Executivo.

Lei amparada em legislação federal 
Antes da desapropriação, os proprietários dos imóveis são notificados e recebem prazo de 30 dias para que contestem o apontamento e apresentem propostas de negociação dos débitos. A Lei Municipal 6.691 está amparada na Lei Federal 13.465, de 11/07/2017, que versa sobre “os imóveis urbanos privados abandonados, cujos proprietários não possuam a intenção de conservá-los em seu patrimônio e ficam sujeitos à arrecadação pelo Município ou pelo Distrito Federal na condição de bem vago”.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Faculdade de Tecnologia Termomecanica abre processo seletivo para 160 bolsas de estudo

Redação

Comprometida com a transformação social por meio da educação, a Faculdade de Tecnologia Termomecanica (FTT), instituição que oferece ensino superior gratuito e que está há 8 anos consecutivos no grupo de excelência do Ministério da Educação (MEC), abre processo seletivo para 160 bolsas de estudo integrais para o ano letivo de 2020. São 40 vagas para cada um dos seus cursos de bacharelado em Administração, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação e Engenharia de Controle e Automação. Os cursos são oferecidos no campus da FTT em São Bernardo do Campo.

A prova para concorrer às bolsas de estudo será em 17 de novembro de 2019 | Foto: reprodução

Com todos os seus cursos avaliados com a nota máxima pelo MEC, a FTT tem por objetivo formar profissionais com pleno domínio das competências e habilidades relativas às diversas áreas de atuação, e também para o desenvolvimento da cidadania consciente. Uma das estratégias utilizadas pela instituição para aperfeiçoar essas aptidões é a estreita relação com as empresas que auxilia na atualização dos cursos e atividades com as tendências de mercado, permite parcerias de cooperação técnica e oportuniza vagas efetivas e de estágios, conforme comenta a diretora acadêmica da FTT, Luciana Guimarães Borges.

"Nosso desafio cotidiano é aprimorar o perfil do profissional que formamos, assim, a relação estreita com as empresas através de atividades, encontros, projetos, nos permite entender melhor e de forma antecipada as expectativas do mercado. Formamos um profissional com olhar estratégico, sistêmico, competente tecnicamente e capaz de lidar com pessoas, problemas e desenvolver inovações. A formação cidadã é outro diferencial do egresso da FTT", afirma Luciana.

Uma iniciativa adotada pela faculdade é a cooperação na busca de soluções inovadoras para problemas reais das empresas. Isto acontece através do desenvolvimento e participação em desafios, hackathons e competições. "Percebemos importante amadurecimento profissional e pessoal dos nossos alunos que participam dessas atividades, por isso os preparamos para participar das mesmas, além de adotar com uma das metodologias de ensino que utilizamos", revela a diretora acadêmica.

A faculdade promove diversos programas de extensão universitária junto à comunidade, nos quais os estudantes compartilham com o público externo o conhecimento adquirido, promovendo a formação de cidadãos empáticos e conscientes. Além disso, a FTT possui o Núcleo de Apoio à Carreira (NAC), que propõe uma série de ações que fomentam a inserção dos alunos no mercado de trabalho. Estas ações viabilizaram a contratação de 229 estagiários por parte de empresas importantes, somente em 2018. Atualmente, o índice de empregabilidade dos alunos dos últimos períodos dos cursos da FTT é de 80,9%, considerando as vagas efetivas e estágio.

Metade das vagas de cada curso é destinada aos candidatos com renda familiar mensal per capita de até 1,5 salário mínimo. O candidato interessado neste tipo de vaga deve se candidatar às vagas sociais e comprovar o perfil socioeconômico no ato da matrícula. A outra metade das vagas (vagas gerais) não necessitam destas comprovações. Também é possível solicitar a isenção de taxa de inscrição, para o processo seletivo, que poderá ser concedida mediante análise de documentação descrita no edital. A solicitação deve ser feita diretamente no site da Vunesp, até 20 de setembro de 2019.

As aulas dos cursos de Engenharia de Alimentos e Engenharia de Controle e Automação ocorrem no período matutino, das 7h às 12h10; as de Engenharia de Computação e Administração no noturno, das 19h15 às 22h45, de segunda a sexta-feira.

Cronograma do processo seletivo da FTT
Inscrições: de 9 de setembro a 18 de outubro de 2019;
Taxa de inscrição: R$ 40.
Isenção de taxa de inscrição: de 9 a 20 de setembro de 2019;
Data da prova: 17 de novembro de 2019;
Divulgação do resultado: 11 de dezembro de 2019;
Matrícula (vagas gerais) de 16 a 19 de dezembro;
Matrícula (vagas sociais) de 2 a 7 de janeiro de 2020.


sexta-feira, 13 de setembro de 2019

"ProAC Expresso Editais" bate recorde de inscrições

Redação

O ProAC Expresso Editais, programa de fomento direto da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, bateu recorde histórico de inscrições: 7.474 projetos concorrem ao apoio este ano, 1.886 a mais que no ano passado. O investimento no programa em 2019 também foi o maior já realizado, com total de R$ 154,2 milhões – R$ 54,2 milhões para os editais e R$ 100 milhões para o fomento indireto, via ICMS.

Com isso, o número é resultado das mudanças realizadas pela Pasta a fim de facilitar os processos do programa. Os regulamentos foram reduzidos e simplificados, o processo de seleção foi desburocratizado e o número de comissões reduzido. Além disso, as linhas foram reformuladas, os valores atualizados, e não há mais valor fixo por projeto, e sim um teto, permitindo aos proponentes que indiquem o valor pleiteado.

O secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, comemora o resultado. "Simplificamos e desburocratizamos o ProAC Expresso com o objetivo de aumentar o acesso, a eficiência e a eficácia do fomento à cultura paulista, fortalecer a arte, a cultura e a economia criativa em São Paulo e impulsionar o desenvolvimento humano, social e econômico do Brasil. O resultado é este: menos burocracia, mais oportunidades".

Contemplados
A Secretaria de Cultura e Economia Criativa divulgou nesta última quinta-feira (12) os projetos aprovados nas linhas de "Produção e Circulação de Espetáculos Inéditos de Música", "Produção de Exposições de Artes Visuais", "Aquisição e Manutenção de Lonas de Circo" e "Produção e Temporada de Espetáculos Inéditos para o Público Infanto-Juvenil". Os resultados estão disponíveis no portal do ProAC.

Para os quatro editais, foram aprovados 73 projetos. Entre eles estão proponentes dos municípios de Aguaí, Americana, Andradina, Araraquara, Bariri, Bauru, Bom Jesus dos Perdões, Campinas, Diadema, Igaraçu do Tietê, Ilhabela, Itanhaém, Itupeva, Jardinópolis, Jundiaí, Lins, Osasco, Poá, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Santana de Parnaíba, Santos, São José do Rio Preto, São Paulo, Sertãozinho, Socorro, Taubaté e Tietê. Em 2019, foi garantida também a destinação de ao menos 50% dos recursos para projetos de cidades que não a capital, com o intuito de estimular o desenvolvimento do setor cultural e criativo no conjunto do Estado.

Mais resultados serão lançados em breve, conforme a agenda:
20/09 - Circulação de espetáculos de dança;
24/09 - Circulação de espetáculos para o público infanto-juvenil;
23/09 - Gravação de obras inéditas e realização de shows de lançamento;
27/09 - Produção e circulação de espetáculos circenses;
01/10 - Circulação de espetáculos de teatro;
02/10 - Produção e temporada de espetáculos inéditos de dança.

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Deputada Carla Morando propõe projeto de lei para conscientização sobre vacinas

Redação

A deputada estadual Carla Morando (PSDB) obteve nesta última terça-feira (10) aprovação de mais um projeto de Lei, na Assembleia Legislativa de São Paulo. Denominado "Quem Ama Vacina", o texto teve o aval dos parlamentares e pede ampla divulgação do Poder Público aos pais e responsáveis de menores sobre a importância da imunização. Em seis meses de mandato, este é segunda proposta de Carla que foi aprovada.

O projeto denominado "Quem Ama Vacina", da deputada Carla Morando, aguarda sanção do governador João Doria | Foto: divulgação

Como algumas doenças, antes erradicadas, voltaram a ser diagnosticadas como, por exemplo, o sarampo, o projeto da líder do PSDB propõe uma campanha educativa em estabelecimentos estaduais de saúde e nas diretorias regionais de ensino, com ampla divulgação.

"Vacinar as crianças é a maneira mais segura de protegê-las contra doenças contagiosas. É a saúde da população que está em jogo e não podemos brincar com isso. Uma pessoa que deixa de tomar a vacina, pode colocar várias em risco. Por isso, precisamos alertar à população sobre a importância das doses", afirma Carla.

Agora, o projeto de lei será encaminhado ao Palácio dos Bandeirantes, para a sanção do governador João Doria, que tem o prazo de até 45 dias úteis para avaliar a proposta.

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Chácara Pignatari sedia “Festa da Primavera” neste mês

Por Vivian Silva

O Parque Antônio Pezzolo, mais conhecido como Chácara Pignatari (Av. Utinga, 136, Vila Metalúrgica), em Santo André, sediará a 2ª edição da Festa da Primavera, em 21 e 22 de setembro, das 10h às 18h. O evento – organizado pelo Grupo Utinga Cívico – deve atrair cerca de 5 mil pessoas, segundo estimativa dos organizadores.

Primeira edição da festa ocorreu na Praça Rui Barbosa. Neste ano, evento será na Chácara Pignatari, em 21 e 22 de setembro | Foto: divulgação 

Porém, além de fomentar o entretenimento no 2º Subdistrito de Santo André, a festa tem como objetivo cobrar melhorias para a região, conforme comenta uma das organizadoras do evento e comerciante, Tabata Brusco.

“O Grupo Utinga Cívico cobra muito as ações aqui para o 2º Subdistrito. Este ano, nós temos uma pauta de cobranças também, que é a revitalização do teatro da Praça Rui Barbosa e o córrego (Avenida Varsóvia), que tem um pesqueiro, estamos pedindo um trabalho melhor ali”, explica Tabata, ao antecipar com exclusividade ao jornal Ponto Final,  que o prefeito de Santo André, Paulo Serra, já confirmou presença no evento, no sábado (21), às 11h, quando prestará contas à população sobre estas demandas.

Na Festa da Primavera, haverá diversas atrações, para toda a família. Desde brinquedos infláveis para os pequenos, exibição de filmes, selecionados pela equipe da Escola Livre de Cinema e Vídeo de Santo André (ELCV), passando por apresentações musicais (veja abaixo), além de consultorias jurídicas com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e orientações sobre reflorestamento e compensação ambiental com a consultoria Ecoflorestal.

Já os amantes da gastronomia contarão com diversas opções, entre elas, estão expositores de cerveja artesanal, hambúrguer, comida mexicana, churros, sorvete e pastel. Haverá ainda estande da SOS Abelha, venda e exposição de flores com o pessoal da Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André (Craisa) e da Flora Girassol, Blitz da Saúde (aferição de pressão, teste de glicemia, análise capilar e bioimpedância), práticas como yoga, tai chi chuan, ballet, sarau e oficinas (de mandalas, por exemplo) promovidas pelo Instituto Acqua, ou seja, haverá atrações para todos os gostos e estilos.

Em 2018, a 1ª edição da Festa da Primavera ocorreu na Praça Rui Barbosa, no bairro Santa Teresinha, e atraiu cerca de 2 mil pessoas. Na ocasião, o chefe do Executivo também compareceu ao evento. Neste ano, a festa conta com o apoio da Prefeitura novamente. A entrada é 1 quilo de alimento não perecível, que será doado ao Banco de Alimentos do município.

Grupo Utinga Cívico
O Grupo Utinga Cívico surgiu de um café da tarde entre comerciantes locais, que decidiram se mobilizar, para melhorar a visibilidade da região. Atualmente, um grupo no WhatsApp reúne mais de 100 integrantes, desde total, cinco pessoas - Anderson Moniz, Carlos Vido, Hélio Precinotti, Rosangela Acencio Pereira e Tabata - cuidam da parte administrativa do grupo.

*Programação 

21/09 – Sábado
10h– Apresentação Tiro de Guerra;
10h30 – Filme: O Grilo Feliz e os Insetos Gigantes
11h – Prestação de contas: prefeito Paulo Serra
12h - Orquestra Locomotiva;
15hs – Filme: O Menino da Porteira
16h – Músico André Calixto.

22/09 Domingo
10h30 – Filme: Eu e meu guarda-chuva
13h - Dragão chinês;
15h - Orquestra de Violeiro de SBC;
15hs – Filme: O homem do futuro
16h – Fernanda Ferrarih (Banda Faixa Nobre).

*A programação pode sofrer alterações, sem qualquer aviso prévio. 

Equipe de ginástica acrobática de Mauá disputará competição no México

Redação

A equipe de ginástica acrobática da Associação Educacional Esportiva e Cultural (Assedec), de Mauá, que é filiada à Federação Paulista de Ginástica (FPG), foi selecionado através de critérios do Comitê Avaliador da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) a participar da equipe transitória para representar o Brasil no Pan American, em Monterrey, no México, que será realizado de 22 a 24 de novembro.

As ginastas da Assedec participaram do Torneio Nacional e Brasileiro de Ginástica Acrobática, que ocorreu em São Bernardo do Campo, neste mês  | Foto: Divulgação/Assedec

Notícia celebrada pelo gestor da Assedec, Vlademir Pereira Silva. “Fico feliz em ver que o nosso projeto de ginástica acrobática esteja conseguindo êxito, não só na parte esportiva. Quero parabenizar a Claudia Garcia, técnica da equipe, pelo trabalho referencial que tem realizado com essa garotada, que vem fazendo bonito nas competições estaduais e nacionais. Prova disso, é que garantiu presença em uma importante competição internacional”, afirma Silva.

De 05 a 08 de setembro, a equipe feminina, categoria 12 a 18 anos (juvenil), participou do Torneio Nacional e Brasileiro de Ginástica Acrobática, realizado no Centro de Ginástica Marcel Francisco dos Santos (Arena Caixa), em São Bernardo do Campo (SP).

“A participação no Campeonato Brasileiro foi muito importante para nossa equipe e saber que o trabalho está sendo reconhecido foi gratificante, pois as atletas estão comigo, desde o início e agora conseguiram esta chance de representar o Brasil. Só tenho a agradecer a Assedec, as ginastas e aos familiares que acreditam no trabalho realizado e não medem esforços para, com o tempo disponível, treinar no projeto”, comenta Claudia.

Na equipe estão as atletas: Cinthia Soares dos Santos (12 anos), Giovanna Costa Rodrigues (18 anos) e Bárbara Vendramini de Souza (17 anos).

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Atila Jacomussi volta a ser prefeito de Mauá

Redação com ABr

Nesta terça-feira (10), Atila Jacomussi retornou ao comando da Prefeitura de Mauá. Ele estava afastado oficialmente desde abril deste ano, quando teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores.  Ontem (9), o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) decidiu por unanimidade, três votos a zero, acatar liminar que anula o decreto legislativo que impedia Jacomussi de ser prefeito. 

Jacomussi retornou ao comando da Prefeitura, nesta terça-feira (10), após decisão do TJ-SP | Foto: Caio Arruda

Após ser preso duas vezes em operações da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público, em 2018, suspeito de desvio de verbas da merenda da cidade, o prefeito estava livre desde fevereiro, devido a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Desde então, a vice-prefeita, Alaíde Damo (MDB), estava como responsável pela gestão da cidade.

"Tenho que destacar que durante o período em que não estive atuando como prefeito, em nenhum momento deixei de acreditar que a justiça seria feita e já reassumimos o trabalho e vamos levar mais qualidade de vida ao povo de Mauá, que tanto merece", afirma Jacomussi.

Histórico 
A última prisão de Jacomussi foi feita durante as ações da Operação Trato Feito, deflagrada em 13 de dezembro de 2018, pela Polícia Federal. Segundo o inquérito, Jacomussi liderava um esquema criminoso que chegava a movimentar R$ 500 mil por mês. As investigações indicam que eram cobrados entre 10% e 20% sobre os contratos da prefeitura para o pagamento de propinas. Eram fraudados os processos para aluguel de veículos oficiais, reforma de parques, serviços de limpeza e sinalização de vias. De acordo com a PF, o dinheiro era repassado para 22 dos 23 vereadores da cidade.

A Trato Feito é um desdobramento da Operação Prato Feito, deflagrada em maio, que apurava o desvio de recursos públicos da merenda escolar em diversas cidades de São Paulo. Na ocasião, Jacomussi também foi preso, sendo libertado por outra decisão de Gilmar Mendes, em junho.  A defesa do prefeito nega que ele tenha participado dos esquemas.

Banco do Brasil eleva rating de Santo André para B

Redação

A Prefeitura de Santo André obteve uma nova notícia positiva. Após ter elevada sua nota de rating (classificação de risco de crédito) na Caixa Econômica Federal para BB no último mês de agosto (era E no início de 2017), o rating do município no Banco do Brasil foi elevado de C para B, o que abre novas possibilidades de investimentos e financiamentos públicos no município.

O rating de Santo André no Banco do Brasil foi elevado de C para B, o que abre novas possibilidades de investimentos e financiamentos públicos no município | Foto:  Angelo Baima/PSA

A informação foi trazida ao prefeito Paulo Serra, na última semana pelo superintendente Regional do Banco do Brasil, Elias Almeida da Silva, que aproveitou para apresentar a linha de crédito PEM (Programa de Eficiência Municipal), na qual Santo André já possui uma pré-aprovação de R$ 20 milhões para modernização da administração municipal.

“Essa nova elevação da classificação de risco do município só reforça ainda mais a confiança de que estamos no caminho certo, devolvendo Santo André ao protagonismo do crescimento econômico sustentável, deixando a cidade apta a receber investimentos”, comemora Serra.

Investimentos 
 Resultado das medidas de choque de gestão adotadas pela Prefeitura, as elevações de notas de classificação de risco representam reconhecimento do mercado financeiro em relação à recuperação financeira de Santo André e à capacidade que o município tem em cumprir o pagamento de empréstimos.

A recente elevação do rating na Caixa foi crucial para Santo André ter acesso a financiamento do banco no valor de R$ 60 milhões por meio do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), que será utilizado em obras de diversas áreas como saúde, esporte, cultura, asfaltamento, entre outras. O contrato do empréstimo foi assinado na última sexta-feira (6).

Da mesma forma, a nova nota de crédito atribuída a Santo André pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) foi determinante para a liberação do financiamento de US$ 50 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), voltado a obras de mobilidade. No primeiro ano da atual gestão, a nota da cidade na STN era C e passou para B, em 2018.   

Evento “Dia pela Democracia” tem debate sobre política na Avenida Paulista

Redação

Neste domingo (15), das 13h às 18h, acontecerá na Avenida Paulista (em frente ao Masp),
em São Paulo, o Dia pela Democracia, evento que reunirá cidadãos, ONGs, ativistas, artistas e acadêmicos para promover conversas e debates - fora da lógica das redes sociais - sobre a atual conjuntura político-democrática do País.

Dia pela Democracia acontecerá em frente ao Masp | Foto: Arquivo/ABr

Promovido pelo Pacto pela Democracia - coalizão formada por mais de 120 organizações da sociedade civil. Com o mote "escutar, discordar, dialogar", o Dia pela Democracia é um convite aos cidadãos para que se encontrem nas ruas e tenham oportunidade de conversar de forma qualificada e desarmada sobre o que está em jogo, hoje, na democracia brasileira.

A iniciativa visa levar à Paulista Aberta - local de grande circulação e marcado pela diversidade de seus frequentadores - um espaço propício ao encontro e ao diálogo, entre pessoas com identidades e visões diferentes, no qual seja possível ultrapassar as barreiras ideológicas, que costumam caracterizar as interações que acontecem por meio das mídias sociais.

O evento marca ainda o Dia Internacional da Democracia, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2007, como oportunidade para se avaliar a qualidade das construções democráticas ao redor do mundo.

Além de proporcionar discussões, compreensões e perspectivas múltiplas sobre acontecimentos recentes da atualidade política, o Dia pela Democracia será um ato pelo compromisso com a convivência democrática e o Estado de Direito no Brasil.

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Evento em Santo André deve reunir cerca de 1,5 mil músicos

Redação

O Rock Beat Show ocorre em 21 de setembro em novo endereço. Diante da possibilidade de chuva nesta data, o evento foi transferido do São Paulo Expo, onde acontecerá a Music Show Exp, para o Ginásio Pedro Dell'Antônia, em Santo André, para garantir a sua realização. Na ocasião, mais de 1,5 mil músicos devem se reunir, pela primeira vez, na América Latina em um grande show gratuito, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade sobre a importância do ensino musical e da música na vida das pessoas.

Probabilidade de chuva, em 21 de setembro, foi o motivo da transferência do local do evento | Foto: divulgação 

A iniciativa é idealizada por Dino Verdade (Bateras Beat Music School) e Nando Guto (Scholl of Rock / BR). “Resolvemos mudar o Rock Beat Show para um local fechado para oferecer aos músicos melhor infraestrutura e conseguir realizar o show. Músicos e cantores de todas as idades e estilos e pessoas que curtem música estão convidados para participarem desse encontro que deverá ser o maior do mundo”, comenta Verdade, que também é fundador da Bateras Beat Music School, maior rede de escolas de música da América Latina.

A música escolhida para ser o clipe oficial do evento é Que País é Esse, do Legião Urbana, e os músicos também tocarão clássicos do rock e pop como You Shook Me All Night Long (AC/DC), Fogo (Capital Inicial), Get Lucky (Daft Punk), Up Town Funk  (Bruno Mars) e Good Times (Chic/Nile Rodgers).

Cada músico deverá levar seu próprio instrumento e o repertório já está disponibilizado online no  Cifra Club. No dia do evento a montagem será a partir das 10h, com a passagem de som oficial às 14h e início do show às 16h.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site Sympla. Os participantes do Rock Beat Show  ganharão os ingressos de sábado e domingo, para a Music Show Exp. Já o Ginásio Pedro Dell'Antônia fica na Rua São Pedro, 27, Vila América.

Santo André realiza ações e fórum sobre prevenção ao suicídio

Redação

A Prefeitura de Santo André, em parceria com o Centro de Valorização à Vida (CVV), realizou na última sexta-feira (6) o 3º Fórum de Prevenção do Suicídio, no Teatro Municipal Maestro Flavio Florence. O evento faz parte da programação (veja abaixo) da campanha Setembro Amarelo e evidenciou a importância de falar sobre essa temática, que para muitos ainda é considerada um tabu.

Fórum ocorreu na última sexta-feira (6), mas programação do Setembro Amarelo vai até o fim do mês | Foto: Angelo Baima/PSA

No ano de 2017, o município registrou 43 suicídios, sendo que destes 31 vítimas eram do gênero masculino. Dos 19 suicídios registrados em 2018, 13 vítimas eram do gênero masculino. Os números de tentativas são ainda mais alarmantes, das 751 tentativas de suicídios registradas nos últimos dois anos, 518 vítimas são do gênero feminino.

O prefeito de Santo André, Paulo Serra, comentou os dados. “A pessoa que comete o suicídio não odeia a vida, ela quer acabar com uma dor que ela tem e através disso acaba cometendo um ato de desespero nesse sentido. A gente trata disso com afeto, atenção, amor, conscientização, se aproximando dessas pessoas, por isso é importante essa mobilização e a participação do poder público. Temos que trazer essas pessoas para perto da gente e com políticas públicas vamos conseguir reduzir esses índices”, afirma. 

A abertura do evento contou com a participação do coral da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental (Emeief) Paulo Freire, na sequência houve uma palestra ministrada por voluntário do CVV Santo André. Dentre os temas do seminário, foram abordados assuntos como prevenção, valorização da vida, acolhimento, escuta e cuidado humanizado.

Segundo a psicóloga Thais Regina Gomes de Araujo, o suicídio não é uma questão individual e sim um problema social. “O suicídio sendo uma questão social é de responsabilidade de todos nós que fazemos parte desta sociedade. Para as muitas pessoas que tentam o suicídio, existem tantas outras que já pensaram sobre isso e não falam sobre o assunto, por isso essa discussão é tão importante. Antes de falarmos sobre o bullying precisamos falar de diversidade racial, de gênero e religiosa. Vamos falar sobre a importância de olhar para o outro, reconhecer e aceitar essas diversidades. Isso vai nos ajudar, enquanto sociedade a lidar com esse problema social”, explica.

Atendimento 
 A rede municipal de saúde Santo André oferece acolhimento para aqueles que sofrem com quadros depressivos ou sofrimentos psíquicos. O munícipe poderá procurar diretamente a unidade de saúde de referência para que o acolhimento desse sofrimento seja realizado junto à equipe multiprofissional, que diagnosticará o usuário, bem como irá direcioná-lo para receber o tratamento mais adequado para cada caso. 

Além da rede pública municipal, o CVV presta apoio emocional e prevenção do suicídio, por meio do número 188 (ligação gratuita). O atendimento também é feito por e-mail, chat, atendimento pessoal e CVV Comunidade, com ações abertas à comunidade que estimulam o autoconhecimento e melhor convivência em grupo e consigo mesmo.

Setembro Amarelo
A campanha do Setembro Amarelo foi organizada nacionalmente em 2015 e teve adesão de Santo André em 2017. Desde então tem ganhado força, com a ampliação das ações de sensibilização e conscientização da população. Em 5 de setembro de 2019, foi aprovada a lei que institui o Plano Municipal de Valorização à Vida e a Campanha Setembro Amarelo, que têm como objetivo de reduzir as taxas de suicídios e suas tentativas, além de identificar os comportamentos suicidas e promover o acompanhamento dos indivíduos que apresentam ideação suicida. A legislação prevê que a campanha Setembro Amarelo fará parte do calendário oficial do município.

*Programação do Setembro Amarelo em Santo André

Roda de conversa: Suicídio - precisamos falar sobre isso
Data: 11/09/2019 – quarta-feira
Horário: 9h
Local: Cras Vila Luzita – Estrada do Pedroso, 236
Palestrante: Milton Minoru Kagohara – Voluntário do CVV – Centro de Valorização da Vida.

1ª Caminhada de Valorização da Vida
Data: 14/09/2019 – sábado
Horário: 10h - concentração na Praça Embaixador Pedro de Toledo (Largo da Estátua)
11h - Ato oficial na concha acústica da Praça do Carmo.

Setembro Amarelo - Prevenção do suicídio: falar é a melhor solução
Data: 16 e 23/09/2019 – segunda-feira
Horário: 10h
Local: Unidade de Saúde Jardim Carla - Rua José de Alencar - Condomínio Maracanã
Realização: Unidade de Saúde Jardim Carla e Cras Marek.

Seminário - A importância da fé e da religiosidade na prevenção do suicídio
Data: 17/09/2019 – terça-feira
Horário: 19h
Local: Salão Burle Marx – Praça IV Centenário – 9º andar do prédio do Executivo - Centro
Realização: Fórum Inter-religioso
Apoio: Prefeitura de Santo André

1ª palestra: A importância da fé e da religiosidade na prevenção do suicídio
Palestrante: Edson de Jesus Sardano, Membro do Centro Espírita Dr. Bezerra de Menezes e da Instituição Assistencial e Educacional Amélia Rodrigues, secretário de Segurança Cidadã de Santo André e coronel da reserva da Policia Militar.

2ª palestra: A prevenção islâmica contra o suicídio
Palestrante: Sheik Jihad Hassan Hammadeh - Presidente do CALCEE (Centro Árabe-Latino de Cultura e Estudos Estratégicos) e Presidente do ICP (Instituto Cinco Pilares).

3ª palestra: Espiritualidade como estratégia de enfrentamento para o sofrimento
Palestrante: Prof. Dr. Abner Morilha - Pastor da área de aconselhamento da Primeira Igreja Batista de Santo André, professor da graduação e pós-graduação da Faculdade Teológica Batista de São Paulo.

Palestra: prevenção do suicídio - é importante falar sobre isso
Data: 19/09/2019 – quinta-feira
Horário: 13 h às 17h
Local: Centro Hospitalar Municipal de Santo André – Sala da Rute (Rede Universitária de Telemedicina) – Avenida João Ramalho, 326 – Vila Assunção.
Palestrantes:
Milton Minoru Kagohara – Voluntário do CVV – Centro de Valorização da Vida
Dr. Tomaz Eugenio de Abreu - coordenador médico da Psiquiatria do CHMSA
Inscrições: comunicacaochmsa@santoandre.sp.gov.br  (assunto: palestra: prevenção do suicídio,  é importante falar sobre isso).

Roda de Conversa – Setembro Amarelo
Tema: Saúde Mental e Trabalho
Data: 20/09/2019 – sexta-feira
Horário: 9h30 às 11h30
Local: Auditório do DVS (Departamento de Vigilância à Saúde) – Rua Primeiro de Maio, 133, Centro – 2º andar
Público participante: profissionais de saúde, estudantes, conselheiros do controle social, representantes de outras organizações da sociedade civil.
Inscrições: cerest@santoandre.sp.gov.br (assunto: roda de conversa - Setembro Amarelo).

Cuidado humanizado e valorização da vida
Data: 20/09/2019 - sexta-feira
Horário: 14h
Local: Centro de Formação de Professores Clarice Lispector - R. Tirol, 05, Parque das Nações.

1ª Palestra: O atendimento do Samu nos casos de suicídio
Palestrantes: equipe do Samu de Santo André.

2ª Palestra:  O papel da escola na prevenção do suicídio e da violência autoprovocada
Palestrante: Patricia Helena Moretti - Especialista em transformação de conflitos e estudos da paz - Assistente de Diretoria da Unidade de Assuntos Institucionais e Comunitários de Santo André.

3ª palestra: A importância do apoio emocional e dos espaços de escuta nas escolas
Palestrante: Mônica Quirino, voluntária do CVV e coordenadora do CVV Comunidade no Estado de São Paulo
Inscrições aqui  (vagas limitadas).

Cine Ser CVV com exibição do filme “A Beira do Caminho”
Data: 28/09/2019 – sábado
Horário: 10h
Local: Escola Livre de Cinema e Vídeo - Avenida Utinga, 136 , Vila Metalúrgica
Realização: CVV Santo André
Apoio: Prefeitura de Santo André/Secretaria de Cultura.

*Programação sujeita a alteração.

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Intolerância religiosa cresce em São Paulo

Redação

Na cidade de São Paulo, no primeiro quadrimestre do ano, segundo dados da Polícia Civil, a intolerância religiosa cresceu em comparação com o mesmo período do ano anterior: foram 562 notificações entre janeiro e abril de 2019 – em 2018 foram 280. Para combater a intolerância religiosa, católicos franciscanos e muçulmanos se reunirão em 28 de setembro, a partir das 21h, na Mesquita de Santo Amaro (Av. Yervant Kissajikian, 1130, em São Paulo).

Muçulmanos e católicos franciscanos se unem, em 28 de setembro, na Mesquita de Santo Amaro, para celebrar um gesto de tolerância ocorrido há 800 anos: o encontro entre São Francisco de Assis e o Sultão Al-Malik al Kâmil al Ayoubi | Imagem: divulgação

Na ocasião, eles recordarão um gesto de tolerância religiosa ocorrido há 800 anos: a visita de Francisco de Assis ao Egito, quando se encontrou com o líder religioso muçulmano, o Sultão Al-Malik al Kâmil al Ayoubi. O evento acontecerá

Os dados da polícia não revelam as religiões alvo de intolerância, mas foram registrados, em média, cinco boletins de ocorrência por dia especialmente em delegacias localizadas nos extremos sul e norte da cidade. Os distritos com mais ocorrência foram o 47º DP (Capão redondo) e o 73º DP (Jaçanã).

Já o evento é fruto de um convite da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, prontamente aceito pela Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras), e conta com o apoio da União Nacional Islâmica e da Sociedade Beneficente Muçulmana.

Francisco de Assis navegou rumo ao Egito movido pelo desejo de ir ao encontro dos muçulmanos. Na ocasião, cristãos e muçulmanos se viam como inimigos e o clima era de total animosidade. No entanto, o santo católico foi recebido pelo líder religioso muçulmano, o Sultão Al-Malik al Kâmil al Ayoubi, com benevolência e hospitalidade. E a partir desta visita, Francisco fez importantes reflexões sobre a missão dos Frades Menores.

Foi o Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores, o Frei Michael Anthony Perry, que encorajou franciscanos de todo mundo a procurar os muçulmanos, imitando o gesto de São Francisco de Assis: "Nós vivemos um tempo em que pessoas de várias crenças divulgam uma demonização dos muçulmanos e incitam outros a terem medo deles. Além do estudo e da oração sobre os temas do encontro e diálogo, eu encorajo os seguidores de Francisco que carecem de um contato especial com o Islam a retomarem a experiência de nosso fundador ... Vá conhece-lo ou conhecê-la ... Tente aprender ou apreciar o que a experiência de Deus anima nele ou nela ..."

O vice-presidente da Fambras, Ali Zoghbi, reforça a alegria, como muçulmano, de receber os católicos franciscanos e celebrar os 800 anos do encontro entre São Francisco de Assis e o Sultão Al-Malik al Kâmil al Ayoubi. "É mais uma forma de mostrar o que tanto nos empenhamos em promover: o diálogo inter-religioso. Vivemos tempos difíceis, marcado por intolerância religiosa, e isto precisa ser combatido. E no que tange à islamofobia, só venceremos este tipo de preconceito com oportunidades de mostrar o verdadeiro Islam – uma religião que promove a paz, a tolerância, a compaixão, a justiça social e, acima de tudo, a preservação da vida", afirma o vice-presidente.

Ainda em fase de organização, o evento contará com a presença de autoridades religiosas, políticas e diplomáticas, além de fiéis católicos e muçulmanos. 

Fazem parte da programação, entre outras ações, a visita dos franciscanos à Mesquita; apresentações culturais e o mais importante: a assinatura de um documento – pelo Sheik Mohamed al Bukai, a Irmã Cleusa Aparecida Neves, Presidente da Conferência da Família Franciscana do Brasil (CFFB) e o Frei César Külkamp, Presidente da Conferência dos Frades Menores do Brasil (CFMB) – que registrará os principais compromissos assumidos por ambas as religiões, a partir da celebração: seguir promovendo o diálogo muçulmano-cristão e unir forças em prol de objetivos comuns, como a promoção da justiça social, a paz e a liberdade.

Funcionários de Mauá têm capacitação sobre doação legal de recém-nascidos

Redação

O Teatro Municipal de Mauá sediou uma capacitação voltada aos funcionários da Saúde e da Promoção Social, nesta última quinta-feira (5), sobre a campanha "Entrega Responsável é Legal". Trata-se de uma conscientização sobre o direito de uma mulher gestante ou parturiente entregar o filho para adoção, se desejar e, com isso, ela deve ser acolhida e amparada, sem pré-julgamentos ou preconceitos dentro do sistema de Justiça.

A palestra e campanha "Entrega Responsável é Legal" têm como objetivo informar e orientar a mulher e a sociedade civil de que a entrega para adoção não é um crime e está prevista em lei | Foto: divulgação 

A campanha tem por objetivo informar e orientar a mulher e a sociedade civil de que a entrega para adoção não é um crime e está prevista em lei. O Estatuto da Criança e do Adolescente garante essa possibilidade no artigo 13: "As gestantes ou mães que manifestem interesse em entregar seus filhos para adoção serão obrigatoriamente encaminhadas à Justiça de Infância e Juventude".

O evento, dividido em dois períodos para atender todos os servidores, serviu para falar da campanha, baseada em instrumentos que garantem a legalidade da doação legal, além de servir de ponto de partida para discussão sobre o tema ressaltando a obrigatoriedade de sinalização em todas as unidades de saúde e de promoção social sobre a prática.

O palestrante e especialista em Direito à Adoção, Antônio Carlos Berlini, do departamento de Cultura e Eventos da OAB-SP, fez uma explanação sobre os direitos das crianças de serem criadas em um lar. Para ele, apenas esse ponto pode servir de base a todas as leis que tornaram a doação legalizada.
"Hoje em dia, há quase 50 mil crianças e adolescentes em todo o Brasil vivendo em instituições longe de suas famílias (dados do dia 2 de setembro de 2019), sem falar das crianças que vivem nas ruas, fora do sistema. Isso é uma amostra do que a Unicef vem apontando há tempos: o abandono das crianças é a quarta causa mundial de tragédias humanitárias", diz Berlini.

De acordo com o especialista, há no Brasil mais de 48 mil pretendentes a adoção e mais de nove mil crianças a serem adotadas. Porém, o sistema não funciona como uma fila de espera, mas com estudo de cada caso, para verificar qual é a melhor situação para a criança em questão.

Os organizadores da palestra, o "Grupo de Apoio à Adoção Revelar", levou dados bastante efetivos sobre a doação legal, que pode ser uma resposta a problemas mais sérios como o comércio de pessoas, as entregas ilegais de crianças e o papel do Estado como fiscalizador.

Para a integrante do Grupo Revelar, Miriá Ferreira, iniciativas como essas são essenciais. "A colocação de placas que indiquem que a doação é legal e que nenhuma mulher deve ser constrangida por isso é apenas o começo. Este evento também é apenas o início do trabalho e do debate. Precisamos colocar nas mãos dos funcionários da Promoção Social e da Saúde as ferramentas necessárias para ajudar essas mães e suas crianças", finaliza.

Centro de Assistência Social de São Bernardo será reformado

Redação

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, autorizou o início das obras de reforma e ampliação do Centro de Referência de Assistência Social, localizado no bairro Alves Dias (Cras 2), nesta última quinta-feira (05). Responsável por atender 7.274 famílias em vulnerabilidade social, o equipamento passará por ampla intervenção, nos próximos meses, para melhorias no atendimento do espaço.

Morando assinou ontem (5) a autorização para a reforma, que deve durar 90 dias | Foto: Ricardo Cassin/ PMSBC

A reforma da unidade, orçada em R$ 264 mil, integra série de ações promovidas pela Prefeitura de São Bernardo do Campo, com objetivo de fortalecer o Sistema Único de Assistência Social do município.  A previsão é de que a obra do equipamento seja concluída dentro de 90 dias. A assinatura da ordem de serviço foi acompanhada de perto por moradores do bairro e pelos secretários Carlos Romero (Assistência Social), Alex Mognon (Esportes e Lazer), além de vereadores da base aliada.

“Com o início dessas obras sanamos uma dívida antiga com a população dessa região. Tenho certeza que com essa reforma e revitalização iremos garantir melhorias nos serviços prestados neste equipamento. Importante lembrar que o Cras é um serviço vinculado às entidades da nossa cidade, que atendem as famílias mais vulneráveis, permitindo uma melhor qualidade de vida para esses moradores”, destaca o chefe do Executivo.

Reforma 
No pacote de melhorias do Cras Alves Dias estão previstas ampliação do número de salas do centro, reforma da infraestrutura do espaço, com obras de acessibilidade, e revitalização da quadra esportiva e troca do telhado.

Rede assistencial
Atualmente, mais de 37 mil famílias em vulnerabilidade social são atendidas no Sistema Único de Assistência Social de São Bernardo. O serviço composto por cinco unidades do CRAS é responsável por executar programas e projetos sociais desenvolvidos pelos governos Federal, Estadual e Municipal.

Nos Centros de Referência de Assistência Social, equipes da Prefeitura realizam o acolhimento das famílias atendidas, permitindo assim maior integração da rede socioassistencial do território e agilizando o encaminhamento das famílias à rede de serviços. O Cras também promove ações socioeducativas com grupos de famílias inseridas nos programas de transferência de renda, como o Bolsa Família.

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Paulo Serra anuncia financiamento de R$ 60 milhões junto à Caixa amanhã

Por Vitor Lima

O prefeito de Santo André, Paulo Serra, fará o anúncio oficial na tarde desta sexta-feira (5) de crédito obtido junto à Caixa Econômica Federal. A instituição financeira liberou R$ 60 milhões para que a Prefeitura coloque em prática ações em diversas áreas.

A maior parte do montante deve ser destinado para a segunda etapa do programa QualiSaúde, inciativa do Executivo para modernizar o sistema de saúde da cidade.

Prefeito fará anúncio amanhã para a imprensa;
valor será usado para ações em diversas áreas | Foto: Helber Aggio/PSA
A verba oriunda da Caixa também será usada para o início das obras do Centro de Inovação do município, o primeiro passo concreto para a instalação do Parque Tecnológico de Santo André.

O valor viabilizará, também, intervenções no setor de Esportes e Cultura, cujo detalhes serão divulgado amanhã, na coletiva de imprensa, no período da tarde. Paulo Serra fará questão de ressaltar a importância deste financiamento para destravar as obras de infraestrutura da cidade.

Ele aproveitará a ocasião para enaltecer o que ele chama de “choque de gestão” e ressaltará a importância disso para a liberação do financiamento, que se dará por meio do programa Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento). Afinal, ele alegará, com razão, que o crédito só foi concedido por conta da melhora do rating financeiro de Santo André junto à Caixa Econômica.

O valor chega em bom momento para o tucano: um ano antes do período eleitoral.

Crianças com microcefalia passam a ter direito a pensão especial

Redação

Nesta última quarta-feira (4), o presidente Jair Bolsonaro assinou Medida Provisória, proposta pelo Ministério da Cidadania, que institui pensão especial vitalícia para crianças com microcefalia decorrente do vírus Zika, nascidas entre 2015 e 2018, beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC). O valor da pensão é de um salário mínimo.

As famílias que optarem pela pensão especial, no entanto, não poderão acumular os dois benefícios e deixarão de receber o BPC em caso de concessão da pensão | Foto: Marcos Côrrea/ABr

Atualmente, há no Brasil 3.112 crianças com microcefalia, nascidas neste período, que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). As famílias que optarem pela pensão especial, no entanto, não poderão acumular os dois benefícios e deixarão de receber o BPC em caso de concessão da pensão.

Para a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, a medida mostra o compromisso do governo federal com essas famílias. "Essa pensão vem como uma oportunidade para estas mães, para que elas possam trabalhar, ter renda, sem perder o benefício", ressalta.

A pensão especial deverá ser requerida no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e concedida após a realização de perícia médica, que confirmará a relação entre a microcefalia e o vírus. Zika.

Zika 
O Zika é um vírus transmitido pelo Aedes aegypti, mosquito que transmite também a dengue, a febre chikungunya e a febre amarela. Em novembro de 2015, o Ministério da Saúde reconheceu a relação entre a má-formação do cérebro, a infecção pelo vírus Zika e o surto de microcefalia. A condição produz uma série de alterações corporais que prejudicam o desenvolvimento e a participação social da criança.

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Sabesp inicia obras para acabar com a falta d'água no 2° Subdistrito andreense

Por Vitor Lima

A Sabesp iniciou na tarde de hoje (4) mais uma intervenção cujo objetivo é acabar, de uma vez por todas, com o problema de falta de água no munício. A companhia interligará a adutora Camilópolis ao Sistema Rio Claro, o que deve impactar positivamente boa parte do 2° Subdistrito da cidade.

O vice-prefeito Luiz Zacarias (esquerda), superintendente da Sabesp,
Roberval tavares de Souza (centro), e o prefeito Paulo Serra deram início às intervenções | Foto: VL
Ao fim das obras, previstas para outubro, a estação de bombeamento Sapopemba, em São Paulo, proverá água exclusivamente aos andreenses – atualmente, a estação também bombeia água para outras regiões. Assim, a capacidade de fornecimento da cidade deve ser elevada em 10%.

Com 1,5 metro de diâmetro, a adutora Camilópolis é considerada uma adutora de grande porte e importância. Estima-se, de acordo com informações da Sabesp e da Prefeitura de Santo André, que 240 mil munícipes serão beneficiados com a intervenção – algo em torno de 25 bairros da cidade.

Obras devem ser concluídas até o fim de outubro e demandarão R$ 3,2 milhões | Foto: VL
Esta obra marca o fim do primeiro pacote de obras preparadas pela Sabesp para Santo André, que faz parte do acordo de prestação de serviço de água e esgoto da companhia para o município, firmado no fim de julho. Ao todo, este pacote demanda um montante de R$ 21 milhões – a verba destinada para a interligação da autora Camilópolis é de R$ 3,2 milhões.

O principal objetivo das obras, quatro, no total, é acabar com o problema de fornecimento de água, que se arrasta há anos. A previsão é de que até 22 de dezembro 100% da cidade esteja com fornecimento a contento.

Estação de bombeamento Sapopemba terá uso exclusivo para Santo André | Foto: VL
Mais obras

Um segundo pacote de obras será anunciado na semana que vem. As novas intervenções terão foco em solucionar problemas de vazamentos e desperdício de água, além de elevar a capacidade de tratamento de esgoto da cidade.

Santo André terá 3 mil câmeras de monitoramento

Redação

A Prefeitura de Santo André realizará nos próximos dias a abertura de processo licitatório para a instalação de cerca de 3 mil novas câmeras na cidade, o que vai multiplicar em dez vezes a capacidade de vigilância e monitoramento do município.

Atualmente, o Centro de Operações Integradas (COI) interliga imagens de mais de 300 câmeras | Foto: Alex Cavanha/PSA

Dentro deste pacote de instalação de novas câmeras, todos os cerca de 150 equipamentos públicos de Santo André serão contemplados, incluindo creches e unidades de saúde. Ruas, avenidas e regiões de grande concentração de pessoas também receberão os novos equipamentos, neste que será o maior investimento em videomonitoramento realizado em Santo André na última década.

O prefeito Paulo Serra esteve na sede COI da Prefeitura nesta última terça-feira (3) e anunciou a instalação das novas câmeras aos representantes das forças policiais da cidade, durante reunião nas dependências do local. “O céu é o limite para as novas câmeras. Tecnologicamente temos uma boa base de dados e de software dedicado para tirarmos o melhor possível nesta constante parceria com as polícias Militar e Civil para aumentar a sensação de segurança da população”, comemora.

O COI interliga atualmente imagens de mais de 300 câmeras em um único espaço e triplicou a capacidade de monitoramento de ruas e avenidas da cidade. Uma moderna central que conta com imagens geradas pela Guarda Civil Municipal (GCM), Departamento de Engenharia de Tráfego (DET), Defesa Civil, Polícia Militar, SATrans e Samu.

Por deste equipamento público voltado à segurança, é possível não apenas realizar o monitoramento de ruas, avenidas e centros comerciais, mas também de toda a frota de ônibus municipais, por meio do GPS e também de toda a frota do Samu.

Inscrições para curso de cuidadores de idosos vão até sexta-feira em São Caetano do Sul

Redação

A Coordenadoria Municipal da Terceira Idade (Comtid), da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São Caetano do Sul, abre inscrições até sexta-feira (6) para o Curso de Cuidadores de Idosos. As inscrições são feitas na Rua Rafael Correa Sampaio, 600, Bairro Santa Paula, das 9h às 16h. Serão disponibilizadas 30 vagas.

A formação é destinada às pessoas com idade mínima de 18 e máxima de 55 anos | Foto: Freepik

A formação é destinada às pessoas com idade mínima de 18 e máxima de 55 anos, que queiram ou necessitam cuidar de idosos, com ensino fundamental completo e residentes há, no mínimo, dois anos em São Caetano do Sul.

Os candidatos devem apresentar original e cópia simples do RG, CPF, comprovante de residência de agosto de 2017 e agosto de 2019 no nome do candidato (caso os documentos estejam no nome do cônjuge, é preciso apresentar a certidão de casamento), comprovante do benefício do INSS (EXTBEN – Extrato de Benefício ou CNIS – Cadastro Nacional de Informações Sociais), cuja renda familiar não ultrapasse quatro salários mínimos, uma foto 3x4, histórico escolar ou documento que comprove a conclusão do ensino fundamental.

Com carga horária de 160 horas, as aulas acontecerão de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h30, no auditório do Hospital Maria Braido.

A coordenadora da Comtid, Lucila Lorenzini, comenta a iniciativa. "O principal objetivo deste curso é formar profissionais, que auxiliarão na promoção do envelhecimento saudável, considerando as características do idoso e as orientações da equipe multidisciplinar, atuando para um menor comprometimento funcional, preservando e valorizando a ética, convivência social e familiar, bem como a independência e autonomia do idoso", explica.

Caoa compra fábrica da Ford e deve manter 850 postos de trabalho

Redação

Nesta última terça-feira (3), o governador João Doria anunciou que o Grupo Caoa comprará a unidade da Ford de São Bernardo do Campo. O presidente do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, e o rpesidente da Ford América do Sul, Lyle Watters, participaram de entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes e deram detalhes da negociação. Com o acordo, a Caoa manterá, em um primeiro momento, os cerca de 850 empregos ligados à unidade do ABC.

 Andrade, Doria e Watters (da esquerda para à direita) comemoram o negócio | Foto: Divulgação

 "O Governo do Estado assumiu o papel de buscar um potencial comprador para esta fábrica. Comprador este que deveria, necessariamente, preservar os empregos ali existentes. Buscamos uma solução que permitisse a preservação dos empregos dos metalúrgicos e prestadores de serviço na unidade de São Bernardo do Campo. É dever do Governo do Estado de São Paulo preservar e gerar empregos", destaca Doria.

 Então, a operação da compra será feita em duas etapas. A primeira terá duração de 35 a 45 dias e é conhecida como "due diligence" – termo utilizado no âmbito de aquisições corporativas, que se refere ao processo de análise das informações sobre a empresa à venda. Com os resultados, a compra da fábrica da Ford pelo Grupo Caoa será oficializada em seguida.

Após o período de análise, será possível dizer qual veículo a unidade de São Bernardo do Campo poderá passar a fabricar pelo Grupo Caoa, além da continuidade da produção de caminhões, já garantida.

 "Agora entra uma etapa de entendimento entre duas grandes empresas. Aliás, o Grupo Caoa é distribuidor Ford há mais de 40 anos, com uma relação bastante estabilizada com a Ford Motors Company", concluiu Doria.

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Federação de policiais federais rechaça PEC da autonomia da PF

Redação

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef)-  maior entidade representativa da Polícia Federal (PF), com mais de 14 mil filiados em todo o País – reforça que é contrária à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 412/2009, em tramitação há dez anos na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.

A PEC 412 pode levar à extinção da Polícia Federal, que já tem autonomia investigativa, aponta a Fenapef | Foto: Marcelo Camargo/ABr

Confira abaixo os motivos citados pela entidade, para discordarem da PEC 412/2009: 

· Esta PEC poderá levar à extinção da Polícia Federal ao retirar da Constituição (artigo 144) a natureza jurídica de órgão permanente, desvincular a instituição do Ministério da Justiça e transferir para uma lei complementar toda a estruturação organizacional da PF.

· A PEC 412 cria, portanto, um órgão armado, independente do Poder Executivo/Ministério da Justiça e sem qualquer controle externo da atividade policial, o que não existe em nenhum país do mundo.

· É uma proposta defendida apenas por delegados da Polícia Federal – que representam menos de 10% dos servidores da instituição e que em determinados contextos políticos tentam aquecer a matéria na Câmara – com objetivos claramente corporativistas. Usando o argumento dissimulado de "autonomia orçamentária para a PF", os delegados pretendem, na verdade, ampliar suas prerrogativas, salários e outros benefícios financeiros (como auxílio moradia, por exemplo) nos moldes da estrutura remuneratória do Judiciário e do Ministério Público. Além disso, desejam ter total poder para, a qualquer tempo, criar ou extinguir cargos dentro da corporação, fragilizando uma das mais corretas e comprometidas instituições brasileiras, com reconhecimento dentro e fora do país.

· A intenção corporativista de delegados ao trabalharem para que a PEC 412 ganhe celeridade no Congresso Nacional fica claramente comprovada pelo fato de o atual presidente da CCJ da Câmara, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), ser filho do delegado e deputado estadual Fernando Francischini (PSL-PR).

· O que a Fenapef defende, de forma irrestrita, é a garantia de autonomia investigativa da Polícia Federal, o que já existe. Prova disso é a Operação Lava-Jato e todas as outras operações e investigações conduzidas pela PF ao longo da história. 

· A federação defende, ainda, um amplo debate – com a participação de todos os cargos da Polícia Federal e também da sociedade civil – para a correção de falhas no atual modelo policial brasileiro, em que cada esfera (polícias Militar, Civil e Federal) atua isoladamente nas diferentes fases de persecução criminal, dificultando a elucidação dos crimes com a efetividade e celeridade que a população espera.

Por isso, acompanhando a tendência mundial, a Fenapef é favorável ao Ciclo Completo de Polícia e à porta única de entrada (nas polícias) para que as atividades de prevenção e investigação criminal sejam desenvolvidas pelo mesmo órgão policial, com atuação completa do início ao fim.

Líder indígena Davi Kopenawa participa da Conferência Ethos em São Paulo

Redação

Um dos responsáveis pela demarcação do território Yanomami em 1992, Davi Kopenawa - escritor, xamã, líder Yanomami e presidente da Hutukara Associação Yanomami - estará presente na Conferência Ethos 360º 2019, que ocorre  no Pavilhão da Bienal (Avenida Pedro Alvares Cabral, s/nº, Parque Ibirapuera , portão 03), em São Paulo, nesta terça-feira (3) e quarta-feira (4).

Davi Kopenawa, líder Yanomami, participa da Conferência Ethos, nesta quarta-feira (4) | Foto: reprodução

Reconhecido internacionalmente por sua luta pelos direitos indígenas, Kopenawa estará presente em dois painéis em 4 de setembro. Na ocasião, ele falará sobre a importância do olhar, do discurso indígena e, principalmente, do conhecimento dessa liderança, para conter o desmatamento, poluição, mudança climática,  exploração de terras e lidar com os desafios desse cenário que parece irreparável.

A discussão permeará a percepção das mudanças do clima e de suas ameaças no cotidiano dos povos indígenas, além de dialogar sobre a intimidação constante devido a exploração minerária em terras indígenas.

O painel “A queda do céu - considerações para que a Floresta continue viva”, marcado para às 9h, será um bate-papo sobre a visão Yanomami da floresta e os esforços para a defesa do povo indígena e de seus territórios, na ocasião, será comentado ainda o papel do xamã na manutenção da floresta, saúde e equilíbrio do mundo.

Às 14h, Kopenawa também participará do painel “Por que não minerar em terras indígenas?”, que trará um debate sobre o grave problema das invasões para garimpos ilegais em terras indígenasque resultam em situações de assédio, conflito e violência. A discussão também levantará a necessidade de compromisso de parte do setor de mineração em garantir a segurança e os direitos dos povos indígenas, bem como os posicionamentos e esforços do atual governo para a elaboração e aprovação de um projeto de lei, que regularize a mineração em terras demarcadas lançando mão dos mecanismos de royalties para justificar este modelo para enfrentamento do garimpo ilegal, um caminho que não tem dialogado com os movimentos indígenas.

Kopenawa, que já foi ameaçado de morte por garimpeiros pela sua atuação na terra indígena Yanomani, recebeu o Prêmio Global 500 do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (único brasileiro além de Chico Mendes a receber a honraria), tem uma autobiografia best-seller em francês (na qual denunciou a destruição do seu povo) e foi convidado a assinar o Harvard Guest Book, honraria reservada a personalidades históricas e cientistas, como Dalai Lama, Nelson Mandela e Stephen Hawking.

Já a  Conferência Ethos privilegia um espaço integrado para o desenvolvimento de carreiras e negócios. Gestores, empreendedores e especialistas de diferentes setores estarão reunidos para debater alternativas em prol da agenda dos negócios e do desenvolvimento sustentável do País.


Fuvest é tema de palestra gratuita no ABC

Redação

Como já é tradição, o Colégio Singular e o Singular Anglo Vestibulares promoverão nesta quinta-feira (5), às 16h30, a palestra Fuvest 2020, com o professor doutor Fábio Rodrigues.

O professor doutor Fábio Rodrigues abordará as principais mudanças da Fuvest, além de esclarecer dúvidas | Foto: reprodução

Aberta para alunos e não alunos da rede de ensino, a palestra acontecerá na unidade Santo André do Singular, que fica na Rua Álvares de Azevedo, 222, Centro. Os interessados deverão fazer sua inscrição por meio do portal Singular. 

Como a Fuvest é um dos principais vestibulares do País, o professor abordará as recentes mudanças, datas das realizações das provas e dados estatísticos sobre os cursos oferecidos pela USP. Em seguida, abrirá espaço para perguntas.

O palestrante é graduado no curso interdisciplinar de Ciências Moleculares pela Universidade de São Paulo e possui doutorado pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo, com tese com ênfase em físico-química e espectroscopia molecular.

Santo André tem desfile de 7 de setembro na Avenida Firestone

Redação

A Prefeitura de Santo André realizará neste sábado (7), às 9h, o desfile cívico em comemoração ao Dia da Independência do Brasil. O evento ocorrerá na Avenida Firestone, no bairro Casa Branca, com a participação de, aproximadamente, 2 mil pessoas e mais de 20 entidades assistenciais.

Entre os participantes do desfile estão os alunos de Santo André | Foto: Alex Cavanha/PSA

O prefeito Paulo Serra comemorou a iniciativa. “Este é o resgate de mais um símbolo da nossa cidade. Depois de muitos anos Santo André volta a ter seu desfile cívico e, para isso, cada detalhe está sendo pensado com muito carinho e envolvimento, para que a nossa gente volte a sentir pertencimento e a viver momentos especiais”, afirma.

Participarão do desfile alunos de Santo André, além de integrantes do Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal, Polícia Civil, Polícia Militar, Samu, Defesa Civil, Tiro de Guerra, Associação dos Reservistas do Exército Brasileiro e Associação dos Ex-combatentes do Brasil – seção do ABCDMRR.

O canteiro central da avenida Firestone acomodará o público, que prestigiará o desfile que celebra os 197 da Independência do Brasil. Haverá banheiros químicos, água potável, posto médico e base da Guarda Civil Municipal (GCM).       


Trânsito 
 Nas principais interseções e travessias de pedestres, 12 agentes de trânsito do Departamento de Engenharia de Tráfego (DET) vão efetuar o controle operacional para proporcionar melhor fluidez ao trânsito e segurança  a motoristas e pedestres.

Haverá interdição da  Avenida Firestone no trecho compreendido entre as avenidas Queirós dos Santos e Santos Dumont. Também serão realizadas intervenções nas vias com trânsito local como Rua Marília (entre Avenida Firestone e a Avenida  Queirós dos Santos), Rua Margarida (entre Avenida Firestone e Avenida Queirós dos Santos) e Rua Lourdes (entre Avenida Santos Dumont e Rua Margarida).

Serão realizados também desvios para o motorista que estiver na Avenida Queirós dos Santos. Quem estiver dirigindo no sentido centro-bairro deverá seguir em frente até a Avenida Dom Pedro I e pegar a alça de acesso à Avenida Santos Dumont, à esquerda.   

O motorista que estiver no sentido bairro-centro seguirá pela Avenida Queirós dos Santos, Rua Ayala (à esquerda), Rua 24 de Fevereiro (à esquerda) e Rua Panamá  (em frente).

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

Contrato de financiamento para obra de canalização do córrego Utinga é assinado

Redação

O prefeito Paulo Serra assinou na última sexta-feira (30) o contrato de financiamento para realização de obras de canalização de um trecho do córrego Utinga. As obras serão realizadas por meio do Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André (Semasa) e terão investimento total de aproximadamente R$ 3,7 milhões, já com a contrapartida do município.

A estimativa do Semasa é dar início às obras em janeiro de 2020 | Foto: Angelo Baima/PMSA 

As intervenções contemplarão um trecho de 400 metros do curso d'água – entre a Estrada de Ferro e a Avenida dos Estados – cujas margens do córrego serão recompostas, incluindo a recuperação de cerca de 200 metros paralela à Rua Comendador Júlio Pignatari, que sofreu interdição em razão do processo erosivo do córrego.

Por conta da ação da chuva, ao longo dos anos, esta parte do córrego Utinga sofreu erosão e o canal causou solapamento da via, interditando parte da Rua Comendador Júlio Pignatari. O assoreamento do curso d'água também tem prejudicado o rio Tamanduateí, que acaba recebendo entulho e sedimentos vindos do córrego.

A obra visa reduzir as enchentes no local, melhorando a captação das águas e o deságue junto ao rio Tamanduateí, evitando futuros problemas com erosão das margens e assoreamento do canal. Além disso, as intervenções beneficiarão os moradores que residem junto ao Núcleo dos Ciganos, ao viabilizar o processo de urbanização do assentamento  e, assim, diminuir os riscos para quem mora no entorno da canalização.

A estimativa do Semasa é dar início às obras em janeiro de 2020. Os trabalhos devem durar seis meses. Já os recursos são provenientes do programa Avançar Cidades, do governo federal.               

Reprovação de Bolsonaro sobe para 38%, aponta pesquisa Datafolha

Redação com Reuters


A reprovação ao presidente Jair Bolsonaro subiu de 33% para 38%, em agosto, na comparação com julho. Já a aprovação passou para 29% de 33%, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2).

A reprovação ao presidente Bolsonaro aumentou, principalmente, na região Nordeste | Foto: Antonio Cruz/ABr

Porém, aqueles que avaliam o governo Bolsonaro como regular ficou estável, passando de 31% para 30%, segundo o levantamento realizado com 2.878 pessoas em 175 municípios. A pesquisa, publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, tem margem de erro de dois pontos percentuais.

Bolsonaro viu sua reprovação aumentar principalmente na região Nordeste, onde aqueles que consideram seu governo ruim ou péssimo foram a 52% em agosto ante 41% em julho. No fim de julho, Bolsonaro chamou governadores nordestinos de “paraíbas” quando achava que não estava sendo gravado.

O aumento da rejeição do presidente também ocorre após as queimadas na Amazônia, que geraram forte pressão internacional sobre o Brasil. Pesquisa Datafolha divulgada no domingo mostrou grande rejeição à condução de Bolsonaro no quesito, com 51% dos entrevistados a considerando ruim ou péssima.

Entre outras medidas polêmicas dos últimos meses, o presidente anunciou que pretende indicar o filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada em Washington e entrou em desacordo com o ministro da Justiça, Sergio Moro.

O presidente também sofreu perda de apoio entre os mais ricos, aqueles com renda mensal acima de 10 salários mínimos, de acordo com o levantamento. Neste segmento, a aprovação caiu para 37% em agosto ante 52% em julho.

Também aumentou a rejeição ao comportamento de Bolsonaro. Para 32%, o presidente não se comporta de forma adequada para o cargo em nenhuma ocasião, uma alta de 7 pontos em relação a julho.


Centro de idiomas do ensino fundamental é inaugurado em São Caetano do Sul

Redação

Neste último sábado (31), o Centro de Estudos de Línguas do Ensino Fundamental (Celef) Luiz Milani foi oficialmente inaugurado e, nesta semana, 500 estudantes iniciarão as aulas de língua inglesa na unidade, que está localizada na Rua Oswaldo Cruz, 2.010, Bairro Oswaldo Cruz.

A partir de terça-feira (3), os cursos serão ministrados nas dependências do Celef | Foto: Letícia Teixeira/PMSCS

Para o prefeito José Auricchio Júnior, a expectativa é de atender 6 mil alunos já no próximo ano e incluir mandarim e Libras, entre outros idiomas, na grade. "Iniciamos de forma experimental neste semestre. Vamos ampliar o corpo docente, por meio de concurso público, para alcançar os resultados que imaginamos", explica.

Além disso, o prefeito ressaltou o Google For Education. "Além desta novidade que oferece segundo idioma aos jovens, São Caetano entregou, na semana passada, uma nova ferramenta de tecnologia em parceria com a Google For Education, ambas pensando na preparação dos alunos para o futuro, seja ele no ensino técnico ou no mercado de trabalho", concluiu.

A diretora do Celef, Elizabeth Tagliatella Orfão, destacou a importância do segundo idioma. "Com a segunda língua, ampliam as oportunidades de crescimento e de conexão com o mundo, tão necessárias para a construção da identidade e autonomia. Estamos comprometidos com a educação integral, que transpasse distâncias e desafios na formação do cidadão do futuro".

Aula inaugural
Nesta segunda-feira (2), no Teatro Paulo Machado de Carvalho, os 500 estudantes serão recebidos para as boas-vindas na aula inaugural de apresentação do Celef, às 19h. A partir de terça-feira (3), os cursos serão ministrados nas dependências do Celef.

As turmas serão divididas em kids I e II (1° e 2° anos), Júnior I e II (3° e 4° anos), Pré-teens (5° ano), Teenager I, II, III e IV (6° ao 9° anos). O aluno de 1° ao 8° ano que ingressar no Celef fará o primeiro módulo semestral, de 2 horas semanais, prosseguindo os estudos em 2020.

Omissão

*Por Dom Pedro Cipollini, bispo de Santo André

O poeta Fernando Pessoa chamou o Padre Antonio Vieira de "imperador da Língua portuguesa". Foi um literato de raciocínio engenhoso, missionário, historiador, diplomata: não só erudito, mas também sábio.

Nascido em Lisboa, com seis anos de idade, veio com a família para o Brasil. Radicado na Bahia, ingressa no colégio jesuíta de Salvador. Em 1634, é ordenado padre tornando-se um grande orador. Seus sermões o tornaram famoso em todo o reino. Sua obra escrita, de modo especial seus 200 sermões, está impregnada de sabedoria, nela ele aborda temas históricos e políticos de forma magistral. Fascina o seu estilo, o domínio da língua, mas, sobretudo, a exposição da fé que impele à prática da caridade.

Foi homem de estudo, de erudição e de ação, que enfrentou com muita coragem as vicissitudes da vida. Morreu em Salvador da Bahia em 1697. Suas atividades no Brasil dizem respeito à defesa da liberdade dos indígenas, à invasão holandesa e o empenho pelo desenvolvimento do País.

São inúmeros os temas abordados em seus sermões entre os quais um dos mais famosos, talvez, seja o sermão da Sexagésima de 1655. Porém em um deles, há um tema utilíssimo, um tanto fora de moda, que chama a atenção. Trata-se da "omissão", que ele aborda no sermão do primeiro domingo do advento no ano de 1650. Omissão que é o ato ou efeito de não fazer o que moral ou juridicamente se deveria fazer, e de que resulta, ou pode resultar prejuízo para terceiros ou para a sociedade. O sermão tem como eixo o juízo final, cito a seguir um parágrafo referente à omissão dos governantes.

"Sabei cristãos , sabei príncipes, sabei ministros, que se vos há de pedir estreita conta do que fizestes; mas muito mais estreita do que deixastes de fazer. Pelo que fizestes se hão de condenar muitos, pelo que não fizeram todos. As culpas porque se condenam os Reis são as que se contêm nos relatórios das  sentenças: 'Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno. E por quê? Porque tive fome e não me destes de comer, tive sede e não me destes de beber, porque não recolhestes, não visitastes, porque não vestistes (Mt 25, 42-42)'. Em suma, que os pecados que ultimamente hão de levar os condenados ao inferno, são os pecados de omissão. Não se espantem os doutos de uma proposição tão universal como esta; porque assim é verdadeira em todo o rigor da Teologia... A omissão é o pecado que com mais facilidade se comete, e com mais dificuldade se conhece; e o que facilmente se comete e dificultosamente se conhece, raramente se emenda. A omissão é um pecado que se faz não fazendo: e pecado que nunca é má obra, e algumas vezes pode ser obra boa".

A omissão em relação à educação provoca fatos trágicos em nosso meio, como a superlotação dos presídios, sendo a maioria de jovens pardos e negros, constando que 90% não terminaram o ensino médio.

Assim sendo, a omissão segundo Vieira, tão alastrada em nosso meio e ampliada pelo famoso "jeitinho brasileiro" se torna mais grave do que fazer o mal. Pois permite o mal no lugar do bem que se devia fazer e não faz!